300 pessoas presas em festival no Panamá por causa do coronavírus

Créditos da imagem: Nomadic Daughter Fotografia/Tribal Gathering Festival/Divulgação

Música

Notícia

300 pessoas estão presas em festival no Panamá por causa do coronavírus

Tribal Gathering Festival foi fechado pela polícia, público não pode sair

Pablo Raphael
19.03.2020
12h30
Atualizada em
24.03.2020
10h09
Atualizada em 24.03.2020 às 10h09

A pandemia de coronavírus causou o adiamento de festivais como o Lollapalooza Brasil e o cancelamento de outros, como o de Glastonbury, no Reino Unido. Mas nada se compara ao Tribal Gathering Festival, no Panamá, que foi fechado pelo governo, deixando 300 pessoas presas no local. O Panamá declarou estado de emergência e proibiu o público de deixar o local do festival, próximo de Playa Chiquita, uma das mais bonitas do país caribenho, informou a Vice.

Na sexta-feira, 13 de março, dois dias antes do encerramento do festival, o Panamá entrou em estado de emergência, e o público do evento foi ordenado a permanecer no local pelo menos até o dia 23. O objetivo do governo panamenho é controlar a propagação do vírus: atualmente, há 109 casos confirmados no Panamá. A polícia militar do país cercou o local do Tribal Gathering Festival, mas o governo não está dando suporte para as cerca de 300 pessoas no isolamento, contou a organizadora Luu Carretero Sierra.

Segundo ela, os habitantes locais se voluntariaram para ficar e ajudar com segurança e negociar com o Ministério da Saúde e o exército. "O governo do Panamá não está dando nenhuma assistência. Eles só nos deixaram aqui". Luu disse que os habitantes da região doaram um caminhão de comida, que, ela espera, deve durar até a próxima semana. Suprimentos médicos são um problema mais grave: a Cruz Vermelha, que foi contratada pelo Tribal Festival para dar suporte ao público, já deixou o local. Até o momento, não há casos de COVID-19 registrados entre os participantes do festival.

Em post no Instagram, o Tribal Festival explicou que as pessoas só poderão deixar o local após 14 dias, ou seja, alguns dos participantes poderão ter que permanecer no local depois de 23 de março.

Algumas pessoas conseguiram sair do evento quando o fechamento foi anunciado, outras tentaram escapar durante os dias de bloqueio, mas sem sucesso. O DJ Nanoplex contou à VICE que escapou em um "ônibus colorido local, junto com um bando de hippies, para evitar os bloqueios nas estradas".

Apesar do racionamento de alimentos e outros artigos de primeira necessidade, os 300 participantes do Tribal Festival ainda tem um bar aberto na praia, um sistema de som funcionando, terapias holísticas e um cineminha noturno. Mais comida deve ser entregue no local nesta semana, doadas por um fornecedor local.

Efeito Coronavírus na cultura pop

O COVID-19 é uma nova mutação da família coronavírus que está se espalhando em ritmo alarmante desde dezembro de 2019. A China foi o primeiro país vítima da epidemia, com infecções e mortes confirmadas em todas as suas províncias. Desde então, a presença do vírus foi confirmada em quatro continentes - incluindo a América do Sul, com casos no Brasil, Argentina e Chile.

Filmes como 007 - Sem Tempo Para MorrerVelozes e Furiosos 9Um Lugar Silencioso 2MulanNovos Mutantes entre outros, tiveram suas estreias adiadas por causa da pandemia. Entre 13 e 15 de março, os Estados Unidos registraram sua pior arrecadação em 20 anos nas bilheterias.