Música

Lista

Homem-Aranha: a história e as versões do tema clássico do herói

Música da animação dos anos 60 continua presente nos filmes do teioso

Julia Sabbaga
09.07.2019
11h37

Com a estreia de Homem-Aranha: Longe de Casa, mais uma vez vemos o teioso embalado pela trilha de Michael Giacchino, mas existe uma música em particular que esteve presente em quase todas as adaptações do herói nas telas: aquele tradicional “Spider-Man, Spider-Man, does whatever a spider can”, composta em 1967, para a animação original do herói.

O tema foi composto por Bob Harris, com letras de Paul Francis Webster, letrista indicado ao Oscar 16 vezes, e vencedor de três, pelas músicas "Secret Love" (1953), "Love is a Many-Splendored Thing" (1955) e "The Shadow of Your Smile" (1965). A faixa foi gravada em Toronto por mais 12 vocalistas, criando um coro formado por integrantes de grupos distintos. A melodia, que remete ao jazz, até criou boatos de que Charles Mingus estaria tocando o baixo, mas a especulação surgiu apenas pela semelhança da faixa com “Boogie Stop Shuffle”, do álbum de 59 do músico. 

Desde então, a faixa se tornou até mais conhecida do que a animação do herói, e gerou covers de artistas de gêneros totalmente distintos, desde Ramones a Michael Bublé. Ainda, diversos filmes, animações, e anos depois, a faixa ainda é frequentemente ouvida durante as histórias do homem-aranha nas telas. Confira abaixo:

Spider-Man-The Animated Series

A animação do Homem-Aranha de 1994 ganhou uma versão bem peculiar do tema, performada por Joe Perry, do Aerosmith. Não apenas o guitarrista criou uma letra alternativa, focando na radioatividade, como recheou a faixa de efeitos eletrônicos e riffs de guitarra. 

Homem-Aranha (2002)

O primeiro filme de Sam Raimi para o homem-aranha trouxe apenas um trechinho da faixa cantada, com letra alternativa, por um músico no metrô, no meio do filme. No entanto, a música original da animação pode ser ouvida nos créditos, e uma versão do Aerosmith também foi inserida no álbum da trilha sonora do filme. 

Homem-Aranha 2 (2004)

Na sequência, quem toca a faixa no meio do filme é uma artista de rua (interpretada por Elyse Dinh), que faz uma adorável performance desafinada do tema. Ainda, nos créditos, a versão original da animação também pode ser ouvida. 

Homem-Aranha 2 (2006)

Ainda no segundo filme de Raimi, durante os créditos, uma versão inusitada, em estilo jazz e swing, é ouvida na voz de Michael Bublé. Infelizmente, a faixa não foi incluída na trilha sonora do filme. 

Homem-Aranha 3 (2007)

No terceiro filme de Sam Raimi, o tema é tocado por toda uma orquestra, no momento em que a cidade faz uma celebração ao herói, e pouco antes da luta do Homem-Aranha contra o Homem-Areia. 

O Espetacular Homem-Aranha 2

O primeiro filme de Marc Webb foi a primeira vez que não houve referência ao tema em um filme do teioso. A sequência, no entanto, fez uma bela homenagem em uma cena em que o celular de Peter toca, no meio de uma luta. O toque de celular do herói é a melodia do seu tema. 

Homem-Aranha: De Volta ao Lar

Em Homem-Aranha: De Volta ao Lar, a trilha sonora de Michael Giacchino assumiu o tema de vez e incorporou a melodia nas composições, não só na íntegra como em diversas pequenas referências. Mas a melhor introdução à música chega logo no início, quando o tema original toca quase na íntegra embalando o logo da Marvel. 

Homem-Aranha: De Volta ao Lar e Homem-Aranha: Longe de Casa

Michael Giacchino temperou a trilha sonora de Homem-Aranha: De Volta ao Lar com diversas referências ao tema original. Agora, de volta às composições na sequência, uma versão sua também já pode ser ouvida no trailer de Homem-Aranha: Longe de Casa