Séries e TV

Artigo

The Walking Dead | Quem é a misteriosa Georgie e como ela pode introduzir um novo arco das HQs

Série pode ter dado uma pequena prévia de uma comunidade chamada Império

Rafael Gonzaga
18.03.2018
18h00
Atualizada em
29.06.2018
02h48
Atualizada em 29.06.2018 às 02h48

Em meio à avalanche de acontecimentos que se desenrolaram em "The Key", 12º episódio da oitava temporada de The Walking Dead, um deles pode ter definido o futuro não tão distante da série. Paralelamente aos avanços dos conflitos da adaptação do arco Guerra Total dos quadrinhos para a TV, uma personagem misteriosa foi introduzida na trama. Chamada Georgie, a nova sobrevivente vivida pela atriz Jayne Atkinson (House of Cards, 24 Horas), pode ser o ponto de partida para uma nova fase da atração, introduzindo não só a maior comunidade já vista nos quadrinhos como uma nova dinâmica entre o material original e a versão televisiva.

Na trama, Georgie aparece após deixar um recado para o grupo de Hilltop, liderado por Maggie (Lauren Cohan), marcando um encontro. Mesmo desconfiada, a viúva de Glenn (Steven Yeun) é convencida por Michonne (Danai Gurira) a, junto de Rosita (Christian Serratos) e Enid (Katelyn Nacon), seguir as indicações para encontrar a mulher. A nova personagem sugere um acordo curioso: trocar o conhecimento que ela supostamente havia acumulado por um punhado de discos de vinil. Após uma negociação bastante peculiar, Maggie fica com um bom suprimento de alimentos e um livro intitulado “A Key To A Future” - basicamente um manual com detalhes para reerguer a sociedade, como planos para moinhos de vento, moinhos de água, silos, manuais para refinar grãos, fazer aquedutos, entre várias outras orientações.

Na verdade, Georgie deixa bem claro que o vantajoso acordo para Maggie não é um favor: ela diz que voltará, ainda que demore. Ela deixa claro que, em seu retorno, exigirá ver que avanços foram feitos em Hilltop usando como base seu manual. Tanto a introdução da personagem quanto os detalhes de sua breve participação na trama deixaram os fãs da série em polvorosa, discutindo teorias a respeito do que a novidade de fato representa. As respostas mais óbvias apontam para os quadrinhos - mais especificamente para um arco chamado Nova Ordem Mundial. Contudo, há alguns pontos nebulosos.

O primeiro deles é o fato de que a Nova Ordem Mundial é o arco mais recente dos quadrinhos: ele foi introduzido na edição 175 de The Walking Dead, lançada em janeiro de 2018. O arco seguirá pelas seis edições que constituem o volume 30 da publicação - ou seja, só será encerrado em junho deste ano. A questão principal é que entre a Guerra Total e a Nova Ordem Mundial há ainda outro arco importante para os fãs dos quadrinhos: o dos Sussurradores. Muita gente apostava que a Guerra Total na televisão seria concluída no fim da oitava temporada e que os Sussurradores viriam no nono ano da série, após um salto temporal, mas, com a alusão à Nova Ordem Mundial, pode ser que a narrativa sofra mudanças.

Como fica Alpha, Beta e os Sussurradores?

Reprodução/ AMC/ The Walking Dead

Sobre os Sussurradores, as expectativas envolvendo o arco começaram no anúncio da escalação de Pollyanna McIntosh. Na verdade, as especulações vêm desde a chamada de elenco para um personagem, ainda sem gênero especificado, descrito como "um líder educado e imprevisível com ar de superioridade que não permite que seus objetivos sejam descobertos" - só mais tarde foi revelado que se tratava de Jadis, a líder do lixão. Nessa fase, as pessoas começaram a supor que Alpha, vilã das HQs à frente dos Sussurradores que cria problemas para Rick na sequência do fim da guerra contra Negan, seria introduzida na atração.

Contudo, McIntosh sempre fez questão de desmentir em entrevistas que Alpha e Jadis fossem a mesma pessoa. De fato, muitos fãs passaram a defender que a série de TV estava apresentando as origens inexistentes nos quadrinhos para a mulher que um dia viria a ser a vilã líder dos Sussurradores - os acontecimentos brutais vistos em "The Lost and the Plunderers" confirmaram ainda mais essa teoria. Mas, é claro, a ligação entre Sussurradores e Jadis não passa de especulação. Pode ser, de fato, que Jadis seja uma personagem criada somente para a TV - não seria a primeira, inclusive, levando em conta uma lista de originais da série como Daryl (Norman Reedus) e Simon (Steven Ogg).

A grande questão de “The Key” é que, a introdução de Georgie na trama pode impactar os planos dos fãs de verem os Sussurradores na televisão. O motivo disso é que, caso a Nova Ordem Mundial seja o próximo passo da série, o grupo de Alpha tem grandes chances de ter sido sublimado da adaptação. A outra opção, é claro, seria Georgie ter falado sério ao pontuar que pode demorar a voltar a encontrar Maggie e os demais - e por demorar, é preciso considerar, pelo menos, todo o desenvolvimento da nona temporada, que seria, portanto, focada nos Sussurradores.

Georgie e Pamela Milton

Reprodução/ AMC/ The Walking Dead

Mas quem seria, aliás, Georgie? As fichas estão todas depositadas, neste primeiro momento, em Pamela Milton, a líder do Império nos quadrinhos. Ainda que os nomes sejam diferentes, há algumas semelhanças gráficas entre a versão do papel e a da TV - roupas e cabelos coincidem , por exemplo. Georgie também anda acompanhada de guardas, ainda que menos equipados que a versão dos quadrinhos. Isso levanta a teoria também de que Maggie teve contato com Georgie ainda antes dela tornar o Império uma comunidade tão grandiosa - nos quadrinhos, se trata de um grupo em Ohio formado por mais de 50 mil pessoas - e que, após o esperado salto temporal, elas voltarão a se encontrar quando ambas comunidades estiverem mais avançadas, assim como na versão original.

Ao contrário de tudo que aconteceu até agora, pela primeira vez o público na TV não tem exatamente muita base sobre o que esperar de Georgie, caso de confirme que ela é a líder do Império na série, justamente pelo arco nas HQs ainda estar em andamento. Assim como Pollyanna McIntosh despistou sobre Alpha, Jayne Atkinson já vem fazendo o mesmo em relação à Pamela. Em entrevista ao Insider, a atriz disse que “Cheguei a ver uma personagem que achei que poderia ser como ela nos quadrinhos, mas essa é definitivamente uma criação do Scott Gimple e me falaram que ela poderia possivelmente ter sido uma professora”, disse.

A lógica de apresentar personagens e seus grupos dos quadrinhos antes, dando algum background a eles, é a mesma que pode permeia tanto a relação de Jadis e Alpha quanto de Georgie e Pamela. Caso se confirmem ambas identidades, será um acerto da série construir melhor não só a história dessas duas personagens importantes dos quadrinhos, mas também a relação entre elas e os protagonistas do time de Rick (Andrew Lincoln). Ao que tudo indica, Georgie e Pamela podem ser aliadas interessantes para os sobreviventes de Alexandria, mas The Walking Dead já ensinou o time de heróis a tomar cuidado com primeiras impressões - vide o Governador (David Morrissey). Resta ao público, portanto, esperar o anunciado retorno de Georgie e ver que caminho a série escolherá.