Séries e TV

Artigo

O que esperar do Lanterna Verde na TV?

Streaming HBO Max anunciou projeto live-action com produtor de séries da CW

A cozinha
01.11.2019
16h14

Conhecida por ter projetos de sucesso na TV, a DC está prestes a investir em uma série live-action do Lanterna Verde. A novidade foi anunciada recentemente e será transmitida no HBO Max, serviço de streaming que terá conteúdos de canais como HBO, TNT, TBS, TCM, CW, Cartoon Network, entre outros.

Por enquanto não há detalhes sobre qual será a trama de série e quais Lanternas Verdes vão aparecer. O que se sabe é que Greg Berlanti, produtor responsável pelas séries do Arrowverse como Arrow, Flash e Supergirl, estará à frente do projeto, descrito como a “maior série já produzida pela DC”.

A notícia pode ser considerada uma surpresa, já que até pouco tempo atrás a DC/Warner planejava um filme da Tropa dos Lanternas Verdes. O projeto fazia parte do Universo Estendido da DC nos cinemas e apareceu em calendários do estúdio ao lado de outras produções como Liga da Justiça 2 e os filmes solo de Ciborgue e Flash. Agora, com a confirmação do projeto na TV, fica claro que a empresa mudou de planos e investirá nos personagens na TV.

Outra produção anunciada para o streaming é Strange Adventures, série antológica, também produzida por Berlanti, que acompanhará o personagem Adam Strange. Criado em 958 por Gardner Fox e Mike Sekowsky com inspiração nos heróis pulp e de ficção científica da década de 1930, o personagem é um arqueologista que é misteriosamente transportado para o planeta Rann. Impressionado com o avanço tecnológico dessa civilização, Adam decide ficar e ganha uma mochila voadora e uma pistola de raios como equipamentos para ser um herói no local. Strange apareceu na TV recentemente, na já cancelada série Krypton, que contava a história do avô do Superman.

Futuros de Game of Thrones e Star Wars

A semana também foi agitada em Game of Thrones. A HBO anunciou que a primeira produção derivada da série, que contaria a origem dos Caminhantes Brancos, foi cancelada. O episódio piloto chegou a ser feito com Naomi Watts, mas o canal achou melhor não dar andamento ao projeto. A notícia pegou os fãs de surpresa, mas a HBO acalmou os ânimos rapidamente ao anunciar House of The Dragon, outra produção derivada, dessa vez focando na história da Casa Targaryen.

Vale lembrar que o movimento é comum se tratando de séries de TV. Apesar de Game of Thrones ser uma marca de sucesso, é comum que os canais façam episódios-piloto antes de decidir encomendar temporadas completas das produções. No caso de GoT, além do alto custo de produção envolvido em uma produção sobre os Caminhantes Brancos, a história da Casa Targaryen pode ter um apelo maior com o público. Além disso, nada impede que, com o sucesso da primeira derivada, a HBO retome o projeto cancelado no futuro.

Já em Star Wars, a maior novidade foi o cancelamento da trilogia que seria produzida por David Benioff e D.B. Weiss, showrunners de Game of Thrones. A dupla foi anunciada na franquia em fevereiro de 2018 e não havia muitos detalhes sobre qual história seria contada por eles. Segundo os dois, o motivo para isso foi um conflito de agendas, já que eles estão fazendo novos projetos para a Netflix. Apesar disso, a Lucasfilm segue com outros projetos da franquia, como os filmes de Rian Johnson e as produções com Kevin Feige. Confira tudo isso na live acima.