MIB: Internacional quase perdeu seu diretor durante filmagens

Créditos da imagem: Sony Pictures/Divulgação

Filmes

Notícia

MIB: Internacional quase perdeu seu diretor durante filmagens

Além de diferenças criativas, roteiro foi reescrito algumas vezes

Mariana Canhisares
17.06.2019
20h23

Depois de MIB Internacional arrecadar uma bilheteria morna no seu final de semana de estreia, avaliada em US$ 28,5 milhões nos Estados Unidos, pessoas ligadas à Sony Pictures revelaram problemas nos bastidores do longa. Fontes do Hollywood Reporter afirmam que o diretor F. Gary Gray ameaçou abandonar o projeto em várias ocasiões por diferenças criativas com o produtor veterano Walter Parkes, que colaborou no primeiro filme da franquia.

Ao que parece, o roteiro original de Art Marcum e Matt Holloway era mais ousado e atual, discutindo imigração e com um grupo de vilões inspirados nos Beatles. "Você não atrai Chris Hemsworth e Tessa Thompson se o roteiro não fosse bom", disse uma das fontes do site. Porém, Parkes teria ficado em cima para supervisionar as reescritas do script não apenas na pré-produção, como também durante as filmagens. A confusão desse processo teria sido tanta que Thompson e Hemsworth contrataram seus próprios escritores para os diálogos.

Ainda segundo estas fontes, Parkes teria até dado pitaco na direção de Gray, que só não deixou a produção porque foi convencido pelo estúdio a ficar. Mas, segundo um dos entrevistados, a Sony não deu qualquer orientação durante as muitas discussões entre diretor e produtor. "O estúdio foi um senhorio ausente", disse.

Embora o resultado na bilheteria tenha ficado aquém das expectativas de todos, um executivo da Sony está confiante de que a franquia sobreviverá. "Homens de Preto será revisitado de novo em algum ponto, seja em série, no streaming ou em outro filme".

MIB Internacional está em cartaz nos cinemas.