Tobey Maguire, Tom Holland e Andrew Garfield como Homem-Aranha

Créditos da imagem: Divulgação

Filmes

Artigo

Homem-Aranha 3 terá Tom Holland revivendo cenas clássicas? Entenda a teoria

Fãs especulam que Sem Volta Para Casa será grande homenagem a todos os filmes do herói

Eduardo Pereira
30.08.2021
20h56
Atualizada em
30.08.2021
21h07
Atualizada em 30.08.2021 às 21h07

Já faz uma semana que o primeiro trailer de Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa chegou aos olhos dos fãs, trazendo o retorno de grandes personagens, muitas referências, mas principalmente provocando especulações sobre o presente e futuro do Teioso nas telonas. Mesmo com esses sete dias de distância da grande revelação, os "detetivões da internet" não se cansam de bolar teorias sobre a mais nova vindoura trama aracnídea do Universo Cinematográfico da Marvel (MCU). E uma delas, em particular, tem chamado atenção por se basear em detalhes curiosos da prévia, além de se encaixar na frase final da sinopse oficial do filme.

A teoria sugere que a trama de Sem Volta Para Casa será, a exemplo de Vingadores: Ultimato (2019), uma grande homenagem a todos os filmes live-action do Homem-Aranha, colocando a versão do personagem vivida por Tom Holland em cenários similares aos momentos mais marcantes da trilogia de Sam Raimi e até dos dois filmes O Espetacular Homem-Aranha, de Mark Webb. Ao invés de ser acompanhado pelos antecessores nessas missões, entretanto, o personagem só se encontraria com os dois veteranos em um terceiro ato, que veria Tobey Maguire e Andrew Garfield indo ao resgate de Holland contra o Sexteto Sinistro, em uma revelação de último momento digna do retorno "à sua esquerda" de Sam Wilson, no embate final contra Thanos.

Esse arco seria construído não só para concluir o amadurecimento para a fase adulta do Peter Parker do MCU, como também promover um fechamento de ciclo ao mesmo tempo em que se encerra, contratualmente, a parceria entre Marvel Studios e Sony Pictures Entertainment. Com isso, os estúdios celebrariam juntos as conquistas de cada um, conferindo ao público um momento de êxtase antes do anúncio potencialmente anticlimático sobre o futuro do herói nas telonas. Como afirma a sinopse oficial, Sem Volta Para Casa traria o personagem de Holland em jornada para "descobrir o que realmente significa ser o Homem-Aranha" justamente a partir da interação com os desafios superados por seus antecessores em uma junção de universos alternativos.

Parece aleatório demais? Pois pense de novo! Fãs de olhos aguçados notaram que o trem em que Doutor Estranho e Homem-Aranha aparecem, em momentos iniciais do trailer de Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa (confira de novo acima), se parece muito com o mesmo trem parado por Peter Parker (Maguire) em Homem-Aranha 2 (2004). Além disso, não pode ser coincidência que as cenas finais da prévia trazem Holland usando o mesmo terno cinza, camisa azul claro e gravata azul-marinho que Maguire usava na cena de ação inicial de Homem-Aranha 3 (2007). Meros easter eggs? Talvez. Mas considerando os confirmados retornos de Doutor Octopus (Alfred Molina) e Electro (Jamie Foxx), além da provável volta do Duende Verde (Willem Dafoe), nada parece ser por acaso. E a teoria vai além.

Tom Holland veste roupas similares às de Tobey Maguire em Homem-Aranha

Seguindo as especulações de que o filme traria o primeiro encontro do Sexteto Sinistro nos cinemas, o grupo de vilões seria composto por dois antagonistas de cada um dos três universos de Homem-Aranha em contato na trama. Eles seriam Octopus e Duende (Maguire), Electro e Lagarto (Garfield) e ao menos o Abutre (Holland). A grande dúvida paira sobre quem seria o sexto integrante, teoricamente associado à versão do MCU. Ou Mysterio (Jake Gyllenhaal) se revelaria ainda vivo, ou Sem Volta Para Casa teria de encontrar tempo para desenvolver Mac Gargan (Michael Mando), visto em De Volta ao Lar (2017), como Escorpião.

TÁ, MAS MESMO QUE ACONTEÇA, O QUE VEM DEPOIS?

Com o multiverso em expansão nas narrativas do MCU, não dá para descartar a ideia que, se de fato reunir três versões de Homem-Aranha em tela, Sem Volta Para Casa será um teste comercial da Sony para determinar o futuro não só de Tom Holland no papel, mas de todo o Universo Homem-Aranha da Sony. Se o sucesso comercial do filme se provar baseado também em nostalgia, é possível vislumbrar um mundo em que o estúdio opte por manter a versão do MCU em parceria com o Marvel Studios ao mesmo tempo em que produz narrativas paralelas no universo de O Espetacular Homem-Aranha e volte a visitar a linha do tempo criada por Sam Raimi no início dos anos 2000, espalhando derivados como Venom e Morbius nas histórias em que melhor se encaixarem.

O primeiro trailer do filme do Vampiro-Vivo da Marvel provocou piadas e causou desconfiança ao incluir um pôster do Homem-Aranha de 2002, ao invés da versão vista no MCU, mas à luz do que sabemos hoje, existe a possibilidade do filme protagonizado por Jared Leto existir na mesma realidade da versão do herói vivida por Tobey Maguire. O tom mais operístico e "bobo, mas não de um jeito ruim" da produção, inclusive, cairia melhor no hiper-realismo de Sam Raimi. O pior dos cenários, entretanto, segue sendo também o mais possível a ideia de Holland ficar trancado apenas com os derivados da Sony; um erro estratégico, uma vez que o personagem foi astutamente construído pela Marvel Studios para ser dependente de seu universo.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.