Eternos

Créditos da imagem: Marvel Studios/Divulgação

Filmes

Notícia

Como personagem apresentado em Eternos pode se encaixar no MCU

Herói cósmico tem ligação com Mulher-Hulk e Guardiões da Galáxia

Nico Garófalo
05.11.2021, às 14H54
ATUALIZADA EM 06.11.2021, ÀS 18H11
ATUALIZADA EM 06.11.2021, ÀS 18H11

[Spoilers de Eternos à frente]

Apresentado em uma das cenas pós-créditos de Eternos, Eros (Harry Styles), também conhecido como Starfox, pode ter uma presença constante no MCU. Ao longo de sua história, o personagem - que também é um Eterno - teve ligações com diferentes heróis e vilões da Marvel e foi responsável por alguns momentos polêmicos, que o levaram a ser julgado por cortes terrestres e cósmicas. O calendário dos próximos lançamentos do Marvel Studios no cinema e no Disney+ pode dar algumas dicas de como ele será abordado no futuro.

À primeira vista, Mulher-Hulk, série estrelada por Tatiana Maslany, parece ser a oportunidade perfeita para desenvolver Eros. O Eterno teve um relacionamento de idas e vindas com a Vingadora, até ela atuar como sua advogada quando o herói foi acusado de usar seus poderes empáticos para cometer abuso sexual. No julgamento em questão, a heroína passa a questionar o laço dos dois e se pergunta se seus encontros sexuais não teriam sido também forçados pelos poderes de Starfox.

Além disso, Eros também já usou suas habilidades para influenciar júris e juízes a chegar a um veredito que o favorecia. Sua presença em Mulher-Hulk, especialmente se a Disney permitir que a série aborde a pesada narrativa de seu julgamento, seria um grande catalisador de conflitos dentro e fora da corte e daria ao MCU a chance de levar a discussão sobre abuso e assédio ao grande público.

O grande impeditivo para sua participação na série, no entanto, é sua introdução em Eternos. Por enquanto, Eros deve ficar limitado ao núcleo cósmico do MCU, que pode conectá-lo aos Guardiões da Galáxia, com quem ele também já dividiu histórias nos quadrinhos.

Guardiões Sombrios

A ligação de Starfox com os Guardiões da Galáxia remete a uma das mortes de Thanos nos gibis. Na história, o Titã Louco deixa um testamento com instruções que, se cumpridas, levarão à reencarnação do vilão no corpo de outra pessoa. Quando sabe dessa possibilidade, Eros, irmão de Thanos, reúne Nebulosa, o Motoqueiro Fantasma Cósmico, Espectro e o Gladiador para formar os Guardiões Sombrios e impedir que o brutamontes roxo ressuscite.

Suspeitando que Thanos pretende usar Gamora como receptáculo, o grupo enfrenta os Guardiões da Galáxia e sequestra a filha adotiva do Titã. Eles são impedidos de executá-la por Hela, Deusa da Morte asgardiana, que revela que o vilão pretendia encarnar, na verdade, em Starfox.

Considerando o gancho deixado por Vingadores: Ultimato, é muito provável que Guardiões da Galáxia vol. 3 acompanhe a busca dos heróis liderados por Peter Quill (Chris Pratt) por Gamora (Zoe Saldana). Mesmo que escolha não abordar a ressurreição de Thanos, James Gunn pode introduzir Eros como uma espécie de antagonista, mostrando o Eterno caçando outros parentes do irmão como forma de vingança pelo assassinato de sua mãe.

Por enquanto, fãs de Eros (e de Harry Styles) terão que se contentar com a breve participação do personagem na cena pós-créditos de Eternos. Mas, considerando o barulho causado por sua primeira aparição, é de se esperar que Kevin Feige e seus comandados já comecem a trabalhar para incluí-lo no maior número de produções possíveis no futuro próximo.

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a nossa Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.