Mulher-Maravilha 1984

Créditos da imagem: Warner Bros/Divulgação

Filmes

Artigo

Mulher-Maravilha 1984 tem cena pós-créditos; confira a descrição

Obviamente, cuidado com spoilers

Julia Sabbaga
17.12.2020
09h32
Atualizada em
17.12.2020
12h56
Atualizada em 17.12.2020 às 12h56

Já virou tradição depois de um filme de super-herói esperar na sala de cinema até o fim dos créditos, em que normalmente o estúdio aproveita para divulgar uma próxima produção. Uma das exceções ao costume, no entanto, foi o primeiro Mulher-Maravilha, longa em que a diretora Patty Jenkins fez questão de terminar sem um aceno aos fãs. Na época, a diretora explicou que a história é um ciclo encerrado, e "que não faz sentido ter um comercial para um outro filme totalmente diferente nos créditos de um filme". 

[Cuidado com spoilers de Mulher-Maravilha 1984]

Para a sequência, a diretora escolheu outro caminho, mesmo sem quebrar sua palavra. Mulher-Maravilha 1984 tem sim uma cena pós-créditos, mas ela não é a propaganda de uma próxima produção da DC, e mais provavelmente uma pequena piscadela aos fãs, que utiliza - muito bem - a atriz Lynda Carter, conhecida por interpretar a Mulher-Maravilha na popular série de TV do final dos anos 1970.

Na sequência, vemos uma mulher morena usando um longo traje azul, andando de costas, presumivelmente a própria Diana Prince. A personagem caminha por uma feira que ajusta as decorações natalinas até que um poste de luz decorado quase cai em cima do carrinho de um bebê, senão fosse a própria personagem que segura a coluna antes que ela cause danos. Quando a mãe do pequeno corre para agradecer a heroína, ela se vira, e vemos que não era a Diana Prince e sim uma personagem interpretada por Lynda Carter. 

Quando questionada pelo seu nome, a heroína se revela ser Asteria, a primeira usuária do traje dourado utilizado por Diana em Mulher-Maravilha 1984. Mais cedo no longa, a própria Mulher-Maravilha explica que Asteria foi a heroína de Themyscira que ficou para trás no mundo dos homens para assegurar a partida das amazonas para a ilha. A protagonista ainda revela que procurou por Asteria, mas tudo que encontrou foi seu traje. Ao fim da sequência final, a personagem apenas revela que está por aqui "há muito tempo". 

A cena pós-créditos poderia apontar para um filme ou série derivada focada em Asteria, ainda interpretada por Lynda Carter, mas é pouco provável que seja um aquecimento real. Conhecendo Jenkins, o momento deve servir mais como um pequeno aceno aos fãs da série clássica, que também faz uma bela homenagem à intérprete de Diana Prince na TV. Se isso renderá uma produção futura, só nos resta esperar para saber.

Mulher-Maravilha 1984 está em cartaz nos cinemas. 

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.