Patty Jenkins indica que pode deixar Mulher-Maravilha após terceiro filme

Créditos da imagem: Divulgação/Warner Bros.

Filmes

Notícia

Patty Jenkins indica que pode deixar Mulher-Maravilha após terceiro filme

Diretora revelou também que Mulher-Maravilha 1984 mostra a heroína no “ápice de suas forças”

Gabriel Avila
02.08.2020
14h57

Diretora responsável pelos dois filmes da Mulher-Maravilha, Patty Jenkins indicou que pode deixar a franquia após o terceiro longa. Em entrevista à revista alemã Geek (via IGN), a cineasta explicou a importância de Mulher-Maravilha 1984 para o desenvolvimento da jornada que planejou para a heroína vivida por Gal Gadot:

“[Mulher-Maravilha 1984] me deu a chance de fazer muitas coisas que não pude no primeiro filme. Fiquei muito feliz em contar a história de origem da Mulher-Maravilha. Foi quase como seu nascimento, mas nós ainda não conseguimos ver realmente do que ela é capaz. É animador para mim mostrá-la no ápice de sua força. Mas também é muito importante que ela tenha um combate interno: é uma deusa que tenta ajudar a humanidade. Ela não é apenas alguém que combate o mal, ela tenta mostrar às pessoas ruins como melhorar. É um dilema interessante.”

Por fim, Jenkins revelou que o terceiro filme da Mulher-Maravilha deve ser seu último com a heroína:

“O próximo provavelmente será meu último filme com a Mulher-Maravilha, então tenho que colocar tudo o que quero mostrar lá. Precisamos pensar com cuidado.”

Mulher-Maravilha 1984 foi dos grandes destaques da CCXP 2019, com a divulgação do primeiro trailer do longa e cenas inéditas no painel da Warner. O longa estreará nos cinemas brasileiros em 1º de outubro.