Séries e TV

Artigo

Bentô #11 | Nostalgia: Fly, o Pequeno Guerreiro está de volta

Saiba tudo sobre o clássico que ganhará uma nova versão

Load Comics
17.06.2020
14h06
Atualizada em
17.06.2020
14h20
Atualizada em 17.06.2020 às 14h20

Quem cresceu no Brasil nos anos 90 com certeza se lembra de Fly, o Pequeno Guerreiro, anime que era exibido com sucesso no SBT. Recentemente, a Toei divulgou o trailer do reboot de Fly e por isso hoje vamos falar um pouco sobre a jornada do personagem em diversas mídias.

É interessante ressaltar que a franquia surgiu como uma série de jogos eletrônicos de RPG produzida pela Enix (atual Square Enix), se tornando um dos games mais vendidos do Japão na década de 80. A série teve o design de personagens feito por Akira Toriyama, o criador da franquia Dragon Ball, o que contribuiu para sua aceitação entre o público.

Com o sucesso, em 1989 foi lançada a série animada Dragon Quest: Abel Yuusha. Mesmo carregando o nome Dragon Quest, já conhecido na época, a animação não emplacou e durou apenas 32 episódios. Esse anime chegou ao Brasil na década de 90 direto em home vídeo e foi chamado por aqui de Dragon Boy, o que não facilitou a associação com o jogo.

Mesmo com o fracasso, um conto em mangá foi lançado em 1989 na conhecida revista Shonen Jump e depois a versão oficial foi chamada de Dragon Quest: Dai no Dai Boken, já que o nome de Fly no Japão é Dai. Com 37 volumes, o mangá foi um sucesso no país e vendeu mais de 40 milhões de cópias.

Com o sucesso do novo mangá, surgiu também a nova animação, conhecida por aqui como Fly, o Pequeno Guerreiro. O seriado saiu do ar apenas um ano após a estreia e, embora alguns afirmem que é por causa da audiência, há rumores de desentendimentos de bastidores entre a Enix, Toei e a companhia Shueisha. O anime não teve um final e adaptou apenas até o volume 10 do mangá, deixando várias histórias sem um desfecho e muita saudade nos fãs.

No Brasil, o anime chegou em 1996, aproveitando o sucesso de outras produções no país, como Os Cavaleiros do Zodíaco. Depois de algum tempo, Fly começou a ser exibido junto com Dragon Ball e isso gerou certa confusão, especialmente pelo visual dos personagens ser tão parecido. Ainda assim, Fly marcou toda uma geração que ainda lembra da música de abertura composta por Mário Lúcio Freitas.

E agora chegou a vez de uma nova geração conhecer a história de Fly com Dragon Quest: The Adventure of Dai, o reboot que tem estreia prevista para outubro de 2020 no Japão, adaptando o mangá clássico e dando uma chance para os fãs finalmente verem o final da história nas telas.