Ray Fisher como Ciborgue em Liga da Justiça

Créditos da imagem: Liga da Justiça/DC/Divulgação

Filmes

Notícia

Ray Fisher diz que presidente da DC Films pediu que não citasse Geoff Johns

Ator recebeu ligação de Walter Hamada após contar sobre problemas no set de Liga da Justiça

Arthur Eloi
04.09.2020
17h52

Ray Fisher continua suas denúncias sobre as injustiças que vivenciou durante as refilmagens de Liga da Justiça. Após alegar abuso de autoridade e má postura de Joss Whedon, o ator do Ciborgue agora afirmou que recebeu uma ligação de Walter Hamada, atual presidente da DC, pedindo que os relatos de Fisher fossem focados apenas no mau comportamento de Whedon e do produtor Jon Berg, omitindo o nome do ex-presidente Geoff Johns.

O tweet de Fisher diz: “Para vocês entenderem o quão fundo isso vai: após expor o que aconteceu em Liga da Justiça, o presidente da DC Films me ligou tentando que eu jogasse Joss Whedon e Jon Berg na vala na esperança de que eu pegasse leve com Geoff Johns. Eu não vou.

O ator ainda terminou o texto com a sigla A>E, que significa Accountability > Entertainment (“responsabilidade maior que entretenimento”, em português), frase que tem usado para assinar todas as revelações sobre os bastidores das refilmagens de Liga da Justiça. Veja abaixo:

Fisher manteve sua palavra, e já denunciou comportamento complacente de Johns no passado, afirmando que foi ele quem permitiu que Whedon e Berg continuassem sendo abusivos no set - saiba mais. Apesar de não ser mais presidente, Johns continua importante para a DC, seja por suas histórias servirem como base para os filmes, ou por ele escrever diretamente alguns dos roteiros, como o de Mulher-Maravilha 1984.

Entenda o caso

Whedon foi acusado de postura abusiva no set de Liga da Justiça, filme da DC de 2017 no qual entrou para o posto de diretor após a saída de Zack Snyder. Segundo as primeiras falas de Fisher, "o tratamento que Joss Whedon deu ao elenco e à equipe no set de Liga da Justiça foi nojento, abusivo, antiprofissional e completamente inaceitável.

Mais tarde, o diretor Kevin Smith afirmou ter ouvido relatos que dão força ao argumento de Fisher. Depois, as dublês de Buffy, A Caça-Vampiros - série criada por Whedon - acusaram o criador de ser egomaníaco - saiba mais.

Joss Whedon assumiu as filmagens de Liga da Justiça depois da saída de Zack Snyder da direção por problemas familiares. A reação negativa em torno do filme estimulou pedidos pela versão original do longa, já que muito material planejado pelo Snyder não entrou na versão final. Após muito tempo, a Warner confirmou o lançamento do SnyderCut para 2021 no HBO Max, streaming do grupo Time Warner.