Cena de Cobra Kai, quarta temporada

Créditos da imagem: Netflix/Divulgação

Séries e TV

Lista

Cobra Kai | O que queremos ver na quinta temporada da série da Netflix

Após fim agridoce para o quarto ano, continuação da saga Karate Kid tem assuntos a encerrar

Eduardo Pereira
13.01.2022
19h02
Atualizada em
18.01.2022
16h05
Atualizada em 18.01.2022 às 16h05

[O texto abaixo traz spoilers de Cobra Kai, da Netflix]

Quem esperava um final cheio de alegria para a quarta temporada de Cobra Kai certamente se decepcionou. No tão aguardado Torneio All Valley de Karatê Sub-18, tanto o dojô Miyagi Do quanto o dojô Karatê Presa da Águia se deram mal na aposta firmada com o vilão Terry Silver (Thomas Ian Griffith), sendo obrigados a fecharem suas portas. A salvação pode vir com a descoberta de uma trapaça na decisão final da luta que deu a vitória ao inescrupuloso empresário, mas tudo dependerá da vontade de Tory Nichols (Peyton List) em revelar a verdade.

Entre essas outras pontas soltas deixadas para o quinto ano da série da Netflix (já gravado e atualmente em pós-produção), o Omelete lista abaixo o que mais queremos ver acontecer assim que novos episódios da série que continua a franquia Karate Kid forem disponibilizados na Netflix.

John Kreese pagando seus pecados na cadeia

Cena de Cobra Kai, quarta temporada
Netflix/Divulgação

Depois de juntarem forças ao longo de toda a quarta temporada de Cobra Kai — e assim saírem vitoriosos do All Valley, John Kreese (Martin Kove) e Terry Silver se separam no season finale, com o primeiro levando a pior e sendo levado à cadeia injustamente.

Correta ou não, essa prisão oferecerá o espaço perfeito para que o personagem que foi o grande vilão da série até aqui sofra pelos seus pecados recentes e do passado, oferecendo a humanização típica da série, mas sem esquecer que esse é um homem que treina crianças para espancarem outras sem dó (e que agrediu uma delas em um estacionamento, só porque ela perdeu um torneio infantil).

Mike Barnes de volta ao lado de Terry Silver

Cena de Karate Kid 3 - O Desafio Final
Columbia Pictures/Divulgação

Após armar para que Kreese fosse preso, Terry Silver diz com todas as letras que não se encarregará de liderar o dojô Cobra Kai, sugerindo resgatar algumas alianças do passado. Quem já assistiu a Karate Kid 3 - O Desafio Final tem uma boa aposta para ao menos uma delas: o retorno do brutal lutador Mike Barnes (Sean Kanan).

No filme de 1989, ele é o pupilo de Silver que desafia Daniel LaRusso (Ralph Macchio) em uma luta de igual para igual. Inescrupuloso e violento, o personagem seria um excelente braço direito para seu antigo mestre na série de TV, especialmente porque Kanan permanece em ótima forma até hoje e frequentemente participa de eventos ligados à franquia.

Tory Nichols fazendo o que é certo e dando a volta por cima

Cena de Cobra Kai, da Netflix
Netflix/Divulgação

Seja com a ajuda de Mike Barnes ou não, é certo que os planos de Terry Silver não fluirão tão suavemente na quinta temporada se a bad girl que amamos odiar (e vice-versa), Tory Nichols (Peyton List), decidir revelar o que sabe sobre a vitória de Cobra Kai no All Valley. No final da quarta temporada, a recém-nomeada campeã viu o vilão subornar o juiz que garantiu sua vitória.

Faz sentido que recaia sobre Tory a possibilidade de salvar tanto o Miyagi Do quando o Karatê Presa da Águia: é a oportunidade para que essa jovem, que encontrou na violência o escape para seu sofrimento pessoal, possa começar a trilhar um caminho de redenção com o qual ela já começou a flertar ao se posicionar como a metade menos reativa do conflito com Samantha LaRusso. Pode ser o início de uma bela volta por cima.

Chozen enfim caindo na porradaria franca

Cena de Cobra Kai
Netflix/Divulgação

Se Terry Silver vai em busca de reforços para o dojô Cobra Kai, Daniel LaRusso já sabe quem irá reforçar o Miyagi Do contra seus tradicionais rivais: o antigo vilão de Karate Kid 2 - A Hora da Verdade Continua (1986), Chozen Toguchi (Yuji Okumoto).

Depois de ser reintroduzido na terceira temporada da série de TV, quando deu uma surra em Danny para ensiná-lo sobre um lado oculto e mais agressivo da filosofia de luta do Mestre Miyagi (Pat Morita), o personagem aparece no último episódio do quarto ano da série prometendo apoiar o antigo rival. Ainda carente de uma volta aos tatames, isso não pode deixar de acontecer nos próximos episódios da produção.

Johnny Lawrence e Robby Keene treinando juntos

Cena de Cobra Kai, da Netflix
Netflix/Divulgação

Depois de passar por altos e muitos baixos, a relação de pai e filho entre Johnny Lawrence (William Zabka) e Robby Keene (Tanner Buchanan) indica uma surpreendente melhora na cena mais emocionante da quarta temporada de Cobra Kai.

Com ambos fazendo as pazes no capítulo final, o quinto ano tem tudo para finalmente nos mostrar os dois treinando juntos, lado a lado, e até lutando como aliados. Seria incrível!

Miguel em paz com seu passado, seu pai e Johnny

Cena da quarta temporada de Cobra Kai, da Netflix
Netflix/Divulgação

Para dar espaço para que Johnny e Robby se reaproximassem, a quarta temporada se encerrou com Miguel (Xolo Maridueña) partindo para o México, em busca de seu pai e de respostas sobre seu passado.

Carente de fechamento, o personagem — que despontava já na primeira temporada como grande protagonista do núcleo jovem da série — precisa dessas respostas para encontrar paz, voltar a ser feliz nos tatames e, principalmente, amadurecer sua relação com Johnny (que, todos sabemos, vai muito além da tutelagem típica de um sensei).

Robby e Miguel fazendo as pazes

Cena de Cobra Kai, da Netflix
Netflix/Divulgação

Andando lado a lado à reconciliação de Robby e Johnny, e Johnny e Miguel, está a necessidade de perdão entre Robby e Miguel. Rivais por diversos motivos (em especial a luta na escola onde o filho de Lawrence acabou quebrando as costas do pupilo dele), os dois têm mais em comum do que já notaram e podem ser poderosos aliados na quinta temporada da série. 

Kenny e Anthony acertando as contas no tatame

Cena de Cobra Kai, da Netflix
Netflix/Divulgação

O novato Kenny (Dallas Dupree Young) e o filho caçula de Daniel, Anthony LaRusso (Griffin Santopietro), protagonizam uma rivalidade-surpresa na quarta temporada de Cobra Kai. Cativante na forma como espelha o conflito do filme original de Karate Kid, essa relação promete eclodir com mais intensidade no futuro da série, que deve estar intimamente ligado à nova geração de lutadores que os dois representam.

Mais tempo de tela e desenvolvimento para Devon

Cena de Cobra Kai, da Netflix
Netflix/Divulgação

Falando em nova geração, a nova pupila do Karatê Presa da Águia, Devon (Oona O’Brien) promete trazer um misto de inteligência e talento atlético ímpar à série, e esbanjando carisma mesmo em participações reduzidas na quarta temporada, desponta como uma das figuras mais interessantes caso Cobra Kai vá muito além até da quinta temporada que se aproxima.

Ambientada 30 anos após os filmes de Karatê KidCobra Kai reaquece a rivalidade entre Johnny Lawrence (Zabka) e Danny LaRusso (Macchio). Narrada pela perspectiva do antigo antagonista, a trama mostra os dois reabrindo seus dojos e ensinando karatê para uma nova geração – mas não sem despertar uma boa dose de fantasmas do passado.

A produção surgiu em 2018 no YouTube, mas foi comprada pela Netflix em 2020. Todas as quatro temporadas já estão disponíveis na plataforma.

Omelete agora tem um canal no Telegram! Participe para receber e debater as principais notícias da cultura pop (t.me/omelete).

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.