Era Uma Vez em Hollywood | Tarantino confirma que Cliff Booth é um assassino

Créditos da imagem: Era Uma Vez em Hollywood/Reprodução

HQ/Livros

Notícia

Era Uma Vez em Hollywood | Tarantino confirma que Cliff Booth é um assassino

Novo romance do cineasta confirma a informação

Camila Falcão
29.06.2021
12h50

Quentin Tarantino confirmou através de seu romance no universo de Era Uma Vez... em Hollywood, que o personagem Cliff Booth, interpretado por Brad Pitt, realmente assassinou a esposa. Durante o filme, esse é um dos maiores mistérios que cercam a trama (via IndieWire).

No livro, Tarantino revela que Cliff matou diversas pessoas, sendo que a última delas foi Buster, um colega dublê que deu seu cachorro para o personagem e acabou morrendo depois de um desentendimento. “Esta não foi a primeira vez que Cliff cometeu um assassinato e escapou impune. A primeira vez foi em Cleveland nos anos cinquenta. A segunda vez foi quando Cliff matou sua esposa dois anos antes. Esta foi a terceira vez, e Cliff se safou com esta também”, escreveu Tarantino.

O primeiro romance de Quentin Tarantino, que expandirá o universo de Era Uma Vez… em Hollywood, será lançado no Brasil em 2021 pela Editora Intrínseca. Com Leonardo DiCaprio, Brad Pitt e Margot Robbie no elenco principal, Era Uma Vez Em... Hollywood acompanha Rick Dalton, ex-astro de uma série de TV, e seu dublê de longa data, Cliff Booth, durante o ano de 1969.

Lançado em 2019, o filme arrecadou mais de US$ 370 milhões nas bilheterias ao redor do mundo e venceu dois Oscar (melhor ator coadjuvante para Pitt e melhor direção de arte) a partir de 10 indicações.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.