Roteirista das HQs de Venom e Thor, Donny Cates paga lista de compras de fãs

Créditos da imagem: Marvel Comics/Divulgação

HQ/Livros

Notícia

Roteirista das HQs de Venom e Thor, Donny Cates paga lista de compras de fãs

Autor da Marvel pediu que leitores usem dinheiro poupado para continuar ajudando a indústria

Nicolaos Garófalo
14.04.2020
20h57

Donny Cates, um dos principais roteiristas da Marvel Comics nos últimos anos, ajudou fãs de quadrinhos que haviam deixado títulos reservados na loja Austin Books & Comics no Texas, Estados Unidos, a pagar pelas HQs deixadas em suas listas de espera. O autor, que atualmente assina as revistas do Venom e do Thor, pediu que, em troca, os leitores que deixaram de comprar jogos, livros ou colecionáveis que queriam por causa de problemas de dinheiro, aproveitem a oportunidade para adquirir seus objetos de desejo (via Newserama).

A loja anunciou a própria loja anunciou a ação de Cates em um post no Facebook – veja abaixo:

Caros clientes da Austin Books & Comics, temos ótimas notícias. A maioria, se não todos, de vocês conhece o quadrinista Donny Cates. Em uma incrível demonstração de apoio não só à loja, mas a todos vocês, ele decidiu pagar por suas listas de espera! Se você tinha uma lista de espera desde [segunda-feira, 5 de abril], já está paga. Ele pediu apenas uma coisa em troca: que o dinheiro que você separou para seus quadrinhos seja agora gasto [na loja] para mais coisas que você queria, mas não pôde comprar por problemas de orçamento. Procure novas histórias, compre um jogo de tabuleiro, compre um colecionável para um amigo necessitado. Donny mostrou mais uma vez que somos uma comunidade, que ajudamos um ao outro. Isso é exatamente o que o mundo precisa agora

Com a pandemia do COVID-19, a Diamond Comics, principal distribuidora de HQs do mundo, anunciou que suspenderia suas atividades por tempo indeterminado a partir do dia 1º de abril. Por consequência, editoras como DC, Marvel, Image e Dark Horse informaram que adiaram não só a distribuição de novas edições físicas, mas também digitais de suas HQs.

Desde o começo da pandemia do coronavírus, várias áreas do entretenimento foram afetadas com o adiamento de estreias, paralisação de produções e cancelamento de grandes eventos.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.