Dwayne "The Rock" Johnson em cena de Velozes e Furiosos

Créditos da imagem: Universal/Divulgação

Filmes

Notícia

The Rock recusa pedido de Vin Diesel para voltar a Velozes e Furiosos

Segundo Dwayne Johnson, colega de franquia foi "manipulador" ao publicar texto pedindo retorno

Eduardo Pereira
30.12.2021
13h32

Uma das rixas mais duradouras do mundo do entretenimento nos últimos tempos, o conflito entre Dwayne "The Rock" Johnson e Vin Diesel parece não ter data para acabar. Depois dizer que se arrependia de ter trocado farpas com Diesel publicamente, Johnson recebeu como resposta a publicação de uma carta aberta na qual o astro de Triplo X pedia seu retorno à franquia Velozes e Furiosos. Agora, Rock parece não se importar em voltar a discutir na mídia, afirmando que a atitude foi "manipuladora" e negando que irá voltar a viver Luke Hobbs em um filme da narrativa principal da franquia.

"Em junho passado, quando Vin e eu nos encontramos fora das redes sociais, eu disse diretamente a ele — e em um ambiente privado — que eu não retornaria para a franquia. Eu foi firme, mas cordial com minhas palavras e disse que apoiaria o elenco e torceria para que ela continuasse bem sucedida, mas que não havia chance do meu retorno", explicou The Rock à CNN. "Eu não gostei que ele usou os filhos dele na publicação pedindo meu retorno, bem como a morte de Paul Waker. Deixem eles fora disso. Nós conversamos há meses sobre o assunto e chegamos a um entendimento. Meu objetivo sempre foi encerrar minha incrível jornada na franquia com gratidão e graça".

Segundo declarações do próprio Dwayne Johnson em outubro deste ano, o conflito entre os dois (que teve início em 2016, nos bastidores de Velozes e Furiosos 8), tudo se resolveu entre os dois depois de uma reunião, que esclareceu que ambos apenas têm visões diferentes. "Eu não chamaria de reunião pacífica. Eu chamaria de reunião esclarecedora. Ele e eu tivemos uma boa conversa no meu trailer e ficou claro que estamos em polos opostos. E nós concordamos em deixar quieto", disse o ator.

No mês de junho, Vin Diesel deu uma entrevista a revista Men's Health e contou que a abordagem dele com The Rock foi de "amor duro" - confira a declaração completa. O filme mais recente da franquia está em cartaz nos cinemas. Em resposta, Johnson afirmou ao The Hollywood Reporter: "Acho que todos riram disso. E vou deixar por isso mesmo. Lhes desejo boa sorte. Desejo-lhes felicidades no Velozes e Furiosos 9. E desejo-lhes boa sorte no 10, 11 e no resto dos filmes Velozes e Furiosos que eles fizerem será sem mim".

Entretanto, a paz parece ter sido interrompida pela publicação feita por Diesel em novembro, onde o astro escreveu: "Meu irmãozinho Dwayne... O momento chegou. O mundo aguarda o fim de Velozes 10. Como você sabe, minhas crianças se referem a você como Tio Dwayne na minha casa. Não há um feriado que eu não te mande mensagens... Mas a hora chegou. Legado aguarda. Eu te disse anos atrás que eu ia cumprir minha promessa para Pablo. Eu jurei que me esforçaria e manifestaria o melhor Velozes no final que é o 10! Eu digo isso com amor... Mas você precisa comparecer, não deixe a franquia, você tem um papel importante. Hobbs não poderia ser interpretado por outro. Eu espero que você faça o que é preciso e realize seu destino".

O próximo longa de Velozes e Furiosos será o décimo da saga, contando com o retorno de Justin Lin na direção e, provavelmente, de grande parte do elenco principal. Além disso, Cardi B, que fez uma ponta em Velozes e Furiosos 9, também deve voltar.

Universal confirmou que Velozes e Furiosos 10 entrará em cartaz em 7 de abril de 2023.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.