Melhores músicas de 2018

Créditos da imagem: Warner Bros./Reprodução

Música

Lista

Melhores músicas de 2018

Segundo o editorial do Omelete

A cozinha
27.12.2018
11h00
Atualizada em
26.12.2018
13h37
Atualizada em 26.12.2018 às 13h37

Continuando a série de listas com os favoritos do Omelete em 2018, selecionamos as músicas que marcaram o nosso ano.

Veja também:

"Say Something" | Justin Timberlake

Fora a música em si, que é bem bacana, Timberlake fez o favor de apresentar o Chris Stapleton ao mundo, e por isso, fico muito grato por este single. Chris é um dos músicos mais autênticos da indústria, resgatando o espírito antigo do country dos grandes clássicos como Johnny Cash e Willie Nelson. A injeção deste espírito neste single pop é refrescante e potente - Ryan Smallman.

“Shallow” | Lady Gaga e Bradley Cooper

É uma daquelas músicas que você vai ouvindo nos carros e casas quando está andando na rua - Marcelo Forlani

A trilha sonora inteira de Nasce uma Estrela não chama muito a minha atenção, mas a letra de “Shallow” tem algo especial. Ela reflete, ao mesmo tempo, a angústia e o desejo pelo novo da juventude e a necessidade de se sentir completo da vida adulta. Como a própria Lady Gaga canta, quem de nós não quer ir para um lugar onde ninguém poderá nos machucar? - Camila Sousa.

“Hoo, huh, uh, huhh-owwwwwwww, Huh, huhh-huhhh” - a música composta por Lady Gaga, Andrew Wyatt, Anthony Rossomando e Mark Ronson para o filme de Bradley Cooper cria um dos momentos mais marcantes do filme. A canção é essencial para que se acredite no anunciado nascimento de uma estrela, ao mesmo tempo que serve de prova do alcance e da versatilidade de Gaga - Natália Bridi

"When the curtain falls" | Greta Van Fleet

Apesar das músicas parecidas com o Led Zeppelin, essa achei mais autoral, do tipo que gruda na cabeça de uma forma positiva - Luiz Torreão.

"Dominoes" | Paul McCartney

É difícil demais escolher uma música de um ano, mas fico com "Dominoes" para representar o Egypt Station, do Paul McCartney. Um toque de Wings ao Macca moderno - Julia Sabbaga

"ApeShit" | The Carters

O ano teve muitas músicas incríveis, mas essa é especial pois mostra a versatilidade de Beyoncé. Ela pode cantar canções de amor, músicas pop e também fazer um rap à altura de Jay-Z, que é um dos maiores de todos os tempos. A música mistura muito bem o estilo dos dois com uma batida atual - Fábio Gomes.

“Beach Life-in-Death” | Car Seat Headrest

O rock de garagem cronista das coisas de gente branca ganhou uma sobrevida em 2018 nessa faixa de Twin Fantasy (que aliás é um disco todo bem decente) - Marcelo Hessel.

“Thank U, Next” | Ariana Grande

Na categoria pop-chiclete, Ariana Grande conseguiu se superar com “Thank U, Next”. É verdade que a letra é um pouco preguiçosa em alguns momentos, mas a melodia contagiante e a sinceridade do desabafo da cantora tornaram o single um dos grandes destaques do segundo semestre - Mariana Canhisares

"Favela Vive 3" | ADL, Choice, Djonga, Menor do Chapa & Negra Li (Prod. Índio & Mortão)

Os rappers ADL, Choice, Djonga, Menor do Chapa e Negra Li nos trouxeram uma música com uma letra muito bem escrita, um beat impactante e uma mensagem mais do que necessária nos dias de hoje - Arthur Braga.

"THIS IS AMERICA" | CHILDISH GAMBINO

A música, suas mudanças de ritmos são contagiantes e a letra é poderosa - Camila Leal.