Pedro Pascal em Mulher-Maravilha 1984 e Mulher-Maravilha

Créditos da imagem: Warner Bros./NBC/Divulgação

Séries e TV

Notícia

Pedro Pascal lembra participação em piloto fracassado de Mulher-Maravilha

Ainda desconhecido na época, ator interpretava detetive aliado da heroína, vivida por Adrianne Palicki

Nicolaos Garófalo
25.12.2020
21h05
Atualizada em
25.12.2020
21h29
Atualizada em 25.12.2020 às 21h29

Quem assistir Mulher-Maravilha 1984, já em cartaz no Brasil, verá Pedro Pascal no papel do vilão Maxwell Lord. O ator, atualmente conhecido por seus papéis em Game of Thrones, The Mandalorian e Narcos, tem sido elogiado por sua atuação no longa de Patty Jenkins, mas poucos fãs se lembram que essa é sua segunda tentativa de entrar no universo da heroína da DC. Em 2011, o astro viveu o detetive Ed Indelicato, aliado da amazona em no piloto fracassado da série produzido pela NBC.

Foi um sonho realizado”, contou Pascal à Variety. “A influência de David E. Kelley (Big Little Lies) na televisão logo que saí da faculdade era enorme e eu tinha visto todos os episódios de Friday Night Lights [série estrelada por Adrianne Palicki, protagonista da potencial série]. Imaginava que se o piloto fosse bom ou ruim, a emissora faria a série. E isso mudaria consideravelmente minha situação financeira, mesmo que só fizéssemos meia temporada antes do cancelamento”. A versão televisiva de Mulher-Maravilha de 2011, no entanto, nunca chegou a ser produzida e Pascal acumulou participações em procedurais policiais, como CSI e Body of Proof antes de ser escalado como Oberyn Martel em Game of Thrones.

Sobre o filme de 2020, Pascal disse que acha que sua participação no piloto de nove anos atrás não parece ter afetado em nada sua escalação. “Ou eles não sabiam, ou não se importavam. Não tenho certeza, mas é o tipo de anedota que pode ter passado batido por eles”.

Vale lembrar que, recentemente, Jenkins deu a entender que só faria o terceiro longa com o lançamento nos cinemas.

Mulher-Maravilha 1984 conta com o retorno da diretora Patty Jenkins, Gal Gadot e Chris Pine, mas também inclui Pedro Pascal e Kristen Wiig como nova dupla de vilões.

O longa já está em cartaz nos cinemas brasileiros. Lá fora, o filme passa nas telonas e também no streaming HBO Max, ainda indisponível na América Latina.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.