Séries e TV

Lista

WandaVision | Confira os principais easter eggs da série da Marvel

Como é padrão nas produções do MCU, o lançamento do Disney+ está repleto de referências

Nicolaos Garófalo, Mariana Canhisares e Gabriel Avila
26.02.2021
14h57

Depois de passar 2020 longe das telas, o MCU (Universo Cinematográfico Marvel) enfim retornou em 15 de janeiro com WandaVision, primeira série do Marvel Studios para o Disney+. Estrelado por Elizabeth Olsen e Paul Bettany, o programa dá sequência aos eventos de Vingadores: Ultimato de um jeito que foge do padrão das outras produções da franquia.

Ainda assim, o diretor Matt Shakman e a roteirista Jac Scheaffer mantiveram viva a tradição do MCU de rechear cada cena com várias referências que premiam fãs de velha data da Marvel. De homenagens a séries clássicas da TV americana a acenos a HQs clássicas, listamos abaixo as principais referências de WandaVision:

Sitcoms clássicas

Abertura de A Feiticeira
Reprodução

Para retratar o relacionamento dos sonhos de Wanda, o seriado recorre a sitcoms clássicas da TV americana, brincando com estrutura de episódios, cenários e até modo de filmar de diferentes décadas. No segundo episódio, por exemplo, WandaVision recria a abertura de A Feiticeira com uma animação própria. Já na estreia, o seriado reproduziu os moldes de The Dick Van Dyke Show, mostrando a vida doméstica e profissional do Visão.

E.S.P.A.D.A.

Teyonah Parris como Monica Rambeau
Marvel/Divulgação

Antes de Wanda notar o colar no pescoço de Geraldine (ou, melhor, Monica Rambeau) no terceiro episódio, a E.S.P.A.D.A. foi referenciada nos episódios anteriores da série. Primeiro, no fim da primeira parte, no que parece ser uma van de vigilância que monitora a realidade criada pela Feiticeira, pode-se notar uma pessoa fazendo anotações em um caderno com o logo da agência. Depois, ele volta a aparecer no segundo episódio no helicóptero de brinquedo que a heroína encontra no seu jardim e nas costas de um misterioso invasor, visto pelo casal saindo de um bueiro.

A E.S.P.A.D.A., isto é, a Equipe de Supervisão, Pesquisa, Avaliação e Defesa Alienígena é a contraparte espacial da S.H.I.E.L.D., como seu nome bem sugere. Esperava-se que ela fosse introduzida em WandaVision e ganhasse mais importância na série solo do Nick Fury. No entanto, ao que tudo indica, a agência será bastante relevante para a história de Wanda.

Stark Industries

Ainda brincando com o que é tradicional na TV, WandaVision tem intervalos comerciais próprios. O primeiro é de uma torradeira da Stark Industries, empresa do pai de Tony Stark, Howard Stark. Wanda tem um passado traumático relacionado à marca, já que um dos armamentos produzidos pela Stark Industries foi responsável pelo bombardeio em Sokóvia que matou seus pais.

Torradeira

Torradeira da Stark Industries
Reprodução

Mesmo a escolha da torradeira não é aleatória. Em uma das brigas mais emblemáticas entre o Visão e a Feiticeira Escarlate nos quadrinhos, a heroína, inconformada com a postura apática do amado, o compara a uma torradeira.

Maison de M

Cena de WandaVision
Reprodução

Durante o jantar com o chefe do Visão e sua esposa, no primeiro episódio, Wanda serve um vinho da marca Maison du Mépris. Em francês, este nome significa, em tradução literal, Mansão do Desprezo, que a princípio não parece nada muito simbólico das HQs. No entanto, em inglês House of M é o título de um dos arcos mais importantes da Feiticeira Escarlate nos quadrinhos - aqui no Brasil conhecido como Dinastia M. 

Agatha Harkness

Kathryn Hahn como Agnes
Marvel/Divulgação

Agnes, a vizinha intrometida vivida por Kathryn Hahn, pode ser na verdade Agatha Harkness, uma poderosa bruxa que, nas HQs, é uma espécie de mentora da Wanda, ajudando-a a desenvolver seus poderes. Na série, Agnes tem uma função semelhante, ensinando Wanda o que significa ser uma boa dona de casa, por exemplo. Outros elementos sustentam essa teoria. Como nos quadrinhos, Hahn está sempre com um broche branco nas roupas e, como se fosse uma pista para seus poderes mágicos, ela tem um coelho de estimação.

Grim Reaper

Cena de WandaVision
Reprodução

Na abertura animada do segundo episódio, quando o Visão passa pelo chão pode-se ver um capacete e um esqueleto. Esta é uma referência à HQ Visão, de Tom King. Na história, o sintozóide cria uma família para si mesmo. No entanto, um dia sua esposa e filhos são surpreendidos pelo Grim Reaper, que os ataca para vingar a morte do irmão, Magnum, cujo cérebro serviu de base para a criação do Visão. Porém, ele é derrotado e morto pela andróide e enterrado no quintal.

Bova

Cena de WandaVision
Reprodução

Ainda nessa abertura, Wanda aparece no mercado fazendo compras. Acima da sua cabeça pode-se ver um anúncio de leite da Bova. O nome é uma referência à vaca humanóide que ajudou a criar Wanda e Pietro nos quadrinhos.

57

Cena de WandaVision
Marvel/Divulgação

Além do logo da E.S.P.A.D.A., vê-se no helicóptero que aparece no segundo episódio o número 57, um aceno à edição da revista dos Vingadores que introduziu o Visão.

Strucker

Cena de WandaVision
Reprodução

Outra propaganda, um anúncio de relógio no segundo episódio, faz referência a Strucker. O nome é também conhecido dos fãs do MCU, já que o Barão Wolfgang von Strucker foi o responsável por fazer experimentos com Wanda e seu irmão, Pietro, em Vingadores: Era de Ultron, razão pela qual a personagem ganhou poderes no cinema. Nos quadrinhos, ele é um notável vilão, sendo membro do partido nazista e, mais tarde, se associando à HYDRA. Von Strucker também idealizou a I.M.A., isto é, Ideias Mecânicas Avançadas, uma organização criminosa que, ao longo das HQs, criou MODOK e o Cubo Cósmico.

Joia da Mente

Cena de WandaVision
Marvel/Divulgação

A Joia da Mente, além de presente na testa do Visão, aparece também referenciada nas portas do armário que Wanda e Visão usam no seu número de mágica.

Dick Van Dyke

Cena de Mary Poppins
Reprodução

O ator Dick Van Dyke é sutilmente homenageado durante o show de talentos do segundo episódio. Antes da performance de Wanda e Visão, um casal faz um número de dança. O homem está vestido com um figurino que lembra muito o utilizado pelo ator em Mary Poppins, na sequência de animação.

HYDRA

Cena de WandaVision
Reprodução

Além de ter seu logo estampado no relógio da Strucker, a HYDRA ainda é mencionada em uma propaganda própria, um anúncio de sabão no terceiro episódio. Mais que brincar com a realidade que Wanda criou (“você quer escapar para um mundo só seu, onde seus problemas vão embora?”, diz o narrador, um aceno ao que a heroína fez na série), a organização terrorista também é importante na trajetória da Feiticeira Escarlate. Nos filmes, Wanda é sequestrada pela HYDRA - ainda infiltrada na SHIELD - ao lado do irmão, Pietro, e submetida a experiências que a transformaram na poderosa heroína que eventualmente entra para os Vingadores. 

Os gêmeos

Cena de WandaVision
Reprodução

Como nas HQs, Wanda e Visão têm dois filhos gêmeos no terceiro episódio, chamados Tommy e Billy. Após os eventos da Dinastia M, os garotos surgem já crescidos e usando os codinomes Célere e Wiccano, respectivamente. Integrantes dos Jovens Vingadores nas HQs, os gêmeos possuem poderes iguais aos do tio e da mãe: enquanto Tommy é um velocista, Billy se torna um poderoso feiticeiro.

Shakespeare

Cena de WandaVision
Reprodução

Quando explica para Wanda por que quer chamar um dos filhos de Billy, Visão cita Shakespeare. Essa pode ser uma referência à paixão de Vin, filho andróide do herói em Visão, pelas obras do autor inglês.

Borboletas

Enquanto decora o quarto do bebê, Wanda acidentalmente dá vida a um móbile cheio de borboletas. Uma delas voa direto para Visão, pousando em seu nariz. A associação entre o inseto e o sintozóide faz referência ao desenho que um dos filhos do Gavião Arqueiro faz de uma borboleta em Vingadores: A Era de Ultron e que Bruce Banner usa para explicar os planos de Ultron para “evoluir”.

O Show de Truman

Cena de WandaVision
Reprodução

Além da vigilância externa comandada pela SWORD, o terceiro episódio de WandaVision dá a entender que os vizinhos de Wanda e Visão também estão cientes da realidade bizarra em que vivem, com Herb e Agnes até mesmo tendo dúvidas se contam ou não a verdade para o sintozóide. Essa parte da trama é bem similar ao filme O Show de Truman, em que o personagem de Jim Carrey, nascido e criado sem saber dentro de um programa de TV, começa a questionar a realidade a sua volta, inclusive com alguns conhecidos se sentindo tentados a contar a verdade sobre sua vida.

Capitã Marvel e Fóton

Reprodução

O quarto episódio, “Interrompemos Este Programa”, começa bem diferente do resto da minissérie, já muito mais próximo dos moldes do MCU. Os momentos iniciais do capítulo se conectam diretamente com Vingadores: Ultimato, com Monica (Teyonah Parris) sendo blipada de volta à realidade. Durante o processo em que seu corpo se reintegra, ela se lembra de sua infância e ouve com clareza a voz de Carol Danvers, a Capitã Marvel, com quem tinha uma relação próxima nos anos 1990.

Quando retoma a consciência, Monica descobre que sua mãe, Maria, morreu, vítima de um câncer. De volta ao trabalho na E.S.P.A.D.A., ela passa por uma placa em homenagem à piloto, que recebeu o codinome Fóton, um dos vários títulos que Monica já usou nos quadrinhos. A morte de Maria pode incentivar uma “passagem de manto” semelhante à narrada nos quadrinhos em 1982. Na ocasião, o Capitão Marvel original morreu de câncer e a recém-criada Monica se tornou a primeira Capitã Marvel. Em WandaVision, é mais provável que Rambeau assuma o nome da mãe ou o título de Espectro, que atualmente usa nos quadrinhos.

Tyler Hayward

Reprodução

Interpretado por Josh Stamberg, o diretor da E.S.P.A.D.A. Tyler Hayward tem um nome que pode causar desconfiança em fãs de outras produções televisivas da Marvel. Isso porque o sobrenome do personagem é o mesmo que o de Brian Hayward, personagem de Agents of S.H.I.E.L.D. que fazia parte de uma série de experimentos do Projeto Centopéia, encabeçado pela HYDRA. Com um comportamento suspeito ao longo do episódio quatro, é possível que o diretor da E.S.P.A.D.A. tenha uma associação semelhante à do irmão e eventualmente se torne um antagonista em WandaVision.

A amizade de Jimmy e Scott Lang

Reprodução

Quem assistiu Homem-Formiga e a Vespa com certeza lembra da relação no mínimo complicada entre Scott Lang (Paul Rudd) e Jimmy Woo (Randall Park), agente do FBI destacado para vigiá-lo após os acontecimentos de Capitão América: Guerra Civil. Em prisão domiciliar, o Homem-Formiga domina truques com cartas, que mostra ao agente durante uma de suas várias visitas aleatórias. No final do filme, uma aparente faísca de amizade entre os dois aparece e, embora não seja confirmada em diálogos, WandaVision mostra que a dupla deve ter convivido um pouco mais após Vingadores: Ultimato, já que Woo não só também ficou ótimo nos truques de carta, mas também usa-os para entregar seu cartão de contato.

Darcy Lewis - de estagiária a doutora

Reprodução

Quando apareceu pela primeira vez em Thor, Darcy (Kat Dennings) era estagiária de Jane Foster (Natalie Portman). Agora com um doutorado, a personagem foi recrutada pela E.S.P.A.D.A. para estudar o estranho campo de força em volta de Westview. Logo que chega, a cientista pede ajuda de agentes para instalar equipamentos e, quem prestar atenção nas instruções que ela passa, vai perceber que elas são bem semelhantes às que recebeu de Jane no longa de 2011.

Não bastasse, o equipamento usado por Darcy para estudar a anomalia em torno de Westview ainda leva o nome do mutante Alexander Lexington, que perdeu seus poderes após os eventos de Dinastia M.

O hexágono

Reprodução

Forma presente em WandaVision desde seus primeiros minutos, o hexágono pode indicar o retorno ao MCU da I.M.A. (Ideias Mecânicas Avançadas), introduzida em Homem de Ferro 3. Isso porque, além de a forma geométrica estar presente no design dos créditos de WandaVision, ela também forma os limites do campo de força que isola Westview e a realidade mostrada na série. O traje de apicultor usado pelo agente que se infiltra no bairro e a misteriosa ressurreição do Visão também podem estar ligadas à agência maligna.

Skrulls?

Reprodução

Embora tenha envolvimento ativo de Maria Rambeau em sua criação, a E.S.P.A.D.A. parece não confiar totalmente nos skrulls, apresentados ao MCU em Capitã Marvel. Anotando teorias sobre o que pode estar causando a realidade alternativa, Woo coloca os alienígenas metamorfos como uma opção e ninguém da agência argumenta contra essa possibilidade. Será esse um primeiro indício de Invasão Secreta?

Os vizinhos

Reprodução

Como já era de se esperar, alguns dos vários nomes “reais” dos vizinhos de Wanda e Visão contém easter eggs relativamente curiosos. A sra. Hart (Debra Jo Rupp), na verdade chamada Sharon Davis, leva o mesmo nome que a diretora de arte de WandaVision. Já Phil (David Lengel) se chama, na verdade Harold Copter, uma brincadeira com o nome do personagem Harold, o Helicóptero, da animação Thomas e Seus Amigos, introduzida muito provavelmente como uma pegadinha para fãs e jornalistas que dissecam cada cena para criar listas como esta.

WandaVision tem mais episódios do que nós vemos

Reprodução

É possível que WandaVision tenha muito mais episódios do que aqueles disponibilizados pelo Disney+. Isso porque Darcy parece analisar várias temporadas da série durante o quarto episódio, se dizendo “investida” nos personagens e nos acontecimentos. Já os agentes da E.S.P.A.D.A. e do FBI fazem documentos bem detalhados das ações de cada “personagem”, incluindo acontecimentos que não foram vistos em tela nos relatórios sobre o “elenco” escalado por Wanda (o Visão questionando Norm, por exemplo).

Lagos

O quinto episódio da série, "Em Um Episódio Muito Especial...", traz mais um comercial que referencia um momento traumático para Wanda. O papel toalha anunciado, Lagos, é uma clara referência à missão em que a heroína acidentalmente explodiu um prédio diplomático na tentativa de impedir que Ossos Cruzados matasse o Capitão América. 

O reclame, aliás, é sobre um produto para quando "você faz uma besteira sem querer", claramente falando sobre o evento que desencadeou o Tratado de Sokovia.

Sparky

Marvel Comics/Divulgação

Esse easter egg já circula desde o lançamento do último teaser da série, mas no quinto episódio Wanda e Visão finalmente adotaram o cachorro Sparky, encontrado pelos gêmeos Tommy e Billy. O nome foi retirado diretamente de Visão, de Tom KingGabriel Walta, em que o sintozóide constrói um cachorro a partir do filhote morto de um de seus vizinhos. Assim como na série, o bichinho dos gibi foi batizado de Sparky.

Treta com a Capitã Marvel?

Marvel Studios/Divulgação

Mais uma vez, a Capitã Marvel de Brie Larson foi lembrada em uma cena do quinto episódio com Monica Rambeau. Conversando com Darcy (Kat Dennings) e Jimmy, a agente da E.S.P.A.D.A. mostra certa resistência ao ouvir o nome da melhor amiga de sua mãe. Apesar de curto, o momento mostra um desgaste na relação entre as duas, o que deve ser explorado no segundo filme da heroína.

Já no sexto episódio, durante uma discussão com o diretor da E.S.P.A.D.A. Tyler Hayward, Monica Rambeau tenta explicar como um confronto com a Feiticeira Escarlate pode causar danos catastróficos, especialmente por conta dos poderes da heroína. Hayward não dá ouvidos à jovem e ainda a acusa de defender indivíduos super-poderosos por conta de sua relação com Carol Danvers, a Capitã Marvel.

Espectro cada vez mais perto

Marvel Comics

Conhecida como Espectro nos quadrinhos, Monica Rambeau pode enfim assumir o título no MCU. O resultado dos exames a que a agente foi submetida após ser expulsa da realidade criada por Wanda indicam que sua estrutura corporal (assim como a de suas roupas) foi drasticamente alterada. As imagens inclusive mostram um grande borrão branco e luminoso, remetendo às fortes rajadas de energia usadas pela Espectro nos quadrinhos.

Já no sexto episódio, é confirmado que a visita ao Hex fez alterações em Monica Rambeau em nível molecular duas vezes. Essa descoberta, que dá medo a Darcy, antecipava a descoberta de seus poderes no sétimo capítulo, quando ela resolve entrar novamente no Hex (mais sobre isso abaixo).

Nova Jersey e Ms. Marvel

Marvel Studios/Divulgação

Outra figura que pode ter sido referenciada no episódio é Kamala Khan. Em uma discussão com Monica depois de ela deixar a ala médica da ESPADA, o diretor Hayward afirma que ela foi "arremessada para o outro lado de Jersey" por Wanda. Nos quadrinhos, Jersey é a cidade natal de Kamala e onde ela entra em contato com a névoa que a transforma em Ms. Marvel. Embora essa conexão pareça um pouco forçada, vale lembrar que a heroína ganhará sua própria série no Disney+ e aparecerá em Capitã Marvel 2, o que torna difícil acreditar que esse diálogo seja mera coincidência.

As flores de Agnes

Em mais uma referência ao Visão de King e Walta, Agnes encontra Sparky próximo ao seu canteiro de azaleias. Supostamente, a vizinha encontrou o cãozinho depois de ele comer algumas flores, que são altamente tóxicas para a espécie. No entanto, ver a personagem agachada ao lado da moita segurando um animal morto remete ao trecho dos gibis em que Agatha Harkness - que muitos acreditam ser a identidade verdadeira de Agnes - sacrifica um gato para despertar os poderes místicos de uma flor que permite o usuário ver o futuro. Para muitos, o momento apenas confirma a teoria de que a personagem de Hahn e a bruxa são a mesma pessoa.

Wanda poderia ter derrotado Thanos

O tamanho da força de Wanda voltou a ser discutido em "Em Um Episódio Muito Especial...", com Monica, Jimmy e Darcy lembrando que ainda não havia certeza sobre o quão poderosa a personagem poderia ser de verdade, já que ela estava manipulando a realidade sem grandes problemas. Em determinado momento, o agente do FBI lembra que a garota Maximoff poderia ter derrotado Thanos sozinho em Vingadores: Ultimato caso o vilão não tivesse mandado suas naves atacarem livremente o campo de batalha, conclusão apoiada por boa parte dos fãs do MCU na internet.

O visual de Três É Demais

Embora não existisse dúvidas de que WandaVision parodiaria Três É Demais de alguma forma, dada a conexão de Olsen e sua família com a série, o visual do episódio cinco impressionou por sua semelhança com a produção lançada em 1987. Dos penteados ao figurino, passando pelo crescimento de Billy e Tommy, quase tudo no episódio lembra a clássica sitcom de alguma forma

Malcolm in the Middle

Assim como os demais episódios, “Um Halloween Assustadoramente Inédito!” presta homenagem a uma série de comédia clássica, no caso Malcolm In The Middle. Além de colocar os gêmeos Tommy e Billy como narradores, o capítulo homenageou a marcante abertura da série, que foi ao ar entre 2000 e 2006.

Fantasias de Halloween

Aguardadas pelos fãs desde a divulgação dos primeiros trailers, as fantasias da família de Wanda e Visão no sexto episódio prestam grandes homenagens aos visuais originais dos personagens nos quadrinhos. Fantasiada de “vidente Sokoviana”, Wanda usa um traje parecido com o de sua contra-parte nas HQs, assim como o Visão com sua fantasia de “lutador mexicano”. Porém, as homenagens não acabam por aí, já que Pietro também assume um visual que homenageia sua versão inicial nas HQs. Até mesmo os gêmeos Tommy e Billy entram na brincadeira, com o primeiro pintando seu cabelo de branco, e o segundo usando vestes que lembram muito as de seu alter-ego heróico Wiccano.

Gêmeos com poderes

O sexto episódio de WandaVision finalmente revelou os superpoderes dos gêmeos Tommy e Billy. Enquanto o primeiro descobriu a super-velocidade, em um momento que encheu tio Pietro de orgulho, o segundo foi capaz de ouvir o pedido de ajuda do Visão e também interromper uma corrida veloz do irmão com o uso de magia.

Kick-Ass, Operação cupido e mais!

Ambientado na transição entre os anos 1990 e os 2000, o sexto episódio fez referência também ao cinema dessa época. No passeio de Wanda e Pietro pela cidade, é possível ver que os filmes Operação Cupido, protagonizado por Lindsay Lohan, e a animação Os Incríveis estão em cartaz no cinema. O nome original do primeiro, Parent Trap (armadilha para os pais, em tradução livre) é um aceno para a situação em que a família de Wanda e Visão se econtra, presos em Westview. Já o desenho da Pixar tem parelos com a sitcom dentro da série, por retratar uma família de super-heróis que tenta se adaptar à vida civil - sem muito sucesso.

Porém, o capítulo não para por aí e volta ao cinema de ação dos anos 1980 quando Pietro diz sentir “necessidade de velocidade”, clássica frase de Tom Cruise em Top Gun - Ases Indomáveis. Por fim, ainda há o momento em que Tommy vibra e exclama “Kick Ass!”, menção ao filme de mesmo nome que em seu elenco principal conta com Aaron Taylor-Johnson e Evan Peters, os dois intérpretes do Mercúrio nos cinemas.

A morte do Pietro em Era de Ultron

Um dos grandes traumas que Wanda Maximoff carrega no MCU é a morte de seu irmão, ocorrida no filme Vingadores: Era de Ultron. Mostrada na recapitulação dos episódios anteriores, ela é citada pelo próprio Pietro, que diz “ter sido baleado como um idiota no meio da rua sem o menor motivo”. Embora ele relembre esse momento trágico quase em tom de piada, ele volta a assustar Wanda quando ela vê uma versão cadavérica do irmão, com buracos de bala no peito.

Catarata

Após serem demitidos por Hayward, Monica Rambeau e Jimmy Woo se separam de Darcy, que fica para descobrir qual é o grande segredo que o diretor da E.S.P.A.D.A. está escondendo. O sexto episódio ainda não revela do que se trata, mas deixa uma pista: a pasta se chama Catarata, nome de uma doença que afeta a visão. Considerando que se trata de uma informação confidencial sobre um projeto de armamento destinado “apenas aos olhos de Hayward”, é possível que se trate de algo que envolve o Visão, sintozóide que já é rastreado pela agência.

Os pesadelos de Wanda

Enquanto conversam sobre o controle que Wanda exerce sobre as pessoas em Westview, Pietro a elogia e se diz impressionado por ser uma grande evolução em relação a “dar pesadelos e atirar coisas vermelhas com as mãos”. Essa é uma clara referência a Era de Ultron, em que a Feiticeira Escarlate dá pesadelos aos Vingadores, como o Thor visualizar o Ragnarok e o Homem de Ferro vivenciar heróis caídos como o que aconteceu em Guerra Infinita/Ultimato.

“Meus demônios”

Quando a corrida pelos doces de Billy e Tommy começa, Pietro os encoraja com o grito “Liberem o inferno, meus demônios”. O que parece uma piada com o fato de crianças serem agitadas é, na verdade, uma referência à natureza dos gêmeos nos quadrinhos. Na HQ A Busca por Visão, é revelado que os irmãos são na verdade fragmentos da alma de Mefisto, um dos grandes demônios do Universo Marvel.

Modern Family e The Office

Seguindo a tradição de homenagear séries de comédia semanalmente, o sétimo episódio de WandaVision presta tributo a Modern Family e The Office. Da primeira, a série do MCU pega emprestado o formato, que coloca seus personagens falando diretamente ao público. Já a segunda é referenciada na abertura, que é uma clara homenagem à da versão norte-americana de The Office, e também nos momentos em que personagens como Agatha e Visão olham diretamente para a câmera durante as cenas.

Um Peixe Chamado Wanda

Além de homenagear The Office, a abertura do sétimo episódio de WandaVision presta uma sutil homenagem ao filme Um Peixe Chamado Wanda. É possível ver uma rápida referência à comédia lançada de 1988 em um rápido momento em que um aquário com o “Wanda” ao fundo é mostrado nos créditos iniciais. Sem muita profundidade, essa é apenas mais uma piscadinha da série às comédias do cinema.

Nexus

Dentre os enigmáticos comerciais da primeira temporada de WandaVision, o do sétimo episódio é de longe o mais animador para os fãs. A propaganda apresenta o remédio “Nexus”, antidepressivo indicado que serve para “ancorar você de volta à sua realidade, ou à realidade que escolher”. Repetindo várias vezes que é importante consultar um médico (doctor, em inglês), esse trecho aponta a chegada do Doutor Estranho já que nas HQs Nexus é o nome dado ao portal interdimensional onde as realidades se encontram. Considerando que o próximo filme do Mago Supremo vai abordar o Multiverso, não seria de se estranhar se ele interferisse nessa realidade criada por Wanda.

Os poderes de Monica

No sétimo episódio, Monica Rambeau finalmente retorna ao hex após ser expulsa de forma violenta por Wanda. Confirmando sua jornada rumo a se tornar uma heroína, ela volta a Westview com poderes, olhos de cor diferente e até mesmo um uniforme que lembra o dos quadrinhos. Porém, os easter eggs estão no momento de sua travessia, que além de mostrar seus diferentes visuais ao longo de WandaVision, ainda traz falas que retomam sua primeira aparição no filme Capitã Marvel.

Retrospectiva de Visão

Após sobreviver à tentativa de deixar o hex, Visão faz amizade com a doutura Darcy Lewis. Ela então lhe conta toda a sua história até aquele momento, desde sua criação como uma inteligência artificial de Tony Stark no filme Homem de Ferro, passando por sua materialização em Era de Ultron, até seu trágico destino nas mãos de Thanos em Vingadores: Guerra Infinita.

A caverna de Agatha Harkness

O sétimo episódio de WandaVision finalmente confirmou que Agnes é na verdade Agatha Harkness. Personagem importante nas HQs, ela é uma das grandes bruxas do Universo Marvel. Ainda não vimos muito da feiticeira em ação, mas sua caverna é um grande indicativo de que ela não planeja nada de bom - com destaque para o misterioso livro, que chega a lembrar o Livro de Cagliostro mostrado em Doutor Estranho.

Séries de comédia e horror

Considerando que WandaVision está homenageando séries de comédia, não é de estranhar que Agatha Harkness ganhe uma abertura que preste tributo a clássicos seriados que misturam humor e horror. Dentre as principais produções que fazem essa mistura, as mais famosas são Família Addams e The Munsters, que fizeram grande sucesso na década de 1960.

Agatha Harkness em Salem

O oitavo episódio de WandaVision abre com um flashback do passado de Agatha Harkness que se passa no ano de 1693 em Salem, Massachusetts. Uma continuação da revelação de que ela é uma bruxa, essa sequência é uma referência ao Julgamento das Bruxas de Salem, um evento do mundo real ocorrido em 1692 que condenou centenas de pessoas sob a acusação de bruxaria à morte. Nas HQs a ligação entre Harkness e Salem é feita logo em sua primeira aparição, quando o Coisa do Quarteto Fantástico encontra um livro chamado “Contos da velha Salem” em seus aposentos.

A traição de Agatha

Na cena, Agatha está sendo julgada não por praticar bruxaria, mas sim por por trair seu coven - nome dado aos grupos de bruxas. Na série ela foi acusada de ter roubado conhecimento acima de sua idade e posição, e também de ter praticado a “mais maligna das magias”. Nas HQs a bruxa também traiu suas colegas durante os Julgamentos de Salem ao entregar algumas de suas irmãs para os Puritanos, já que acreditava que essa caça às bruxas era necessária para que os usuários de magia se fortalecessem.

Episódio clip show

O oitavo episódio da série mergulha de vez no passado de Wanda Maximoff, passando desde a perda dos pais na infância até a perda de seu amado Visão e a criação de sua própria realidade. Propositalmente ou não, essa escolha lembra os episódios “clip show”, que utilizam cenas de episódios anteriores para contar suas histórias - geralmente com os personagens principais reunidos para relembrar alguns acontecimentos. Propositalmente ou não, essa é mais uma das várias referências à TV americana deixadas por WandaVision.

A mala cheia de DVDs

Com episódios que homenageiam clássicas sitcoms, WandaVision deixou claro a reverência à TV norte-americana. Esses tributos foram oficializados no episódio oito, quando descobrimos que essas séries tiveram papel fundamental na infância de Wanda Maximoff tanto como uma forma de treinar o inglês, quanto como um momento de paz com sua família. A cereja do bolo está na mala cheia de DVDs trazida por seu pai Oleg, que traz títulos como I Love Lucy, Família Addams, A Feiticeira, Malcolm in the Middle, Jeannie é um Gênio e Who's the Boss?. Além, é claro de The Dick Van Dyke show.

O visual clássico da Feiticeira Escarlate (novamente)

Durante a cena em que mostra Wanda Maximoff servindo como cobaia em um experimento da Hydra, assistimos à heroína tendo seu primeiro contato com o cetro de Loki. Ao se aproximar do objeto, que na verdade escondia a Jóia da Mente, ela tem o vislumbre de uma figura cuja silhueta lembra muito o visual clássico da personagem nas HQs. Esse é um indício que Wanda deve passar a usar seu famoso elmo de verdade, incorporando o easter egg mostrado no episódio de Halloween.

Visão desmantelado

O penúltimo episódio da temporada deu um grande foco ao período em que o Visão ficou desmontado pela E.S.P.A.D.A. Isso já havia sido mostrado em episódios anteriores, mas agora ficou ainda mais clara a inspiração na saga A Busca por Visão da HQ Vingadores da Costa. No quadrinho, escrito e desenhado por John Byrne, o sintozóide é sequestrado por agentes da KGB a mando dos líderes de grandes potenciais mundiais - incluindo o dos Estados Unidos. Querendo se aproveitar das informações que o Vingador teve acesso ao se conectar a todos os computadores do mundo, eles o levam e desmontam.

“Não consigo sentir você”

Ao encontrar o corpo desmontado de Visão, Wanda Maximoff tenta achar uma forma de trazê-lo de volta à vida. Quando não consegue, ela diz “não consigo sentir você”, uma frase que parece trivial mas que é carregada de significado. Quando o casal está de férias na europa em Vingadores: Guerra Infinita, o Visão se mostra preocupado com a agitação na Jóia do Infinito em sua testa e pergunta o que sua amada sente. A resposta é “eu só sinto você”. Romântica, a frase é repetida ao final do longa na trágica cena em que o sintozóide pede para que sua esposa retire a Jóia e a destrua para impedir Thanos. Para confortá-la, o Visão diz “eu apenas sinto você”.

O retorno do Visão

A cena pós-créditos do oitavo episódio mostra que a E.S.P.A.D.A. usou um drone irradiado com a energia do hex para trazer o Visão de volta a vida em uma nova cor completamente branca. Isso também acontece nos quadrinhos, já que o Visão é trazido de volta à vida sem cores e, especialmente, sem memórias e emoções. Não seria estranho se a versão renascida do sintozóide sirva como um dos antagonistas do capítulo final de WandaVision.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.