Avatar: O Último Mestre do Ar

Créditos da imagem: Netflix/Divulgação

Séries e TV

Lista

Animações para quem gostou de Avatar: O Último Mestre do Ar

Uma lista com animações para jovens e adultos que já estão sofrendo com a ausência de Aang e seus amigos

Omelete
8 min de leitura
06.03.2024, às 16H57.
Atualizada em 06.03.2024, ÀS 17H10

Com Avatar: O Último Mestre do Ar oficialmente renovada até a terceira temporada, muitos fãs da série já devem estar se contorcendo de saudade de Aang (Gordon Cormier), Katara (Kiiawentio), Sokka (Ian Ousley) e companhia. Felizmente, o que não falta hoje nos streamings são histórias tão boas quanto sobre amizade, aventura e autodescoberta.

Abaixo, separamos algumas animações — uma delas mais adulta do que as outras — que exploram arcos e temáticas similares; confira:

O Príncipe Dragão

O Príncipe Dragão
Netflix/Divulgação

Criada e escrita por Aaron Ehasz, showrunner de Avatar: A Lenda de Aang, O Príncipe Dragão traz um tom bem similar à animação da Nickelodeon, alternando momentos de humor e ação com sequências de ternura e um desenvolvimento surpreendente de personagens. A série acompanha dois príncipes humanos, Callum e Ezran, e uma elfa, Rayla, transportando um filhote de dragão de volta à sua mãe, na esperança de encerrar uma guerra que domina seu continente há décadas.

Assim como Avatar, O Príncipe Dragão se destaca pelos laços de seus personagens, que precisam superar preconceitos, medos e oponentes poderosos para salvar o mundo e as pessoas que amam. Não bastasse isso, a animação também conta com o fofíssimo Zym, um filhote de dragão carismático, cujo nascimento, assim como o de Aang, traz a esperança de uma nova era de paz.

O Príncipe Dragão está disponível na Netflix

A Casa Coruja

A Casa Coruja
Disney/Divulgação

Já perdi as contas de quantas vezes falei de A Casa Coruja nesse site. E, sendo bem sincero, não é para menos. O desenho segue Luz, uma garota humana que acidentalmente vai parar nas Ilhas Escaldadas, um mundo definido por magia. Com a ajuda da bruxa Eda e do demônio King, ela supera suas “limitações” para desenvolver feitiços próprios.

Uma das melhores séries infantis que a Disney já lançou na sua história, A Casa Coruja conta também com um discurso moderno sobre aceitação e evolução, investindo em relacionamentos realistas, arcos de redenção e no retrato de personagens pouco representados no mainstream. Com uma construção de mundo riquíssima, a animação enfrentou bastante resistência dentro da Casa do Mickey por ser protagonizada por uma personagem bissexual e foiconcluída com umaterceira temporada reduzida. Mas nem por isso foi menos emocionante.

Se for para escolher uma única série desta lista para assistir, que seja A Casa Coruja. Garanto que você não vai se arrepender, especialmente se assistir na dublagem brasileira.

A Casa Coruja está disponível no Disney+

Samurai de Olhos Azuis

Samurai de Olhos Azuis
Netflix/Divulgação

Samurai de Olhos Azuis, recentemente lançada na Netflix, já diverge um pouco dos outros itens desta lista. Feita para o público adulto, a animação é violenta e sombria, com a protagonista procurando vingança dos colonizadores europeus que podem ser seu pai. Passando longe das mensagens de paz dos outros títulos citados, a série ainda tem seus momentos de “quentinho no coração”, a maior parte delas carregada pelo carismático Ringo.

Com vozes de Maya Erskine (Sr. e Sra. Smith), Masi Oka (Heroes) e Darren Barnet (Eu Nunca…), Samurai de Olhos Azuis também conta com cenas de ação de tirar o fôlego e que deixam muitos live-actions de orçamento altíssimo por aí no chinelo. Com uma animação primorosa, a série prende o espectador, que nem sente as mais de seis horas de duração do programa passarem.

Samurai de Olhos Azuis está disponível na Netflix

Steven Universo

Steven Universo
Cartoon Network/Divulgação

Voltando ao público infantil com um dos maiores clássicos modernos da mídia, Steven Universo é outra animação maravilhosa com histórias tão empolgantes, quanto necessárias. Embora tenha um ritmo mais caótico que algumas outras produções contemporâneas, a série se estabeleceu como um dos desenhos mais profundos e divertidos do Cartoon Network e merece todo o clamor que recebe da crítica e dos fãs desde sua estreia.

Assim como A Casa Coruja, Steven Universo não foge de discussões sobre gênero e sexualidade, com um dos elencos de personagens mais diversos das animações. E, caso você esteja no clima de maratonas caóticas, vale acabar a série e já mergulhar em Hora de Aventura, outro grande clássico contemporâneo.

Steven Universo está disponível na Max e na Netflix

O Espetacular Homem-Aranha

Todo mundo tem sua animação favorita do Teioso, mas a que mais respeitou o cânone do personagem ao mesmo tempo em que se permitiu criar coisas novas foi O Espetacular Homem-Aranha. A série acompanha um Peter Parker adolescente tentando equilibrar sua vida dupla como herói e estudante colegial, enquanto esconde seus poderes de amigos e familiares. Claro, essa premissa é igual a outras versões do Amigão da Vizinhança, mas a forma como a animação adapta as HQs tem um carinho todo especial e é uma porta de entrada perfeita para quem conhecer mais do personagem.

Infelizmente, O Espetacular Homem-Aranha foi vítima da aquisição da Marvel pela Disney e acabou cancelada após duas temporadas. No seu lugar, a DisneyXD lançou a medíocre Homem-Aranha da Marvel, que não conquistou o mesmo carinho do público, embora tenha durado três anos.

O Espetacular Homem-Aranha está disponível no Prime Video (apenas 1ª temporada)

Kipo e os Animonstros

Kipo e os Animonstros
Netflix/Divulgação

De volta à Netflix, temos Kipo e os Animonstros. Criada por Radford Sechrist (Megamente) e Bill Wolkoff (Star Trek: Strange New Worlds), a história mostra um mundo dominado por criaturas mutantes, onde os humanos vivem no subsolo. Dublada por Karen Fukuhara, a Kimiko de The Boys, a protagonista decide deixar seu esconderijo subterrâneo para explorar a superfície ao lado de seus amigos — humanos e animonstros.

Com um ritmo dinâmico e tom divertido, a série é uma das grandes animações que a plataforma lançou nos últimos anos e traz personagens igualmente profundos e divertidos, que rivalizam facilmente com os protagonistas de clássicos da mídia. Com três temporadas, Kipo e os Animonstros merecia um reconhecimento bem maior do que recebeu.

Kipo e os Animonstros está disponível na Netflix

She-Ra e as Princesas do Poder

She-Ra e as Princesas do Poder
Netflix/Divulgação

Outra produção primorosa da Netflix, She-Ra e as Princesas do Poder revolucionou a franquia dos anos 1980. Dando o tempo necessário para desenvolver todos os seus personagens, a animação assume um discurso antimilitarista que casa com os temas explorados em O Último Mestre do Ar. Assim como o live-action tocado por Albert Kim, o desenho tem protagonistas extremamente carismáticos e com histórias cheias de reviravoltas e momentos emocionantes.

Críticas machistas à parte, She-Ra e as Princesas do Poder introduziu a personagem a toda uma nova geração, conquistando um público fiel e que até hoje enaltece a animação sempre que possível (eu incluso).

She-Ra e as Princesas do Poder está disponível na Netflix

One Piece

One Piece
Fuji Television/Divulgação

Um grupo de jovens que luta contra governos autoritários enquanto viajam o mundo e conquistam mais e mais amigos pelo caminho? Ora, se é isso que você mais gostou em O Último Mestre do Ar, One Piece é a animação perfeita para você! É verdade que o anime já tem mais de mil episódios e ficar em dia com os lançamentos parece uma tarefa hercúlea. Mas a obra de Eiichiro Oda é tão boa, emocionante e rica que é raro alguém conseguir largar a produção depois de ser fisgado por Luffy e o Bando do Chapéu de Palha.

Um dos animes mais populares do mundo, One Piece passa por um novo boom depois do lançamento do live-action da Netflix, que apresentou a história para um público mais mainstream e ajudou o desenho a dominar ainda mais a audiência de streamings mundo afora. E mesmo que você não tenha curtido tanto a adaptação de 2023, o anime merece demais sua atenção e, por que não, idolatria.

One Piece está disponível na Crunchyroll e na Netflix

Minhas Aventuras com o Superman

Minhas Aventuras com o Superman
Max/Divulgação

Assim como O Espetacular Homem-Aranha, Minhas Aventuras com o Superman recria o início da carreira do Homem de Aço para introduzir o herói a uma nova geração. Muito influenciada por animes shōnen e slice of life, a animação da Max traz uma fofura ímpar ao Homem do Amanhã sem perder as características que fazem dele o maior super-herói do mundo. Aliada a uma animação muito bem feita, a série reforça a humanidade do Azulão ao mesmo tempo em que explora seu importante papel de defensor da Terra.

Afiada, Minhas Aventuras com o Superman também conta com um elenco coadjuvante muito bem desenvolvido e que povoam a vida de Clark de uma forma que poucas adaptações conseguiram fazer desde o fim de Superman: A Série Animada. Talvez a melhor série infantil de capa e collant da atualidade, a animação deveria servir como padrão de qualidade para todas as outras adaptações animadas de herói que vêm por aí.

Minhas Aventuras com o Superman está disponível na Max

Avatar: A Lenda de Aang e A Lenda de Korra

Avatar: A Lenda de Aang/A Lenda de Korra
Nickelodeon/Divulgação

Agora, convenhamos, se você quer mesmo mais aventuras da Equipe Avatar e ainda não conferiu a animação original, pare tudo o que está fazendo e dê o play imediatamente em Avatar: A Lenda de Aang. Além de entender um pouco mais sobre o mundo de O Último Mestre do Ar, a série também te premiará com histórias que foram (e algumas que provavelmente serão) cortadas do live-action, mas que ainda assim são importantes para o crescimento dos protagonistas. Começando o desenho também te permitirá conhecer a Toph, mestra de dobra de terra do Avatar, antes do público do live-action.

E, encerrando A Lenda de Aang, já engate em A Lenda de Korra, série que se passa cerca de 70 anos após a animação original e conta a história da Avatar que sucede Aang. Com um tom um pouco mais maduro que sua predecessora, a sequência traz debates extremamente pertinentes de opressão social, extremismo religioso e militarismo, tão atuais hoje quanto eram em 2014, quando a série acabou.

Avatar: A Lenda de Aang e A Lenda de Korra estão disponíveis na Netflix e na Paramount+

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a nossa Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.