The Walking Dead | Norman Reedus fala sobre saída de Andrew Lincoln

Séries e TV

Notícia

The Walking Dead | Norman Reedus fala sobre saída de Andrew Lincoln

Nona temporada será a última do protagonista

Rafael Gonzaga
25.07.2018
15h30
Atualizada em
26.07.2018
18h14
Atualizada em 26.07.2018 às 18h14

Norman Reedus revelou que a saída de Andrew Lincoln poderia ter sido ainda pior se tivesse acontecido alguns anos antes. Em entrevista à Entertainment Weekly, Reedus contou que os dois tinham feito um acordo de que se um eles saísse da série, o outro deixaria o barco junto.

"Fizemos um pacto. Eu acho que foi na altura da terceira ou quarta temporada. Nós pensamos: 'Se você for embora daqui, eu saio também. Certo?' E ficou definido assim."

Questionado se estaria, então, saindo também de The Walking Dead, Reedus disse que não. "Definitivamente não estou saindo", e seguiu falando sobre ter quebrado o pacto e o luto de perder seu melhor amigo no set. “Ele foi a primeira pessoa que vi no set. Nós nos falamos o tempo todo. Passamos todos os intervalos de almoço no meu trailer".

Apesar de Reedus lamentar, ver Lincoln indo embora, ele disse entender e apoiar o desejo do ator de retornar à Inglaterra para passar mais tempo com sua família. “Quando ele me disse que estava pensando em fazer isso, eu entendi. Eu tenho um filho em Nova York, e estou constantemente viajando de um lado para o outro todos esses nove anos para vê-lo. E eu entendi. Ele tem dois lindos filhos, uma linda esposa. Toda a família dele é incrível e você não pode ficar bravo com ele por ir. É muito compreensível, mas vou sentir falta dele”.

Isso não quer dizer, contudo, que a dupla vá se afastar ou perder contato. Reedus disse: "Eu pergunto a ele o que devo fazer em todas as cenas. E vai continuar assim. Ele me ajuda o tempo todo".

The Walking Dead retorna em 7 de outubro 2018. No Brasil, o programa é transmitido pelos canais pagos Fox Fox Premium e no serviço de streaming Fox App.