Josh Brolin em Sin City: A Dama Fatal

Créditos da imagem: Dimension Films/Divulgação

Filmes

Notícia

Produtor de Sin City: A Dama Fatal processa Frank Miller por difamação

Stephen L’Heureux pede US$ 25 milhões para compensar danos financeiros

Nicolaos Garófalo
30.07.2020
20h42

Produtor de Sin City: A Dama Fatal, Stephen L’Heureux entrou com um processo contra Frank Miller por difamação e danos financeiros. Segundo ele, o quadrinista e o presidente da Frank Miller INC, Silenn Thomas, teriam impedido novas adaptações do título para a TV, apesar de L’Heureux deter os direitos da obra de Miller (via Deadline).

O processo cita ainda uma adaptação nunca produzida de Hard Boiled: À Queima-Roupa para os cinemas. Pedindo US$ 25 milhões, o produtor ainda acusou Miller e Thomas de causarem “estresse emocional” e de prejudicarem L’Heureux financeiramente a longo prazo.

Em resposta ao processo, o advogado do quadrinista, Allen B. Grodsky, afirmou que o processo não tem fundamento e promete que Miller se defenderá “agressivamente” das acusações.

Adaptação mais recente de um trabalho do quadrinista, Cursed - A Lenda do Lago, da Netflix, é uma adaptação do livro ilustrado para jovens-adultos de Tom Wheeler (O Gato de Botas), em que Frank Miller cuida das ilustrações. Já a série de TV é criação de Miller e terá produção executiva de Wheeler. Apesar de ser conhecido por seu trabalho nas HQs, o quadrinista têm experiência cinematográfica como consultor para várias de suas adaptações e até co-diretor ao lado de Robert Rodriguez nos filmes de Sin City.