Séries e TV

Artigo

WandaVision | Como o Nexus indica a chegada do Doutor Estranho e do multiverso

Comercial do novo episódio da série aponta para a chegada do Mago Supremo do MCU

Gabriel Avila e Victoria Frere Milan
19.02.2021
18h28
Atualizada em
20.02.2021
13h18
Atualizada em 20.02.2021 às 13h18

Não é exagero dizer que os comerciais exibidos durante os episódios de WandaVision são charadas deixadas para o público resolver. Com referências que vão de Tony Stark à Hydra, os “intervalos” passaram de reflexos dos traumas vividos por Wanda Maximoff (Elizabeth Olsen) para dar pistas sobre o futuro da personagem. Assim, não é de se estranhar que muitos fãs se animaram com as pistas deixadas pelo episódio desta sexta-feira (19) de que o Doutor Estranho e a introdução do multiverso no MCU (Universo Cinematográfico Marvel) estão a caminho.

Em “Derrubando a quarta parede”, o comercial da vez mostra uma mulher deprimida que apenas quer ser deixada sozinha, exatamente o estado de espírito de Wanda no sétimo episódio. A garota-propaganda é então apresentada ao Nexus, “um poderoso antidepressivo que te ancora à sua realidade… ou a realidade que você escolher”.

Após citar os “efeitos colaterais” do medicamento - que incluem sentir seus sentimentos, confrontar suas verdades, encarar seu destino e possivelmente mais depressão -, o comercial adverte: “só tome Nexus caso seu médico libere você para seguir com a sua vida”.

Em um primeiro momento é fácil perceber os paralelos entre a propaganda e a história de WandaVision, já que Wanda literalmente cria uma nova realidade em que seu marido Visão (Paul Bettany) está vivo. Mas a propaganda de 40 segundos também também pode ser encarada como um prenúncio da chegada do Doutor Estranho. E por quê? Simples: o Nexus.

Nas HQs, o Nexus de Todas as Realidades é um portal interdimensional onde as realidades se encontram, ou seja: é o único lugar onde existe uma passagem para todos os mundos e realidades existentes. Nos quadrinhos, esse local místico fica nos pântanos da Louisiana e é protegido pelo Homem-Coisa. Considerando que o MCU não faz adaptações 100% literais, não seria estranho descobrir que o Nexus é, na realidade, a pacata cidade de Westview.

É possível tomar o Nexus como uma metáfora para Westview, já que, assim como o remédio da propaganda, ele serviu para livrar Wanda da dor da perda do Visão. Porém, nos últimos episódios, a heroína passou a sofrer com efeitos colaterais. A especulação é sustentada até pela caixa do medicamento, com um design que parece caminhos entrelaçados.

Vale lembrar que o conceito de multiverso já foi citado antes no MCU em Thor: Mundo Sombrio. No caso, ele foi brevemente citado durante uma aula do doutor Erik Selvig (Stellan Skarsgård), mais lembrado como o momento em que Stan Lee aparece no longa. Relembre abaixo:

Mas e o Doutor estranho?

Em primeiro lugar, é importante lembrar que no anúncio das produções da Fase 4, Kevin Feige confirmou que WandaVision estaria diretamente ligada a Doutor Estranho 2, filme cujo subtítulo é Multiverso da Loucura. Como se não bastasse, a propaganda cita repetidas vezes a importância de “consultar um médico”, ou Doctor no original, em inglês. A principal delas diz que o Nexus só deve ser utilizado se o tal doutor “te liberar para seguir com a sua vida”, dando pistas de que o Mago Supremo pode ser fundamental para libertar Wanda e Westview da realidade criada por ela.

Cena da HQ Vingadores: A Queda

Combate entre Doutor Estranho e Feiticeira Escarlate na HQ Vingadores: A Queda

Divulgação/Marvel

Vale lembrar que, nos quadrinhos, o herói interpretado por Benedict Cumberbatch já assumiu a tarefa de parar Wanda. No arco Vingadores: A Queda, a mente da Feiticeira Escarlate é controlada pelo Dr. Destino em um ataque contra os Vingadores. Após uma série de fatalidades que acabam na morte do Gavião Arqueiro e do próprio Visão, o Mago Supremo tem um embate com Wanda, confrontando-a por não saber lidar com o luto da morte de seus filhos. Também é importante lembrar que os criadores Brian Michael Bendis e David Finch estão creditados nos agradecimentos da série, o que leva a crer que a HQ tenha inspirado a produção.

Com dois episódios pela frente, WandaVision ainda tem inúmeras respostas e surpresas para entregar. Resta saber se o multiverso é uma delas, ou se tudo não passou de uma rápida piscadinha para os fãs ansiosos por mais teorias. Considerando que há pouca brecha para coincidências no MCU, talvez a exploração do multiverso realmente comece na série do Disney+.

Todas as sextas-feiras, os críticos do Omelete se reúnem na twitch.tv/omeleteve, a partir das 16h30, para discutir o episódio da semana e o futuro de WandaVision e do MCU. Venha conversar com a gente!

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.