Filmes

Artigo

Jovens Vingadores | Como a Marvel pode já estar reunindo a equipe no MCU

Próximos projetos da Casa das Ideias vão apresentar membros-chave do time

Gabriel Avila
23.02.2021
14h20
Atualizada em
12.04.2021
18h48
Atualizada em 12.04.2021 às 18h48

Não é de hoje que um filme dos Jovens Vingadores está na mira dos fãs do MCU. Criado nas HQs no início dos anos 2000, o time reuniu uma sólida base de leitores por trazer sangue novo à Casa das Ideias com um pé nas raízes desse universo ao utilizar personagens novos que se relacionavam diretamente com os grandes heróis da editora. Após anos de espera, a equipe pode finalmente estar a caminho das telonas, e para isso basta estar atento aos novos personagens que a Marvel está apresentando aos poucos.

É importante esclarecer que os Jovens Vingadores não estão entre os inúmeros filmes, séries e especiais revelados por Kevin Feige no último Dia de Investidores da Disney. Porém, o Marvel Studios revelou que alguns dos principais membros desta equipe estarão na próxima leva de produções. A arqueira Kate Bishop será vivida por Hailee Steinfeld na série do Gavião Arqueiro, Kathryn Newton será Cassie Lang - heroína conhecida como Estatura - em Homem-Formiga 3: Quantumania, e Xochitl Gomez foi confirmada como America Chavez em Doutor Estranho 2.

Página de uma HQ dos Jovens Vingadores

Formação inicial dos Jovens Vingadores com Kate Bishop e Cassie Lang, heroínas já confirmadas no MCU

Divulgação/Marvel Comics

Além de tudo isso, a série WandaVision já apresentou os gêmeos Wiccano e Célere, que nos quadrinhos são a reencarnação dos gêmeos da Feiticeira Escarlate com o Visão. O seriado mostrou o crescimento rápido dos personagens e, nos episódios mais recentes, o desenvolvimento de seus poderes. Quem também tem grandes chances de ser apresentado em breve é o Hulkling, herói que é um híbrido Kree e Skrull, raças que apareceram em Capitã Marvel e vão ganhar destaque na série Invasão Secreta no Disney+.

Aliás, considerando que o MCU toma constantes liberdades em relação aos quadrinhos, não seria de se estranhar se outros heróis jovens como a Ms. Marvel ou a Coração de Ferro - ambas já com séries confirmadas - façam parte do grupo.

Montagem com fotos das séries WandaVision e Hawkeye

As séries de WandaVision e Gavião Arqueiro podem ser o primeiro passo na formação dos Jovens Vingadores

Divulgação/Disney+

O momento certo para os Jovens Vingadores

Mais do que o surgimento de novos heróis, o que mais aponta para o surgimento dos Jovens Vingadores está no momento que o Universo Cinematográfico da Marvel atravessa. Após os eventos de Vingadores: Ultimato, Homem de Ferro e Viúva Negra estão mortos, Capitão América aposentado e o Thor com sua própria dose de problemas. Mesmo com o auxílio de novos heróis como a Capitã Marvel, Doutor Estranho e os guerreiros de Wakanda, esse é um momento em que os Vingadores estão praticamente acabados.

Imagem da nova HQ dos Jovens Vingadores

Nova formação dos Jovens Vingadores com America Chavez ao centro; heroína está confirmada no filme Doutor Estranho 2.

Divulgação/Marvel Comics

Nas HQs, a equipe foi formada em um momento similar, quando o time principal dos Vingadores se separou após os traumáticos eventos da saga A Queda. A separação dos grandes heróis da Terra acontece no momento em que o Rapaz de Ferro, uma versão mais jovem do vilão Kang - O Conquistador, decide voltar ao passado para se impedir de virar um dos grandes antagonistas do Universo Marvel. Ao encontrar apenas escombros da Mansão dos Vingadores, ele parte então em busca da próxima geração de heróis e reúne aqueles que seriam os Jovens Vingadores.

Sendo assim, é lógico que o MCU tome uma atitude similar ao criar a versão jovem dos Vingadores enquanto sua equipe principal encontra-se terminada. Além de dar tempo para que os heróis restantes se reagrupem em uma espécie de Novos Vingadores - como também ocorreu nos quadrinhos -, o time daria mais espaço para heróis relativamente desconhecidos do público. Isso ecoaria o que o estúdio fez lá nas Fases 1 e 2 de seu universo, quando tornou fenômenos personagens não tão celebrados fora das HQs.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.