Game of Thrones | Emilia Clarke conta que sofreu derrame antes da série estrear

Créditos da imagem: Game of Thrones/HBO/Divulgação

Séries e TV

Notícia

Game of Thrones | Emilia Clarke conta que sofreu derrame antes da série estrear

Atriz teve de passar por duas cirurgias ao longo dos anos e quase chegou a falecer

Arthur Eloi
22.03.2019
13h26

Atualmente, Emilia Clarke é um dos nomes mais importantes de Game of Thrones ao estrelar o núcleo principal do seriado da HBO como Daenerys Tagaryen - mas quase que algo trágico impediu isso de acontecer.

Falando ao New Yorker, a atriz revelou que sofreu um derrame meses antes da primeira temporada estrear em 2011, sensação que ela descreve como ter "a cabeça apertada por uma fita elástica". Clarke descreve: "Tentei ignorar e aguentar a dor, mas não consegui. Falei para meu treinador que precisava fazer uma pausa. De alguma forma, quase rastejando, cheguei ao vestiário, grudei na privada e passei violentamente mal. Enquanto isso, a dor estava piorando. Em algum ponto, eu sabia o que estava acontecendo: meu cérebro havia sido danificado."

Ela então foi resgatada e descobriu que tratava-se de uma hemorragia subaracnoidea, uma espécie de aneurisma cerebral fatal para 2/3 das vítimas. Então, a atriz precisou passar por uma cirurgia de emergência que a deixou "em estado de dor extrema" e sofrendo de afasia, sem saber quem era: "Nunca havia sentido nada assim na vida - uma sensação de fim iminente. Podia ver minha vida pela frente e não valia a pena ser vivida. Sou uma atriz; preciso lembrar a minhas falas mas não conseguiu sequer lembrar meu nome."

A afasia passou após uma semana, mas Clarke ficou internada por um mês no hospital - e, quando saiu, sabia que precisaria passar por mais uma cirurgia, o que deixou a atriz em pânico durante as gravações da segunda temporada: "Se posso ser honesta, cada minuto do meu dia eu achava que ia morrer". O problema, porém, conseguiu ser adiado até o fim das filmagens do terceiro ano, mas veio com um consequência: o pequeno aneurisma restante da atriz havia dobrado de tamanho.

A atriz relembra: "Quando me acordaram, eu estava gritando de dor. O procedimento havia falhado. Eu tinha um sangramento massivo e os médicos deixaram claro que minhas chances de sobreviver seriam precárias caso eu não passasse por outra operação. Dessa vez, eles precisavam acessar meu cérebro da forma clássica - através do meu crânio. E a cirurgia teria que acontecer imediatamente."

Novamente, Clarke ficou um mês no hospital - mas a recuperação foi muito mais severa: "Perdi toda a esperança. Não conseguia olhar ninguém nos olhos. Havia uma ansiedade terrível, ataques de pânico. Fui criada para nunca falar 'não é justo'; fui ensinada a lembrar que sempre tem alguém numa situação pior que a sua. Mas passar por essa experiência pela segunda vez tirou toda minha esperança. Me sentia vazia."

Por fim, a atriz diz que, com o passar dos anos, "melhorou além das suas expectativas" e hoje está recuperada por completo, ao ponto de que criou a organização de caridade SameYou, com o propósito de ajudar vítimas de problemas cerebrais e derrames. Clarke relaciona sua experiência com o fim do seriado: "Há algo gratificante, e muito sortuda, em chegar ao fim de Game of Thrones. Estou tão feliz de estar aqui, ver a conclusão da história e o começo do que vier em seguida."

A última temporada estreia e 14 de abril.