Liam Gallagher pede volta de Oasis quando o coronavírus passar

Créditos da imagem: Oasis/Divulgação

Música

Notícia

Liam Gallagher quer show do Oasis quando a pandemia de coronavírus passar

Músico também convidou outros artistas para participarem do show

Pablo Raphael
20.03.2020
13h48
Atualizada em
24.03.2020
10h04
Atualizada em 24.03.2020 às 10h04

Liam Gallagher voltou a pedir ao irmão, Noel, para aceitar a realização de um show do Oasis. No Twitter, o músico disse que gostaria que a apresentação acontecesse depois que a pandemia do novo coronavírus passar. Ele também disse que seria uma performance para caridade e que já convidou outros artistas para participarem.

"Escute seriamente, muita gente pensa que eu sou um idiota e eu sou um idiota bonito, mas assim que isso passar, nós precisamos trazer o Oasis de volta para um show para caridade. Vamos lá, Noel, nós podemos voltar para nossas incríveis carreiras solo depois", disse  Liam. "Assim que isso passar" é uma referência a quarentena e a pandemia de coronavírus.

O artista continou falando sobre o show de retorno do Oasis em outro post, e convidou outros músicos para se apresentarem com a banda: "Todos esses miseráveis idiotas que se acham legais demais", escreveu Liam, citando as bandas The Jam e The Smiths.

O Oasis chegou ao fim em 2009 e, desde então, fãs têm pedido para que o grupo se reunisse. Mesmo com o apelo do público e de colegas do mundo da música, os irmãos Gallagher jamais sequer ensaiaram uma reaproximação.

Efeito Coronavírus na cultura pop

O COVID-19 é uma nova mutação da família coronavírus que está se espalhando em ritmo alarmante desde dezembro de 2019. A China foi o primeiro país vítima da epidemia, com infecções e mortes confirmadas em todas as suas províncias. Desde então, a presença do vírus foi confirmada em quatro continentes - incluindo a América do Sul, com casos no Brasil, Argentina e Chile.

Filmes como 007 - Sem Tempo Para MorrerVelozes e Furiosos 9Um Lugar Silencioso 2MulanNovos Mutantes entre outros, tiveram suas estreias adiadas por causa da pandemia. Entre 13 e 15 de março, os Estados Unidos registraram sua pior arrecadação em 20 anos nas bilheterias.