The Last of Us: Como é a história de Henry e Sam no jogo?

Créditos da imagem: HBO Max/Divulgação

Séries e TV

Artigo

The Last of Us: Como é a história de Henry e Sam no jogo?

Série faz leves mudanças com relação ao passado e presente dos irmãos

Omelete
4 min de leitura
13.02.2023, às 20H14.

O quinto episódio de The Last of Us nos apresentou um dos arcos mais delicados ao introduzir os irmãos Sam (Keivonn Woodard) e Henry (Lamar Johnson). Ao contrário da personagem de Kathleen (Melanie Lynskey), os dois sobreviventes existem no jogo e possuem uma trajetória bastante semelhante com o que foi apresentado na adaptação, mas ainda assim existem diferenças.

Confira quais foram as mudanças que a série da HBO fez:

QUÃO DIFERENTE É A SÉRIE DO JOGO?

Naughty Dog / HBO Max

Ao contrário de Bill e Frank do terceiro capítulo, os irmãos não viram sua trama sofrer tantas alterações. As mudanças maiores são o pano de fundo e localização da história de Henry e Sam. Na série, Henry é um informante da FEDRA e deixa a entender que cresceu em Kansas, mas no jogo eles são de Hartford, Connecticut e o mais velho tinha cinco anos quando veio o surto de Cordyceps. No jogo, o arco com os irmãos acontece em Pittsburgh, e não no Kansas.

Ainda no game da Naughty Dog, os irmãos ficaram em uma base militar em Hartford até que a FEDRA abandonou a área e eles, com um grupo de pessoas, foram para Pittsburgh à procura de suprimentos, mas foram emboscados por Caçadores (facção que só existe no jogo). Para fugir, os irmãos se separam do grupo e se abrigam em um apartamento.

Ao contrário da série, o encontro de Joel e Ellie no game acaba sendo mais um acaso. Simultaneamente à jornada dos irmãos, Joel e Ellie vão parar em Pittsburgh e também são atacados pelo grupo, mas conseguem fugir. Para chegarem até a ponte da cidade, eles acabam entrando no mesmo prédio que estavam Henry e Sam. No jogo, os Caçadores também usam a violência, como o grupo de Kathleen, mas o detalhe a mais é que eles não permitem crianças, tornando Sam e Ellie um alvo para o grupo.

SAM É SURDO NO JOGO?

HBO Max/Reprodução

Em questão de aparência, os atores são bastante parecidos com do game; a maior mudança é com Sam que, no jogo, não é surdo e tem 13 anos, uma idade próxima à de Ellie (Bella Ramsey).

Sobre adicionar a deficiência auditiva em Sam, o showrunner Craig Mazin explicou no episódio de The Last of Us Podcast que queria diferenciar Sam e Henry de Joel (Pedro Pascal) e Ellie, já que eles se espelham muito. Para isso, ele teve a ideia de fazer com que Sam fosse PCD, forçando assim a dinâmica dele com seu irmão a ser diferente. Trazer essa nova situação foi interessante, pois, além de adicionar representatividade, mostrou a relação entre Ellie e Sam, com a protagonista se abrindo para o novo e disposta a fazer amizade com o garoto aprendendo língua de sinais.

Com relação à idade, não foi revelado o porquê da mudança, apesar de também trazer uma comunicação que difere da de Joel e Ellie. Porém, uma possível interpretação está ligada a como o episódio aborda a infância, não apenas de Sam, mas também de Ellie, e como é manter esse encanto que as crianças carregam no meio do caos do mundo infectado. Seja nas paredes pintadas por Sam no começo, nas paredes coloridas e cheias de brinquedos que os quatro encontram nos túneis, na juvenil esperança de Ellie em acreditar que poderia curar o garoto infectado e até no triste desfecho com a morte dos irmãos, foi um capítulo que quis retratar a infância e a morte dela, a perda da inocência.

E para quem pergunta se o encerramento entre os irmãos difere do jogo, sinto lhes dizer que não – o desfecho é bem fidedigno ao jogo. Os diálogos que Sam tem com Ellie sobre medo e incertezas estão presentes, a única divergência é que o garoto não revela que foi mordido para a adolescente, com ela levando um baita susto no final. Ainda assim, não tira a carga dramática e impactante do momento final.

Os novos episódios de The Last of Us são lançados todo domingo às 23h, na HBO e HBO Max.

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a nossa Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.