Madonna em cerimônia do GLAAD Awards (Foto via Jamie McCarth/AFP)

Créditos da imagem: Jamie McCarth/AFP

Música

Notícia

Madonna ganha selo de "informações falsas" no Instagram por defender cloroquina

Cantora pop publicou vídeo com depoimento de polêmica médica norte-americana

A cozinha
29.07.2020
13h20

Madonna criou polêmica após publicar em seu Instagram o vídeo de uma médica defendendo o uso de hidroxicloroquina no tratamento de pacientes com COVID-19. A postagem foi categorizada como “informação falsa” pela rede social, com agências de verificação de fatos negando os argumentos do vídeo.

O vídeo traz Stella Immanuel, médica que afirma que nenhum de seus pacientes morreu de coronavírus ao tratá-los com o medicamento. Na legenda, a artista pop ainda reforçou seu posicionamento ao dizer: “A verdade nos libertará! Mas algumas pessoas não querem ouvir a verdade, especialmente aqueles em posições de poder que querem tirar dinheiro dessa longa busca pela vacina - sendo que ela já está testada e disponível há meses. Eles preferem controlar pelo medo, enriquecer os ricos, empobrecer os pobres e adoecer mais os doentes. Essa mulher é minha heroína, obrigado Stella Immanuel!”, falou.

Além do texto de Madonna, o que gerou a indignação no público foi o apoio da artista ao histórico da figura do vídeo. Immanuel, que também é ministra religiosa, é conhecida não só por suas afirmações sem base científica sobre a luta contra o coronavírus, mas também por acreditar em conspirações como a existência de esperma demoníaco que causa doenças através de relações sexuais em sonhos, tratamentos médicos com DNA alienígena, e vacinas com microchips para controle governamental.

Após a controvérsia, a postagem - que já havia sido bloqueada pelo Instagram por desinformação - foi deletada. Essa, porém, não é a primeira vez que Madonna cria confusão por conta do coronavírus. Durante o início da pandemia, a artista pop postou uma foto em seu perfil dizendo que a doença mortal é “um grande equalizador” de injustiças.

Desde o começo da pandemia do coronavírus, várias áreas do entretenimento foram afetadas com o adiamento de estreias, paralisação de produções e cancelamento de grandes eventos.