Filmes

Lista

Oscar 2020 | Conheça os indicados aos prêmios de atuação

Alguns indicados chegam como favoritos à cerimônia da Academia após vitórias no Globo de Ouro e no BAFTA

Nicolaos Garófalo
04.02.2020
18h00
Atualizada em
09.02.2020
15h57
Atualizada em 09.02.2020 às 15h57

Raramente os vencedores do Oscar parecem estar definidos com tanta antecedência. Em 2020, porém, quatro dos 19 indicados aos prêmios de atuação chegam como favoritos absolutos à cerimônia da Academia de Ciências e Artes Cinematográficas. Já tendo conquistado Globos de Ouro e troféus no BAFTA, Joaquin Phoenix (Melhor Ator – Coringa), Renée Zellweger (Melhor Atriz – Judy), Brad Pitt (Melhor Ator Coadjuvante – Era Uma Vez Em... Hollywood) e Laura Dern (Melhor Atriz Coadjuvante – História de Um Casamento) inevitavelmente chegam como favoritos à estatueta mais cobiçada do cinema mundial.

Por outro lado, performances como a de Adam Driver (Melhor Ator – História de Um Casamento), Saoirse Ronan (Melhor Atriz – Adoráveis Mulheres) e Florence Pugh (Melhor Atriz Coadjuvante – Adoráveis Mulheres) receberam merecidos elogios e têm chances de serem premiadas com o Oscar. Conheça abaixo os indicados às quatro categorias de atuação do Oscar 2020

Melhor Ator Coadjuvante

Divulgação

Principal candidato ao troféu, Pitt está indicado pela quarta vez a um Oscar de atuação, já tendo concorrido por 12 Macacos, O Curioso Caso de Benjamin Button e Moneyball. Indicado por Era Uma Vez Em... Hollywood, o ator saiu vitorioso do BAFTA, SAG Awards e Globo de Ouro deste ano por seu trabalho no longa de Quentin Tarantino.

Pitt compete contra pesos pesados da premiação, como Tom Hanks, que concorre ao seu sexto Oscar por Um Lindo Dia na Vizinhança. O astro já tem duas estatuetas por Forrest Gump e Filadélfia, além de indicações por O Náufrago, O Resgate do Soldado Ryan e Quero Ser Grande.

Anthony Hopkins, outro velho conhecido da Academia, foi indicado pela quinta vez por Dois Papas, já tendo vencido em 1992 por sua atuação assustadora como Hannibal Lecter em Silêncio dos Inocentes. Quem também já concorreu várias vezes e tem apenas uma estatueta é Al Pacino, que chegou à sua nona indicação após atuar em O Irlandês.

De volta aos cinemas após nove anos, Joe Pesci é outro indicado por O Irlandês e tem a chance de conquistar sua segunda estatueta, tendo vencido na mesma categoria em 1991 por Os Bons Companheiros, também dirigido por Martin Scorsese.

Melhor Atriz Coadjuvante

Divulgação

Depois de roubar a cena em História de Um Casamento, Laura Dern chega como favorita ao Oscar 2020, acumulando vitórias no Globo de Ouro, SAG Awards e BAFTA. Seu trabalho no filme de Noah Baumbach lhe rendeu sua terceira indicação ao prêmio da Academia, colocando a atriz frente a frente com sua colega de elenco Scarlett Johansson, que, além de disputar o prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante por Jojo Rabbit, ainda está indicada como Melhor Atriz.

Das cinco indicadas à categoria, apenas Kathy Bates, de O Caso Richard Jewell, já sentiu o gostinho de levar a estatueta para casa. A atriz venceu o Oscar de 1991 por Louca Obsessão, e chega à sua quarta indicação em 2020.

Após um 2019 de sucessos, Florence Pugh, de 24 anos, começa 2020 com chances reais de levar o Oscar por sua atuação em Adoráveis Mulheres, filme no qual rouba cada cena em que aparece. Além de Dern, Johansson e Bates, Pugh ainda tem a concorrência de Margot Robbie, indicada pela segunda vez por O Escândalo. A atriz de Aves de Rapina já havia sido indicada como Melhor Atriz em 2018, por Eu, Tonya.

Melhor Ator

Divulgação

Após surpreender com sua versão do Palhaço do Crime, Joaquin Phoenix não tem dado chance aos outros indicados e, assim como Pitt, Dern e Zellweger, já coleciona troféus por sua atuação em Coringa. Apesar de ainda não ter vencido o Oscar, o ator já foi indicado outras três vezes por Johnny e June, Gladiador e O Mestre.

Visto como principal candidato a tirar o troféu de Phoenix, Adam Driver é considerado por Scorsese como um dos melhores atores de sua geração e, após ser indicado por Infiltrado na Klan, concorre mais uma vez por História de Um Casamento.

Entre os “novatos” do Oscar estão Antonio Banderas e Jonathan Price que, apesar de longas carreiras, foram indicados pela primeira vez pela Academia por Dor e Glória e Dois Papas, respectivamente. Completando a lista de indicados está Leonardo DiCaprio, indicado pela primeira vez desde sua vitória por O Regresso, em 2016. Em sua sexta indicação, o ator concorre por Era Uma Vez Em... Hollywood.

Melhor Atriz

Divulgação

A temporada de premiações de 2020, por enquanto, tem sido de Renée Zellweger. Vencedora em 2004 por Cold Mountain, a atriz retorna aos holofotes de Hollywood com Judy, uma história que, até certo ponto, se confunde com a da própria Zellweger. Com vitórias no Critics’ Choice Awards, Globo de Ouro, BAFTA e SAG Awards, a estrela tem tudo para levar seu segundo Oscar em 2020.

Também vencedora em 2004, por Monster: Desejo Assassino, Charlize Theron retorna à premiação, desta vez indicada por O Escândalo, filme em que aparece irreconhecível para interpretar a jornalista Meggyn Kelly. Essa é a terceira indicação de Theron, que concorreu também por Terra Fria, em 2006.

Indicada também a Melhor Atriz Coadjuvante, Scarlett Johansson conquistou uma dobradinha logo no primeiro ano em que foi lembrada pela Academia. Assim como Adam Driver, a atriz foge completamente de seus papéis em grandes blockbusters e concorre ao Oscar por História de Um Casamento. Quem também concorre ao prêmio pela primeira vez é Cynthia Erivo, única profissional não-branca entre os indicados de atuação. Além de estrelar o longa Harriet, cinebiografia de uma das figuras mais importantes do movimento abolicionista norte-americano, a atriz ainda concorre a Melhor Canção Original por “Stand Up”.

Sempre lembrada pela Academia, Saoirse Ronan chega à sua quarta indicação ao Oscar por sua atuação em Adoráveis Mulheres com apenas 25 anos, tornando-se a segunda pessoa mais jovem a conseguir o feito. A sua primeira indicação veio quando ela tinha apenas 13 anos, por Desejo e Reparação.