Margot Robbie em Aves de Rapina/Warner

Créditos da imagem: Warner Bros./Divulgação

Filmes

Notícia

Aves de Rapina | Margot Robbie escolheu “terminar” com o Coringa no longa

Atriz afirma que presença do vilão no filme mudaria a dinâmica do grupo de heroínas

Nicolaos Garófalo
24.01.2020
23h13

Embora façam parte do mesmo universo cinematográfico, a Arlequina de Margot Robbie e o Coringa de Jared Leto não se encontrarão em Aves de Rapina: Arlequina e Sua Emancipação Fantabulosa. De acordo com a atriz, que além de protagonizar também produz o filme, remover o Palhaço do Crime do longa foi uma “escolha consciente”, pois a conexão entre os dois personagens interferiria na relação da anti-heroína com as Aves de Rapina.

Ou seria uma história completamente sobre Arlequina e Coringa, ou ele tinha que estar totalmente fora” disse Robbie em entrevista ao Comicbook. “Foi uma escolha consciente começar o filme com os dois separados”.

A atriz ainda afirmou já ter imaginado o que poderia ter acontecido com o “casal” entre o fim de Esquadrão Suicida e o início de Aves de Rapina. “Foi uma jornada tumultuosa”, disse Robbie.

A sinopse oficial do filme diz: “Você já ouviu aquela piada sobre a policial, a cantora, a psicopata e a princesa da máfia? Aves de Rapina: Arlequina e Sua Emancipação Fantabulosa é um conto distorcido narrado por Harley, como só ela poderia contar. Quando o mais terrível e narcisista vilão de Gotham, Roman Sionis, e seu braço direito, Zsasz, começam a cassar uma jovem chamada Cass, a cidade é virada de cabeça para baixo em busca da garota. Os caminhos de Arlequina, Caçadora, Canário Negro e Renee Montoya se encontram e o quarteto improvável não tem escolha a não ser se unir para derrubar Roman”.

Aves de Rapina: Arlequina e Sua Emancipação Fantabulosa estreia em 6 de fevereiro de 2020. Os ingressos para o filme já estão à venda.