Gorosei de One Piece (Toei/Divulgação)

Créditos da imagem: Gorosei de One Piece (Toei/Divulgação)

Mangás e Animes

Artigo

Guia de One Piece | Como funciona a hierarquia do Governo Mundial

Universo do anime está nas mãos de poucas e misteriosas pessoas

Omelete
3 min de leitura
06.12.2023, às 19H21
ATUALIZADA EM 06.12.2023, ÀS 20H19
ATUALIZADA EM 06.12.2023, ÀS 20H19

Desde o início do anime, os fãs de One Piece são apresentados a várias figuras do governo mundial. Apesar de conhecerem tantos cargos diferentes nas primeiras temporadas, a hierarquia política desse universo só é apresentada ao público após centenas de episódios. No guia desta semana, o Omelete explicará como funciona essa divisão de poder no mundo de Eiichiro Oda.

[IMPORTANTE: Os Guias de One Piece têm como objetivo ajudar fãs iniciantes do anime sem estragar a experiência deles. Se você já coleciona centenas de episódios assistidos ou está em dia com o anime/mangá, não dê spoilers nos comentários deste artigo nas redes sociais]

Para começar, precisamos entender como o mundo passou um governo único.

Cerca de 800 anos antes dos atuais eventos de One Piece, uma aliança entre líderes de 20 reinos formou o hoje conhecido governo mundial. Nessa aliança estavam as famílias Donquixote (antecessores de Doflamingo) e Nefertari, da princesa Vivi, de Alabasta. Juntos, esses monarcas derrotaram uma avançada civilização inimiga e apagaram sua existência da história. Sem adversários a altura, esses países iniciaram um processo de expansão e anexaram dezenas de outros países a sua coalizão.

Com o controle total do mundo, 19 dessas famílias vivem isoladas na Terra Sagrada de Mary Geoise — apenas a família Nefertari permaneceu em seu país natal. Conhecidos como Tenryuubitos, ou Dragões Celestiais, esses nobres estão completamente acima da lei. Eles vivem livres para cometer os mais perversos crimes, como escravização, estupro e assassinato sem serem perseguidos pela justiça. Por outro lado, se alguém ousar tocar em um deles, as maiores forças da marinha serão enviadas para destruí-lo.

Apesar de tudo isso, quase todos os Dragões Celestiais passam o tempo gozando de seus privilégios e não comandam diretamente o governo. Essa tarefa fica nas mãos de apenas cinco anciões, também conhecidos como gorousei. São eles: Jaygarcia Saturn, o deus guerreiro (cargo similar a ministro) da defesa e ciência; Marcus Mars, deus guerreiro do meio ambiente; Topman Warcury, o deus guerreiro da justiça; Ethanbaron V. Nusjuro, o deus guerreiro das finanças; e Shepherd Ju Peter, o deus guerreiro da agricultura.

Esses grupo de idosos, formado apenas por homens, domina praticamente todo o mapa de One Piece. Eles comandam a Marinha, sua principal força militar, além da Cipher Pol, uma corporação responsável por infiltrações, espionagem e assassinatos. Por fim, os anciões também comandam os sete corsários, piratas poderosos que decidiram se aliar ao governo em troca de regalias e vista grossa.

Porém, durante a obra descobrimos que os anciões não estão no topo da cadeira de comando no governo. Os cinco conselheiros respondem a Imu, um ser misterioso que ocupa o trono vazio. A identidade, bem como a própria existência de Imu, são mantidas em segredo até mesmo no próprio governo. Com isso, é mantida a falsa imagem de que o mundo não é governado por uma única pessoa. Devido a sua posição e poder ilimitado, o detentor do trono vazio pode ser considerado o ser mais perigoso de One Piece e, possivelmente, o antagonista final da obra.

Com informações de One Piece Fandom.

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a nossa Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.