Cena de The Walking Dead/ Divulgação/ Jackson Lee Davis/AMC

Créditos da imagem: Cena de The Walking Dead/ Divulgação/ Jackson Lee Davis/AMC

Séries e TV

Artigo

The Walking Dead | A ou B? Entenda as letras misteriosas citadas por Jadis

Conversa da ex-líder do lixão e Gabriel pode introduzir dinâmica grandiosa da série

Rafael Gonzaga
24.10.2018
17h35
Atualizada em
24.10.2018
18h27
Atualizada em 24.10.2018 às 18h27

“Warning Signs”, terceiro episódio da nona temporada de The Walking Dead, mostrou os conflitos internos do pós-Guerra Total se intensificando, mas o que chamou atenção mesmo foi uma subtrama paralela. No episódio, a misteriosa Anne/ Jadis (Pollyanna McIntosh) voltou ao ferro-velho onde viu seu povo ser dizimado no oitavo ano após se sentir ameaçada por acusações de estar executando secretamente Salvadores. Lá, a personagem foi confrontada por Gabriel (Seth Gilliam) e a ex-líder do lixão introduziu um diálogo confuso - tanto para o público quanto para o próprio padre - sobre pessoas serem “A ou B”. Mas o que exatamente isso significa e o que é possível saber a essa altura da série?

Para começar, em entrevista para a Entertainment Weekly, a própria showrunner Angela Kang já comentou sobre os significados de “A e B”, ainda que de forma bastante superficial. De acordo com Kang, a resposta está ligada à revelação de que Jadis está envolvida em uma espécie de acordo de tráfico humano com um grupo desconhecido ligado ao helicóptero que já foi visto algumas vezes na série. Pela primeira vez, em “Warning Signs”, foi introduzida uma voz ligada ao tal grupo, durante uma conversa com Jadis onde ela é questionada sobre ter um “A” ou “B”. Veja o que a showrunner contou sobre a cena:

Aqui está tudo o que eu posso dizer sobre o A e o B. Jadis originalmente pensou que Gabriel era um B. Esse sistema de letras tem algo a ver com o tráfico de humanos que ela estava envolvida, e era uma maneira de diferenciar tipos de pessoas. Ela pensou que ele era um B. Ela sabia que Rick e Negan eram A’s e depois passou a acreditar que Gabriel também era um A. E isso é tudo o que eu vou dizer ou ficarei encrencada”, disse e, após ser questionada se se “A” significava “líder” e “B”, “seguidor”, ela foi evasiva. “Talvez. Mas eu diria que esse é um ‘talvez’ muito provável”.

Na conversa, Jadis tenta barganhar algum tipo de recompensa por algo que fez no passado e a voz misteriosa exige que ela entregue um “A” até o dia seguinte - provavelmente a parte do acordo que ela pede que Gabriel a ajude a executar para, então, ambos levarem uma vida melhor em outro lugar. O padre recusa o acordo e, antes de atingi-lo na cabeça, Jadis diz que “durante todo esse tempo, achou que ele fosse um B”. Isso foi suficiente para que os fãs da série começassem a desenhar as mais diversas teorias sobre o que as duas letras significariam. Porém, para entender o lugar onde essa história pode chegar, é preciso levar em conta outros acontecimentos que marcaram a atração.

Levando em conta os quadrinhos, tudo indica que a série está costurando lentamente os caminhos que levarão os sobreviventes de Alexandria até o arco conhecido no material original como Nova Ordem Mundial - a maior comunidade de sobreviventes já vista, com cerca de 50 mil habitantes. Não só Jadis está em contato com esse grupo misterioso, como a oitava temporada contou com a introdução de Georgie (Jayne Atkinson), uma mulher que deixou com Maggie (Lauren Cohan) um manual para reconstruir a civilização e que parece ser parte dessa comunidade já extremamente avançada em relação a Alexandria e os demais grupos vistos até então. Mas onde a história de “A” e “B” se encaixa nisso.

Não é a primeira vez que letras “A” aparecem em destaque na série - na verdade, elas vem sendo recorrentes na trajetória de Rick (Andrew Lincoln) e dos demais sobreviventes há muito tempo. Ainda na quarta temporada, quando os sobreviventes encontram Terminus, o ex-xerife e seus aliados acabam presos em um container marcado com uma grande letra A. Algumas temporada à frente, no sétimo ano da série, o público voltou a ver pessoas sendo presas em containers: Rick foi mantido refém por Jadis de forma semelhante, também em uma estrutura de metal marcada com a letra A.

Essas são as passagens mais importantes, mas a lista é extensa: há uma letra A no helicóptero recorrente e as latas de suprimentos do lixão também vinham com o sinal. Até entre os Salvadores a letra já apareceu, quando Daryl (Norman Reedus), foi mantido como prisioneiro e foi obrigado a usar um uniforme pintado com uma enorme letra A. Ao que tudo indica, Terminus, o Santuário e o Lixão já estão por dentro de um sistema maior que todos eles - agora está chegando a hora de Rick conhecer a estrutura.

A teoria apresentada à Angela Kang pela Entertainment Weekly bate com as referências feitas até então. Daryl foi mantido com o uniforme após Negan (Jeffrey Dean Morgan) identificar algum tipo de potencial nele, Rick foi mantido no container do lixão para ter seu potencial testado na sequência. Indivíduos “A” seriam, portanto, pessoas com diferenciais significativos para contribuir com comunidades - nos quadrinhos, há algo assim na Nova Ordem Mundial, quando Michonne é identificada como alguém com qualidades importantes em relação aos demais sobreviventes. No caso de Gabriel, há indicativos de que Jadis estaria testando o padre até o último momento e se surpreendeu por ele manter a fidelidade a Rick, mesmo sabendo que poderia se dar bem de forma autônoma - isso foi suficiente para a ex-líder do lixão mudar seus conceitos sobre ele.

Ainda que seja difícil afirmar que "A" seja um potencial líder e "B" seja alguém sem tais aptidões, dá para supor que existe uma relação hiserárquica entre as duas posições - "A" seria, no mínimo, alguém cuja vida merece ser valorizada em uma tentativa de reerguer a sociedade, enquanto os indivíduos "B" são, se não dispensáveis, ao menos incompatíveis com o novo mundo. Já foi divulgado o teaser do próximo episódio de The Walking Dead, chamado "The Obliged" - assista aqui. O capítulo vai ao ar no dia 28 de outubro. No Brasil, o programa é transmitido pelos canais pagos Fox e Fox Premium e no serviço de streaming Fox App.