Cena de Lightyear

Créditos da imagem: Pixar/Divulgação

Filmes

Notícia

Lightyear | Produtora diz que Disney apoiou personagem lésbica, mas não o beijo

Gesto de amor entre duas mulheres foi cortado do filme, e restaurado após ação de funcionários

Omelete
2 min de leitura
Eduardo Pereira
15.06.2022, às 18H36

Produtora da Pixar empenhada em Lightyear, Galyn Susman falou ao Mercury News sobre as interações com a Disney quanto à inserção de uma história de amor entre duas mulheres na trama do derivado de Toy Story. Segundo ela, a Casa do Mickey apoiou o romande entre a personagem Alisha Hawthorne (Uzo Aduba) e uma médica asiática, mas se opôs à ideia de incluir no corte final do filme um beijo entre elas. 

"Eles foram muito apoiadores quanto a isso [a trama de amor entre as personagens], mas houve uma resistência definitiva quando à inclusão do beijo", disse Susman. O beijo, que no final das contas foi mantido na versão final do filme, chegou a ser deletado, mas foi restaurado depois da publicação de uma carta aberta de funcionários da Pixar que denunciava o veto homofóbico por parte da Disney.

Lightyear é dirigido por Angus MacLane, co-diretor de Procurando Dory e de curtas de Toy Story. O elenco de vozes original ainda conta com Keke Palmer, Taika Waititi James Brolin.

No Brasil, Buzz é dublado pelo apresentador Marcos Mion. A estreia está marcada para 16 de junho de 2022.

Omelete agora tem um canal no Telegram! Participe para receber e debater as principais notícias da cultura pop (t.me/omelete).

Acompanhe a gente também no YouTube: no Omeleteve, com os principais assuntos da cultura pop; Hyperdrive, para as notícias mais quentes do universo geek; e Bentô Omelete, nosso canal de animes, mangás e cultura otaku.

 

 

 

Conteúdo Patrocinado

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.