Foto de Homem-Aranha: Longe de Casa

Créditos da imagem: Homem-Aranha: Longe de Casa/Sony/Divulgação

Filmes

Artigo

Homem-Aranha | Será que um novo acordo entre Marvel e Sony pode acontecer?

Empresas não se entenderam em relação aos valores e Kevin Feige deixou os filmes do herói

Camila Sousa
26.08.2019
18h20
Atualizada em
26.08.2019
18h54
Atualizada em 26.08.2019 às 18h54

Os fãs do Homem-Aranha não tiveram uma semana fácil. Após o anúncio que Kevin Feige não produziria mais os filmes dos heróis, uma avalanche de notícias e declarações tomaram as redes sociais, com os fãs do teioso pedindo apenas uma coisa: será que não é possível um novo acordo entre as empresas? Primeiro é preciso entender o que estava combinado até então.

A Marvel participou da parte criativa dos filmes solo do Homem-Aranha, que têm grande conexão com o MCU. Como resultado, a empresa recebia 5% dos lucros de venda de ingressos e todo o valor de merchandising - ou seja, todas as camisetas, bonecos e cadernos vendidos dos filmes tinham o lucro direcionado para o MCU. Mas a Disney não estava satisfeita e fez uma nova proposta: dividir os valores, tanto de produção, quanto de lucro em 50%/50% entre os dois estúdios. A Sony, sabendo do potencial do Homem-Aranha caminhar sozinho, negou a proposta, tirando Kevin Feige da produção dos longas.

Até momento não ficou claro se o Aranha não pode mais aparecer em nenhum filme do MCU, mas parece que, para isso acontecer, uma nova negociação precisa dar certo. E talvez exista um caminho para isso. Segundo o Comic Book, Tom Holland participou de um evento na Filadélfia no último fim de semana e pediram aos fãs para não perguntar nada sobre os problemas envolvendo os estúdios. A justificativa para isso foi para “não bagunçar nenhuma discussão contratual que será anunciada nos próximos dias”. Somente essa frase não confirma nada, mas indica que as duas empresas ainda podem estar conversando para chegar a algum acordo. Rumores da última semana indicam que a Disney fez novas propostas, pedindo 30% do lucro, mas nada foi confirmado por enquanto.

Questionados sobre isso durante a D23, tanto Holland quanto Feige foram políticos em suas respostas, sem revelar diretamente nada, mas mostrando gratidão pelo caminho seguido pelo Homem-Aranha até agora. Já a Disney anunciou um parque temático dos Vingadores que inclui uma área exclusiva do herói, indicando que a ligação com a equipe vai além da tela do cinema.

Aos fãs que ficaram tristes com a notícia, só resta esperar para saber se tais negociações realmente existem e se os dois grupos podem chegar a um acordo financeiro para manter o Aranha no MCU. Confira abaixo nossa live repercutindo o assunto: