Loki: Tudo o que você precisa saber sobre a primeira temporada

Créditos da imagem: Divulgação/Marvel

Séries e TV

Lista

Loki: Tudo o que você precisa saber sobre a primeira temporada

Série da Marvel trouxe revelações e estreias importantes no MCU em seus seis episódios

Caio Coletti
14.07.2021
14h44
Atualizada em
14.07.2021
16h50
Atualizada em 14.07.2021 às 16h50

A primeira temporada de Loki foi finalizada hoje (14), com o lançamento do sexto episódio pelo Disney+. Antes de qualquer coisa, a boa notícia: a produção da Marvel já está renovada para o segundo ano!

Isso significa, no entanto, que estar a par do que rolou nestes episódios de estreia se tornou mais importante do que nunca... Mas não se preocupe, porque o Omelete resolveu te ajudar com um apanhadão de tudo o que tivemos de mais legal nos seis episódios de Loki - vem com a gente.

Loki chega à AVT

Divulgação/Marvel Studios

O primeiro episódio da série chegou com clima de thriller de detetive dos anos 1990, colocando Loki (Tom Hiddleston) para trabalhar com o agente Mobius (Owen Wilson) na AVT (Autoridade de Variação Temporal, que explicamos direitinho por aqui), que caça anomalias pelo espaço-tempo - incluindo várias versões do próprio Loki.

O capítulo, intitulado "Glorioso Propósito", trouxe ainda uma saraivada de easter eggs, entre os quais destacamos a aparição de D.B. Cooper, uma figura histórica muito misteriosa. Com seus longos e emocionais diálogos que miram na desconstrução de Loki, o episódio deixou os fãs tão empolgados quanto deprimidos, mas também foi recorde de audiência no Disney+.

Ah, e vale lembrar que o Omelete cantou a bola da renovação da série desde a primeira semana!

A perseguição começa

Reprodução

Um pouco antes da estreia do segundo episódio de Loki, Tom Hiddleston deu uma entrevista exclusiva ao Omelete, em que refletiu sobre a trajetória do personagem, que "mudou sua vida".

O capítulo, em si, mostrou a série acomodada em um ritmo de "CSI com super-poderes", com Loki ajudando a AVT a perseguir a sua variante encrenqueira, a quem fomos (finalmente) apresentados no final do capítulo - na pele de Sophia Di Martino, ela logo foi comparada pelos fãs com a Lady Loki dos quadrinhos.

Entre os muitos easter eggs do capítulo, destaque para a viagem de Loki e Mobius a Pompeia, um desastre natural verdadeiro que já surgiu várias vezes na cultura pop. Ah, e na segunda semana da série teve também "homenagem" de Ana Maria Braga ao vilão da Marvel!

O passeio por Lamentis

Divulgação/Marvel Studios

Fugidos da AVT, Loki e Sylvie (o nome da "nossa" versão da Lady Loki) se escondem no planeta Lamentis, que está passando por um evento apocalíptico. Tentando escapar, eles conhecem melhor um ao outro, e até têm uma conversa que confirma, depois de anos de especulação, que o Loki do MCU é bissexual.

A revelação segue o cânone dos quadrinhos, como explicamos por aqui, e ainda carrega importância enorme como representatividade LGBTQIA+, e especificamente bissexual, em uma das maiores franquias da atualidade - veja nossa análise disso tudo.

Ao todo, o episódio é dono de alguns dos melhores diálogos e momentos mais divertidos que a Marvel já produziu, e a interação entre Loki e Sylvie conquistou o coração dos fãs com facilidade.

Capturados

Divulgação/Marvel Studios

O quarto episódio foi o primeiro em que Loki usou um recurso querido da Marvel: a cena pós-créditos. Aqui, víamos o protagonista se encontrando com três outras variantes de si mesmo no Vazio, para onde são mandadas as variantes "podadas" pela AVT - explicamos tudo sobre as variantes aqui.

O capítulo também deu muito mais destaque a Ravonna Renslayer (Gugu Mbatha-Raw), principal antagonista de Loki e Sylvie após os dois serem capturados pela AVT. A personagem tem raízes importantes nos quadrinhos, como apontamos por aqui.

Ao todo o quarto capítulo teve um ritmo intenso e caminhou a passos largos com a trama da série, o que deixou os fãs sedentos por respostas na web. Ah, e rolou até referência aos Vingadores nos easter eggs!

O caos das variantes

O penúltimo episódio de Loki concentrou mais energia caótica e cenas de ação que todos os outros combinados, mostrando as desventuras do protagonista no Vazio, uma paisagem apocalíptica povoada por várias variantes dele mesmo. Foi um capítulo recheadíssimo de easter eggs, claro.

As muitas versões de Loki conquistaram o coração do público, especialmente o Loki Clássico, interpretado por Richard E. Grant, que teve papel importante no clímax do episódio ao ajudar nossos heróis a combaterem o gigante Alioth, outro personagem introduzido pela série com uma longa história nas HQs.

"Jornada ao Mistério" foi mesmo uma fonte inesgotável de detalhes e easter eggs, porque por aqui nós ainda explicamos a história do "presidente Loki" e demos risada quando soubemos que Chris Hemsworth dublou o "sapo Thor".

Um final surpreendente

Divulgação/Marvel Studios

Nada como um bom finale para fechar a história com chave de ouro, né? Ou quase isso, já que a renovação de que falamos no começo da lista foi confirmada justamente na cena pós-créditos do sexto e último episódio de Loki.

Aqui, o protagonista e Sylvie encontram Aquele Que Permanece (outro nome retirado das HQs, como mostramos na nossa lista de easter eggs), que acabou se revelando uma das variantes do vilão conhecido como Kang. O ator Jonathan Majors, que fez sua estreia no capítulo, deve retornar ao MCU em Homem-Formiga 3.

O final aberto, com gancho para o segundo ano de Loki, deixou muitos fãs especulando sobre o futuro da franquia da Marvel. O episódio em si, no entanto, se mostrou muito surpreendente e meditativo, fechando uma temporada que batalhou com a ironia e venceu.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.