Liga da Justiça | Zack Snyder diz que Joss Whedon destruiu trabalho de três anos

Créditos da imagem: Netflix/Divulgação

Filmes

Notícia

Liga da Justiça | Zack Snyder diz que Joss Whedon destruiu trabalho de três anos

Diretor voltou a falar sobre versão de 2017 do filme em entrevista

Eduardo Pereira
25.05.2021
17h17

Zack Snyder decidiu mais uma vez se abrir, sem fazer qualquer média, sobre o que pensa da versão de Joss Whedon para Liga da Justiça, lançada em 2017 nos cinemas. Segundo o diretor de Army of the Dead: Invasão em Las Vegas, o trabalho do colega na finalização do filme foi a destruição de um esforço de três anos (via Esquire).

"Toma muita coisa de você, quando você trabalha por três anos da vida em algo só para ver isso sendo destruído. Isso é muito grande, e é duro para qualquer pessoa, como você pode imaginar", afirmou Snyder.

Diretor de O Homem de Aço e Batman vs. Superman, Snyder se afastou da direção de Liga da Justiça durante a produção do filme, após uma tragédia pessoal. Agora, entretanto, ele detalha que o motivo para a decisão também foi Joss Whedon (Os Vingadores), que não foi chamado só depois do afastamento, mas antes mesmo, para fazer ajustes que o estúdio acreditava serem necessários. Resignado, Snyder se afastou e Whedon concluiu a produção, resultando em um produto que não animou muito fãs e críticos e deu início a uma campanha pelo lançamento de uma suposta versão fiel à visão original do diretor de 300 e Watchmen.

O movimento, que adotou o mote #ReleaseTheSnyderCut, encontrou sucesso nos últimos dois anos, depois que a Warner Bros. decidiu investir cerca de US$ 70 milhões para que Snyder finalizasse a visão dele do filme exclusivamente para a plataforma de streaming HBO Max.

Lançado em 2021, Zack Snyder's Justice League é um filme mais longo, bem acabado e coeso que a versão de 2017 (leia a crítica aqui), embora ainda não tenha sido unanimidade entre fãs e críticos do Universo DC desenvolvido pelo cineasta. Após ficar por um mês disponível para locação, o filme voltará a ser exibido no Brasil com o lançamento da HBO Max por aqui, previsto para junho.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.