Montagem de logo de streamings

Créditos da imagem: Divulgação

Filmes

Lista

Apple TV+, Disney+, Prime Video e mais: entenda o que cada streaming oferece

Competição está cada vez mais acirrada entre as plataformas

Camila Sousa
11.09.2019
18h18
Atualizada em
11.09.2019
21h22
Atualizada em 11.09.2019 às 21h22

Se antes a Netflix era a maior opção ao se falar de streamings, agora a realidade é bem diferente. Com a chegada do Prime Video, da Amazon, do Disney+ e da Apple TV+, o público tem cada vez mais opções de preço e conteúdo original. Abaixo reunimos as principais característica de cada serviço de streaming, incluindo valores e o que é oferecido.

Apple TV+

Logo da Apple TV+
Apple/Divulgação

O que é: Um dos maiores anúncios recentes sobre streamings foi da Apple TV+. A empresa divulgou o projeto em março deste ano, levando Steven Spielberg ao palco para apresentar a plataforma, que terá conteúdos com vários artistas conhecidos.

Data de lançamento: O lançamento no Brasil será simultâneo com os EUA, em 1º de novembro de 2019.

Valor: No Brasil, a assinatura custará R$ 9,90 por mês, com período de teste de 7 dias. Até seis pessoas poderão acessar a mesma conta. Além disso, quem comprar um novo iPhone, iPad, iPod Touch, Mac ou Apple TV ganha acesso gratuito de 1 ano à plataforma.

Originais: A Apple está apostando pesado no catálogo de produções originais. O carro-chefe do streaming é série The Morning Show, com Steve Carell, Reese Witherspoon e Jennifer Aniston no elenco. A trama mostrará os bastidores de um programa matinal americano, explorando as dificuldades enfrentadas pelos apresentadores.

Há ainda outros destaque originais: See, com Jason Momoa, uma ficção científica que mostra o que aconteceria no mundo se todos perdessem a visão; For All Mankind, com Joel Kinnaman, mostrando um mundo em que a corrida espacial da década de 60 nunca terminou; Amazing Stories, ficção científica comandada por Steven Spielberg, além de dois projetos com a Oprah: um focado em ambientes de trabalho tóxicos e outro falando sobre saúde mental. 

Disney+

Logo do Disney+
Disney/Divulgação

O que é: Anunciado em novembro de 2018, o Disney+ será o serviço de streaming da empresa do Mickey, unindo todos os conteúdos que a empresa tem os direitos. Isso quer dizer que, além das próprias animações da Disney, haverá produções da Pixar, Marvel, Star Wars, National Geographic, além do recém adquirido catálogo da Fox.

Data de lançamento: O Disney+ chega aos EUA em 12 de novembro. A previsão de lançamento na América Latina é para o segundo semestre de 2020, incluindo o Brasil.

Valor: Como a data certa de estreia no país não foi divulgada, ainda não há o valor do Disney+ no Brasil. No entanto, comparando com os valores já anunciados para outros países, a expectativa é que o preço seja competitivo: nos EUA será US$ 6,99 por mês; US$ 8,99 no Canadá e US$ 9,99 por mês na Nova Zelândia, o valor mais alto anunciado até agora.

Originais: Além do extenso catálogo de produções que já existem, o Disney+ anunciou vários projeto ligados a grandes franquias. O destaque é The Mandalorian, primeira série live-action de Star Wars. Pedro Pascal interpreta o personagem-título, que deve explorar locais novos da galáxia, longe da Nova República. O seriado já ganhou o primeiro teaser, que apresenta também o personagem de Giancarlo Esposito.

Outro grande destaque do streaming são as séries ligadas ao Marvel Studios, que vão impactar diretamente nos eventos do cinema, diferente do que aconteceu com as séries da Netflix. Até agora já foram anunciados grandes projetos: Loki, com o Deus da Trapaça; WandaVision, com a Feiticeira Escarlate e o Visão; Falcão e o Soldado Invernal, com Anthony Mackie e Sebastian Stan; Gavião Arqueiro, com Jeremy Renner; Ms. Marvel, contando a história de Kamala Khan; She-Hulk; Cavaleiro da Lua, além da animação What If…?, mostrando eventos alternativos ao MCU. O streaming também será palco do filme live-action de A Dama e o Vagabundo, do retorno de Lizze McGuire, entre vários outros projetos.

Prime Video

Logo do Prime Video
Amazon/Divulgação

O que é: O Prime Video é o streaming oficial da Amazon. Além de reunir conteúdos de outros estúdios, a plataforma tem conteúdos originais e da Amazon Studios, que lança seus filmes originais no cinema e no streaming.

Data de lançamento: Já disponível no Brasil.

Valor: A Amazon anunciou uma grande mudança em valores e benefícios. Antes o usuário começava a assinatura com um valor menor, que se tornava R$ 14,90 por mês. Agora, por R$ 9,90, o usuário assina o Prime Video, Prime Music, Prime Reading e Twitch Prime, além de ter frete grátis em compras na Amazon e promoções exclusivas. A empresa anunciou que quem já paga R$ 14,90 apenas pelo Prime Video terá o valor alterado para R$ 9,90, com a inclusão de todos os serviços citados acima.

Originais: No Brasil, o Prime Video tem um catálogo diverso, incluindo séries mais antigas e amadas pelos fãs, como The Office e Parks and Recreation. Entre os originais de sucesso, então a série The Boys, que se tornou uma das mais vistas do streaming e já está renovada para a segunda temporada.

Há ainda outros originais premiados e que fazem sucesso entre os fãs, como Fleabag, de Phobe Waller-Brigde; Belas Maldições, com Michael Sheen e David Tennant; The Marvelous Mrs. Maisel, com Rachel Brosnahan; Jack Ryan, com John Krasinski e Deuses Americanos, com Ian McShane e Ricky Whittle. Uma das maiores expectativas para o futuro é para a série de O Senhor dos Anéis, que contará uma história da Segunda Era, com a forja dos Anéis de Poder e ascensão de Sauron.

Netflix

Logo da Netflix
Netflix/Divulgação

O que é: Fundada em 1997, a Netflix começou como um serviço de entrega de DVDs. Quando os streamings começaram a tomar forma no país em 2007, ela mudou seu modelo de negócio e se tornou uma mais pioneiras no setor. Hoje a Netflix está disponível em mais de 190 países.

Data de lançamento: Já disponível no Brasil.

Valor: A Netflix teve um aumento recente em suas mensalidades. O plano básico, para uma tela de cada vez em definição padrão, custa R$ 21,90. Para assistir duas telas ao mesmo tempo, em HD, o valor é R$ 32,90. O plano mais caro inclui quatro telas ao mesmo tempo, com definição HD e Ultra HD, por R$ 45,90.

Originais: Com a chegada de outros streamings, a expectativa é que a Netflix perca cada vez mais conteúdos de outros estúdios. Por isso a empresa investe em seus conteúdos originais, como Elite, Mindhunter, La Casa de Papel, Olhos que Condenam, Anne with an E, Lucifer, Black Mirror, The Umbrella Academy, Boneca Russa, Queer Eye, GLOW, The Crown, 13 Reasons Why, Stranger Things, O Mundo Sombrio de Sabrina, entre várias outras produções.

Outro diferencial da Netflix é a aposta em conteúdos de diversos países, incluindo conteúdos brasileiros. A primeira série original brasileira da plataforma é 3%, renovada recentemente para sua quarta e última temporada. Entre outros conteúdos nacionais há Coisa Mais Linda, Samantha!, O Escolhido, Sintonia, Spectro e Irmandade. Por último, o streaming se destaca por sua navegação simples e transmissão em diversas qualidades, inclusive em internets mais lentas.

HBO Max

Logo da HBO Max
HBO/Divulgação

O que é: O HBO Max é o serviço de streaming da WarnerMedia. A ideia é reunir conteúdos de HBO, TNT, TBS, Turner Classic Movies (TCM) e CW, dos canais de animação Cartoon Network, Rooster Teeth, Adult Swim e Crunchyroll, e também todo o line-up da Warner Bros., New Line, Looney Tunes, CNN e DC. Com isso, o streaming será um dos mais amplos já anunciados, contando ainda com as temporadas completas de Um Maluco no Pedaço, Pretty Little Liars e Friends, que será exclusiva da plataforma nos EUA.

Data de lançamento: A data de lançamento oficial ainda não foi divulgada, em nenhum país, mas a previsão é para o primeiro semestre de 2020, entre março e maio.

Valor: Ainda não há valor oficial para a assinatura do HBO Max. Na época do lançamento, a WarnerMedia afirmou que o valor será ligeiramente maior do que o HBO Now (streaming não disponível no Brasil), que custa US$ 14,99 por mês. Logo, é esperado que a assinatura seja um pouco mais cara, para um conteúdo mais extenso.

Originais: Por enquanto há alguns projetos originais interessantes no HBO Max. Gossip Girl ganhará uma sequência, que pode ter o retorno do elenco; Da Magia à Sedução ganhará um prelúdio e Steven Soderbergh lançará seu novo filme com Meryl Streep na plataforma.

Globoplay

Logo do Globoplay
Globoplay/Divulgação

O que é: Lançado em 2015, o Globoplay é considerado uma das maiores plataformas brasileiras de streaming. A ideia do serviço é unir tanto conteúdos da própria Globo, como novelas e programas do canal, incluindo jornais, quanto séries internacionais como Killing Eve e The Good Doctor, que fizeram grande sucesso ao chegar ao país pela plataforma.

Data de lançamento: Já disponível no Brasil.

Valor: O Globoplay custa R$ 19,90 por mês.

Originais: Com o sucesso da plataforma, o Globoplay começou a investir também em conteúdos originais, como Supermax, com Mariana Ximenes; Assédio, com Adriana Esteves, Antonio Calloni e Paolla Oliveira; Ilha de Ferro, com Maria Casadevall e Cauã Reymond; Shippados, com Tatá Werneck e Eduardo Sterblitch; Aruanas, com Taís Araújo, Débora Falabella e Leandra Leal; Sessão de Terapia, com Morena Baccarin e Selton Mello, entre outros.