Anya Taylor-Joy em A Bruxa e Charlize Theron em Mad Max: Estrada da Fúria

Créditos da imagem: A Bruxa/RT Features/Reprodução // Mad Max: Estrada da Fúria/Warner Bros/Reprodução

Filmes

Notícia

Mad Max | George Miller teria feito teste com Anya Taylor-Joy para derivado

Diretor estaria planejando começar as filmagens em 2021

Mariana Canhisares
26.03.2020
17h00

Fontes da Variety afirmam que o diretor George Miller tem se reunido virtualmente com atores durante a quarentena para fazer testes e discutir o derivado de Mad Max, Furiosa. Entre os profissionais com quem falou está Anya Taylor-Joy, de Fragmentado e A Bruxa. Não há a informação, porém, de para qual papel ela teria feito o teste.

Este não é o primeiro nome a ser atrelado ao projeto. Rumores anteriores apontavam o interesse de Miller de ter Yahya Abdul-Mateen II, de Aquaman Watchmen, como o protagonista masculino da trama. 

A Variety ainda afirma que Miller tem a intenção de começar a rodar o filme em 2021.

Vale notar que o projeto é objeto de rumores há anos e, portanto, não há muitas informações concretas sobre o que se trata. Especula-se que a trama seja focada na juventude da personagem de Charlize Theron em Mad Max: Estrada da Fúria, mas oficialmente nada foi anunciado.

A Imperatriz Furiosa é a capitã mais importante de Immortan Joe, que se vira contra ele para salvar jovens que são suas "esposas". O objetivo da personagem é levá-las para um lugar seguro longa da Cidadela controlada pelo vilão. É neste caminho que Furiosa encontra Max Rockatansky, interpretado por Tom Hardy. A personagem se tornou admirada por sua força e, desde então, fãs pedem por um longa que mostre mais sobre sua história.

Mad Max: Estrada de Fúria arrecadou US$ 375 milhões nas bilheterias mundiais, para um orçamento estimado em US$ 150 milhões.