Filmes

Lista

Oscar 2020 | Os maiores esnobados

Lupita Nyong'o por Nós, Taron Egerton por Rocketman e mais!

Mariana Canhisares
13.01.2020
12h23
Atualizada em
14.01.2020
19h59
Atualizada em 14.01.2020 às 19h59

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas revelou os indicados ao Oscar 2020 nesta segunda-feira (13). Como sempre, nem todos os grandes nomes do ano foram contemplados na lista. Além de atrizes como Lupita Nyong'o e Jennifer Lopez, filmes foram completamente esnobados, como Joias Brutas e Retrato de uma Jovem em Chamas.

Confira os principais esnobados:

Jennifer Lopez por As Golpistas

Jennifer Lopez em As Golpistas
As Golpistas/Annapurna Pictures/Reprodução

Nesta temporada de premiações, as diretoras têm sido ignoradas e o Oscar não foi exceção à regra. Adoráveis Mulheres até teve seis indicações, incluindo Melhor Filme, mas a diretora Greta Gerwig mesmo não disputa na categoria Melhor Direção. Outros nomes que se destacaram, como Lulu Wang de The Farewell e Olivia Wilde de Fora de Série, também ficaram de fora.

Nicole Kidman por O Escândalo

Nicole Kidman em O Escândalo
O Escândalo/Annapurna Pictures/Reprodução

No circuito de festivais, a performance de Jennifer Lopez em As Golpistas foi muito elogiada e a indicação ao Oscar parecia provável. Mas, mesmo que a atriz tenha sido lembrada no SAG Awards, premiação do Sindicato de Atores de Hollywood, ela ficou de fora da lista da Academia de Melhor Atriz Coadjuvante. 

Lupita Nyong'o por Nós

Lupita Nyong'o em Nós
Nós/ Universal Pictures/Reprodução

Na temporada de premiações, o trio de protagonistas de O Escândalo, Charlize Theron, Nicole Kidman e Margot Robbie, tem sido sempre lembrado. No entanto, dessa vez, apenas as colegas de elenco de Kidman foram indicadas. A atriz australiana ficou de fora da lista final da premiação de Melhor Atriz Coadjuvante. 

Frozen 2

Cena de Frozen 2
Frozen 2/Walt Disney Animation/Reprodução

Nós definitivamente foi um dos melhores filmes de terror de 2019 e parte do mérito disso está na performance de Lupita Nyong'o. Embora a atriz tenha levado um prêmio no Critics' Choice Awards 2020 e esteja entre as indicadas do SAG Awards, ela foi esnobada pela Academia na categoria Melhor Atriz. 

“Spirit”, de O Rei Leão

Composta e produzida por Beyoncé, a música original do novo O Rei Leão, "Spirit", pode até ter causado um buzz na época do seu lançamento, mas não foi suficiente para render uma indicação da Academia.

"Speechless", de Aladdin

O live-action de Aladdin deu a Jasmine uma música original. Composta por Benj Pasek e Justin Paul, vencedores do Oscar por La La Land, "Speechless" marca um momento de empoderamento da personagem de Naomi Scott.

Adam Sandler por Joias Brutas

Adam Sandler em Joias Brutas
Joias Brutas/Netflix/Reprodução

A Academia não se juntou à Frozen Fever que tornou a nova aventura de Anna e Elsa a animação com maior bilheteria da história. Frozen 2 foi lembrada apenas na categoria Melhor Canção Original por "Into The Unknown", ficando de fora da lista de Melhor Animação.

Taron Egerton por Rocketman

Taron Egerton em Rocketman
Rocketman/Paramount Pictures/Reprodução

Após sua passagem pelos festivais de cinema, parecia que Joias Brutas seria o filme que renderia a Adam Sandler uma indicação ao Oscar. No entanto, o longa de Josh Safdie e Benny Safdie sequer foi lembrado pela Academia, deixando o ator de fora da lista de indicados a Melhor Ator.

Eddie Murphy por Meu Nome é Dolemite

Eddie Murphy em Meu Nome é Dolemite
Meu Nome é Dolemite/Netflix/Reprodução

Depois da vitória de Rami Malek por Bohemian Rhapsody, parecia bastante provável uma indicação a Taron Egerton por sua performance no musical biográfico Rocketman. Embora o ator tenha levado um prêmio no Globo de Ouro, ele não teve a mesma sorte e foi esnobado na lista de candidatos a Melhor Ator. 

Retrato de uma Jovem em Chamas

Noémie Merlant e Adèle Haenel em Retrato de uma Jovem em Chamas
Retrato de uma Jovem em Chamas/Lilies Films/Reprodução

Também bastante elogiada nos festivais de cinema, Meu Nome É Dolemite não figurou entre os indicados ao Oscar desse ano. A ausência mais notável na lista da Academia certamente é a de Eddie Murphy na categoria de Melhor Ator. No filme, ele interpreta o comediante norte-americano Rudy Rae Moore, que se tornou símbolo do movimento blaxploitation sob o pseudônimo Dolemite.

The Farewell

Elenco de The Farewell
The Farewell/A24/Reprodução

Dirigido e escrito por Céline Sciamma, Retrato de uma Jovem em Chamas parecia um forte candidato à categoria Melhor Filme Estrangeiro. Afinal, a produção leveou o prêmio de Melhor Roteiro e a Palma Queer no Festival de Cannes. Porém, o filme não foi indicado a nenhum prêmio.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.