Mad Max: Estrada da Fúria

Créditos da imagem: Warner Bros./ Divulgação

Filmes

Notícia

Dublê detalha tensão entre Charlize Theron e Tom Hardy em Mad Max

Segundo declaração de profissional da equipe, atores não queriam trabalhar juntos

Julia Sabbaga
24.07.2020
12h11
Atualizada em
24.07.2020
16h23
Atualizada em 24.07.2020 às 16h23

Apesar do sucesso de crítica e bilheteria, a produção de Mad Max: Estrada da Fúria não foi nada fácil. De acordo com a dublê Dayna Grant, a tensão entre os protagonistas Charlize Theron e Tom Hardy atrapalhou as filmagens e forçou a equipe a se dividir em duas. 

"Nós sabíamos desde o começo que isso estava acontecendo, quando fazíamos coreografia das lutas. Já havia tensão ali", explicou Grant. "Nos falaram o que estava acontecendo e só tentamos trabalhar o máximo possível. Foi desafiador, porque geralmente você está em um grande grupo, trabalhando junto, e aqui nós estávamos meio separados".

Grant continuou, explicando que os dublês dos protagonistas tiveram que trabalhar com a dupla constantemente: 

"Foi realmente difícil. Foi difícil porque obviamente eu tinha que passar tempo com os dois, e os dois não queriam estar juntos. Eu tinha que fazer tudo com Tom - geralmente Charlize entraria e faria cenas junto, mas eles não queriam filmar juntos, então eu era colocada no lugar dela para estar com Tom. O dublê de Tom sempre ficava com a Charlize, então nós realmente trabalhamos com os personagens opostos."

De Aeon Flux a Furiosa: Charlize Theron conta como virou ícone de ação

Charlize compara Furiosa a personagem de Sigourney Weaver, em Alien

Charlize Theron diz que Patty Jenkins elevou padrão dos filmes de ação


Entenda a briga

As animosidades entre os atores no set de Mad Max já foram confirmadas por Charlize Theron e Tom Hardy em depoimentos dados ao New York Times em 2015.

 “Eu não tive a empatia necessária para entender como [Hardy] deveria estar se sentindo ao assumir o papel que foi de Mel Gibson. Isso deve ter sido assustador! E acho que por medo, a gente estava colocando esses muros entre nós para nos protegermos. De um modo estranho, a gente estava se comportando como nossos personagens. Tudo era uma questão de sobrevivência."
 
Hardy também admitiu ter sofrido com a pressão e estado “com a cabeça um pouco fora do lugar” também. “O que ela precisava era de um parceiro experiente. E isso não é algo que eu pudesse fingir naquele momento."

Mad Max: Estrada de Fúria arrecadou US$ 375 milhões nas bilheterias mundiais, para um orçamento estimado em US$ 150 milhões.

Discutido desde Estrada da Fúria, um filme-solo da Furiosa acontecerá após George Miller concluir The Three Year Longing, longa estrelado por Idris Elba e Tilda Swinton que, atualmente, está paralisado por conta da pandemia do coronavírus. Rumores afirmam que as atrizes Anya Taylor-Joy (A Bruxa) e Jodie Comer (Killing Eve) podem substituir Charlize Theron como Furiosa.