Filmes

Lista

SnyderCut e mais produções salvas pelos fãs

Listamos séries que voltaram após campanhas dos espectadores

A cozinha
28.05.2020
13h00
Atualizada em
28.05.2020
13h23
Atualizada em 28.05.2020 às 13h23

Após muito tempo de campanhas dos fãs, a Warner confirmou o lançamento do SnyderCut, o corte de Zack Snyder de Liga da Justiça. O lançamento será em 2021 no HBO Max, streaming do grupo Time Warner, e há a possibilidade que o filme se torne uma minissérie, caso sua duração seja muito longa. A ideia, pelo visto, é não cortar mais nada e incluir todas as ideias pensadas originalmente por Snyder.

No entanto, essa não é a primeira vez que o movimento dos fãs salva alguma produção, algo que acontece principalmente com as séries. No OmeleTV de hoje e na lista abaixo você confere outros exemplos de produções salvas após campanhas na internet (e até fora dela).

Brooklyn Nine-Nine

Foto de Brooklyn Nine-Nine
Brooklyn Nine-Nine/Divulgação

A renovação de Brooklyn Nine-Nine após seu cancelamento foi uma das mais emocionantes da história recente da cultura pop. No dia 10 de maio de 2018, a Fox anunciou o cancelamento da série, que tinha terminado a temporada anterior com um gancho importante sobre o Capitão Holt.

No mesmo dia, rumores surgiram de que canais e plataformas como Hulu e TBS poderiam resgatar a série. No dia seguinte, foi divulgado que Hulu e Netflix não resgatariam a produção. Na manhã do dia 12 de maio de 2018 foi confirmado que a NBC daria continuidade à série, que continua no ar até hoje. 

Neste meio tempo, vários fãs se manisfestaram nas redes sociais, subindo hashtags de apoio ao programa, incluindo nomes famosos como Lin Manuel-Miranda, de Hamilton, e Mark Hamill, o Luke Skywalker de Star Wars.

Lucifer

Foto de Lucifer
Lucifer/Divulgação

Com quatro temporadas na NetflixLucifer se tornou uma série querida pelos fãs ao longo dos anos, o que tornou a notícia de seu cancelamento muito amarga. 

O cancelamento também foi pela Fox, na mesma época de Brooklyn Nine-Nine: maio de 2018. Na época, a 3ª temporada estava sendo transmitida e ainda iria terminar com um gancho, nada pior para um fandom que sabe que não verá o final.

A renovação demorou alguns meses, mas aconteceu: em 15 de junho de 2018, a Netflix anunciou o resgate da série para a 4ª temporada. Em junho de 2019, a produção foi renovada para o quinto ano, confirmado atualmente como o encerramento da produção. 

Há algum tempo surgiram rumores sobre uma possível 6ª temporada, mas ainda não há confirmação, especialmente após a informação de que o protagonista Tom Ellis não teria aceitado a proposta para continuar. É esperar pra ver.

Veronica Mars

Foto de Veronica Mars
Veronica Mars/Divulgação

A série estrelada por Kristen Bell foi exibida originalmente entre 2004 e 2007 e ganhou um revival em 2019. O anúncio foi feito em agosto de 2018, época em que a temporada foi descrita como única, apenas para encerrar a história e dar um gostinho para os fãs.

Mostrando uma versão atualizada do seriado original, a 4ª temporada de Veronica Mars mostrou bastante amadurecimento, tanto da história em si, quanto de sua protagonista - confira a nossa crítica.

Community

Foto de Community
Community/Divulgação

Lançada em 2009, Community foi cancelada pela NBC após sua quinta temporada, mas teve um 6º ano encomendado pela Yahoo! Screen em 2015. No entanto, ainda que os fãs tenham ficado felizes, o resultado não foi tão positivo.

Na época, várias brigas de bastidores afastaram parte do elenco e o criador Dan Harmon já tinha saído e voltado para a produção, revelando um desgaste claro nos bastidores. 

Curiosamente, em 2016 Harmon deu certeza sobre a realização de um filme, que não saiu até hoje. A série voltou a ser destaque recentemente ao entrar no catálogo da Netflix. O elenco fez um encontro virtual durante a quarentena e voltou a deixar os fãs esperançosos pelo possível filme.

Sense8

Foto de Sense8
Sense8/Netflix/Divulgação

Outro cancelamento que deu o que falar foi o de Sense8. Embora não seja repleta de efeitos visuais ou coisas assim, a série tinha um custo de produção alto, especialmente por se passar em vários lugares do mundo. Assim, em junho de 2017 a Netflix anunciou o cancelamento.

No dia seguinte, os fãs criaram uma petição exigindo explicações da empresa de streaming sobre o encerramento sem uma conclusão. A pressão foi tão grande que no final do mesmo mês foi confirmado que a produção teria um episódio final de duas horas, para dar uma conclusão digna aos personagens - confira a nossa crítica.