Star Wars: A Ascensão Skywalker | Livro confirma que Palpatine era um clone

Créditos da imagem: Star Wars A Ascensão Skywalker/Lucasfilm/Divulgação

Filmes

Notícia

Star Wars: A Ascensão Skywalker | Livro confirma que Palpatine era um clone

Obra escrita por Rae Carson teve primeiras cópias reveladas na C2E2

Julia Sabbaga
01.03.2020
13h41

O livro de Star Wars: A Ascensão Skywalker, que traz a adaptação do último longa da nova trilogia com cenas inéditas, confirmou a teoria de que Palpatine do longa era um clone. Escrita por Rae Carson, a obra só será lançada oficialmente em 17 de março nos EUA, mas teve suas primeiras cópias reveladas durante a convenção C2E2, em Chicago. 

Trechos revelados online descrevem a cena em que Kylo Ren chega em Exegol, e encontra o Imperador, explicando que o grande antagonista havia feito um clone dele mesmo [via Collider, em tradução livre]:

"Todos os frascos estavam sem líquido, exceto um, que estava quase no fim. Kylo examinou de perto. Ele havia visto este aparelho antes, quando estudou a Guerra dos Clones quando era garoto. O líquido que fluia ao pesadelo vivo em sua frente lutava uma batalha fracassada para nutrir o corpo pútrido do Imperador.

'O que você poderia me dar?', perguntou Kylo. O Imperador Palpatine estava vivo, após um molde, e Kylo sentia em sua alma que o corpo clonado guardava o espírito real do Imperador. Era um recipiente imperfeito, no entanto, incapaz de sustentar seu imenso poder. Não poderia durar muito". 

A explicação traz algumas respostas aos fãs, já que o personagem é dado como morto ao fim de Star Wars - Episódio VI: O Retorno de Jedi

Com mais de US$ 1 bilhão arrecadado nas bilheterias mundiais, Star Wars: A Ascensão Skywalker tem previsão para ser lançado em home-video em abril.