MIB Internacional | 10 referências e easter eggs

Créditos da imagem: Sony Pictures/Divulgação

Filmes

Lista

MIB Internacional | 10 referências e easter eggs

Novo capítulo da franquia brinca com elementos dos filmes estrelados por Will Smith e Tommy Lee Jones

Mariana Canhisares
12.06.2019
14h41

Como era de se esperar, MIB Internacional celebra o legado dos agentes J e K deixando pequenos easter eggs ao longo do filme. Por isso, ainda que Will Smith e Tommy Lee Jones não estejam presentes, o público consegue ter momentos nostálgicos, relembrando as aventuras da icônica dupla. Não bastasse isso, são vários os elementos de cultura pop mencionados em piadas do novo duo Chris Hemsworth e Tessa Thompson.

Confira a seguir as principais referências mencionadas em MIB Internacional:

Créditos de abertura

Homens de Preto/Sony Pictures/Reprodução

Seguindo o padrão dos filmes anteriores, a fonte dos créditos de abertura simula constelações. É o primeiro indício que, sim, os Homens de Preto estão de volta!

Frank

Homens de Preto/Sony Pictures/Reprodução

Um dos personagens secundários mais divertidos dá as caras rapidamente no filme. Frank, o alienígena que parece um pug, mas não é, aparece logo que Molly (Tessa Thompson) vai visitar a sede da organização em Nova York. Dessa vez, ele não está com demais agentes no hall da MIB, e sim na porta, fazendo companhia para o novo porteiro.

Neutralizador

MIB Internacional/Sony Pictures/Reprodução

Para que esse fosse de fato o retorno da franquia, o neutralizador não poderia ficar de fora. O objeto aparece nos primeiros minutos de filme, quando um flashback estabelece a ligação de Molly com a Homens de Preto. No entanto, como era de se esperar, os agentes usam-no em diversas outras ocasiões. Afinal, ninguém pode descobrir que aliens vivem entre nós.

Arminha

MIB Internacional/Sony Pictures/Reprodução

Como o agente J, a novata M também faz cara feia quando oferecem aquela famosa arminha para que ela use nas suas missões. Porém, diferentemente do personagem de Will Smith, ela realmente dispensa o apetrecho e usa armas muito mais grandiosas.

Worm Guys

MIB Internacional/Sony Pictures/Reprodução

Óbvio que os worm guys voltariam! Porém, em vez de estarem na pausa para o café ou curtindo na casa do J, o grupinho aparece saindo do “metrô” que leva de Nova York a Londres.

Legado de J e K

MIB Internacional/Sony Pictures/Reprodução

As contribuições de J e K são lembradas até no escritório de Londres da Homens de Preto. Na sala do agente T, há um quadro dos dois enfrentando o Inseto, a grande ameaça do primeiro filme.

Botão vermelho

MIB Internacional/Sony Pictures/Reprodução

A famosa função do botão vermelho, isto é, a velocidade hipersônica é acionada em MIB Internacional. Mas enquanto J e K usaram esse recurso para cortar o trânsito em um túnel no primeiro filme, M e H a utilizam para voar mesmo. Avanços tecnológicos, né?

Tabloides

Homens de Preto/Sony Pictures/Reprodução

No primeiro filme, K ensina a J que ler tabloides são meios interessantes de descobrir atividades alienígenas não-monitoradas pela MIB. Molly sabe disso antes mesmo de entrar para a agência. No seu quarto, podem-se ver várias publicações falando sobre aliens.

Personalidades alienígenas

Sony Pictures/Divulgação

Se os primeiros filmes revelaram que Sylvester Stallone, Steven Spielberg e Michael Jackson são alienígenas, MIB Internacional coloca novos nomes na roda. Entre eles, os que mais chamam atenção são Donald Glover e Sérgio Mallandro, este último adicionado especialmente na versão brasileira do longa. 

Agente inusitado

Wiki Commons/Divulgação

O filme também revela que o engenheiro Gustave Eiffel foi um dos grandes agentes da MIB. Sua mais famosa construção, a Torre Eiffel, na verdade foi a porta de entrada para muitos alienígenas na chamada Primeira Imigração.

Longas mencionados

New Linve Cinema/Divulgação

Ao menos dois longas são mencionados em momentos cômicos do filme. De Olhos Bem Fechados, de Stanley Kubrick, é lembrado pelo Agente H em uma cena num misterioso bar, repleto de aliens suspeitos. Já Pawny, o personagem de Kumail Nanjiani, lembra de Diário de Uma Paixão para fazer piada do inusitado romance do protagonista de Chris Hemsworth com uma chefona do crime.