Montagens com imagens de O Despertar da Força e George Lucas por Alberto E. Rodriguez/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/AFP

Créditos da imagem: Lucasfilm/Divulgação/Alberto E. Rodriguez/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/AFP

Filmes

Notícia

Star Wars | CEO da Lucasfilm comenta fala de George Lucas sobre novos filmes

Kathleen Kennedy afirmou que criador da saga aprecia as técnicas usadas na nova trilogia

Nicolaos Garófalo
20.11.2019
22h12

Desde o lançamento de Star Wars – O Despertar da Força, comentários de George Lucas sobre o tratamento da Disney à franquia que criou têm se tornado assunto delicado para a Lucasfilm. Em The Ride of a Lifetime, autobiografia de Bob Iger, presidente da Casa do Mickey, afirma que O Criador teria sido explícito em sua insatisfação com o longa dirigido por J.J. Abrams, dizendo não ter visto “nada novo” (via CBM).

Em entrevista à Rolling Stone, Kathleen Kennedy, presidente da Lucasfilm, disse que Lucas simplesmente teve dificuldade em ver sua criação seguir uma nova direção pelas mãos de novos cineastas. A produtora, que conhece o diretor desde a época de Indiana Jones e os Caçadores da Arca Perdida (1981), disse ainda manter uma amizade próxima com Lucas e que, apesar de ele não concordar com todas as escolhas de Abrams e Rian Johnson, que dirigiu Os Últimos Jedi, ele “aprecia o trabalho feito pela Industrial Light & Magic [braço de efeitos visuais da Lucasfilm] nos filmes” recentes.

Kennedy também lembrou de uma visita recente de Lucas ao set de The Mandalorian, em que o diretor passou um bom tempo conversando com Dave Filoni, que comandou o piloto da série, e Jon Favreau, showrunner da produção da Disney+. A presidente da Lucasfilm afirmou que o Criador parecia uma criança ao assistir o que estava sendo feito e que ele está orgulhoso de ver sua marca causar impacto tantos anos após o lançamento de Uma Nova Esperança.

Kennedy, o elenco do Episódio IX - Daisy Ridley, John Boyega e Oscar Isaac - e o diretor J.J. Abrams estão confirmados na CCXP19Os astros estarão em um painel no sábado (7) para divulgar o último capítulo da franquia.

Mark Hamill foi confirmado no elenco do filme, apesar dos acontecimentos com Luke Skywalker em Os Últimos Jedi. Em um post nas redes sociais, o ator indicou que o personagem pode voltar como um Fantasma da Força. Carrie Fisher também estará na produção com cenas feitas originalmente para O Despertar da Força. A atriz morreu em dezembro de 2016. Outra novidade dos filmes clássicos é o retorno de Billy Dee Williams como Lando Calrissian.

Ainda não há detalhes sobre a história, descrita apenas como "os sobreviventes da Resistência encaram a Primeira Ordem mais uma vez no capítulo final da saga Skywalker". O filme estreia no Brasil em 19 de dezembro. Os ingressos já estão disponíveis para pré-venda nos sites das redes de cinema.