Foto de Homem-Aranha: De Volta ao Lar

Créditos da imagem: Homem-Aranha: De Volta ao Lar/Marvel/Divulgação

Filmes

Notícia

Homem-Aranha | Sony e Marvel fazem acordo e herói volta ao MCU

Terceiro filme do personagem estreia em 2021

Camila Sousa
27.09.2019
12h09
Atualizada em
27.09.2019
15h41
Atualizada em 27.09.2019 às 15h41

Após várias idas e vindas, Sony e Marvel chegaram a um acordo e o Homem-Aranha está de volta ao MCU. Com isso, as duas empresas produzirão o terceiro filme do herói, que chega aos cinemas em 16 de julho de 2021. Como parte do acordo, o personagem de Tom Holland também poderá aparecer em novos filmes do MCU. A produção será de Kevin Feige, pela Marvel, e de Amy Pascal, com a Pascal Pictures (via Variety). 

"Estou empolgado que a jornada do Homem-Aranha continuará no MCU. Eu e todos do Marvel Studios estamos empolgados em cotinuar trabalhando com ele", diz Kevin Feige em comunicado oficial. "O Homem-Aranha é um ícone poderoso e um herói cuja história atravessa todas as gerações e públicos ao redor do mundo. Ele também é o único herói com o superpoder de cruzar universos cinematográficos, então, enquanto a Sony continua desenvolvendo seu universo do Homem-Aranha, você nunca sabe o que o futuro reserva", completou o executivo, indicando que Holland pode aparecer em outros filmes da Sony, como a sequência de Venom.

O desentendimento entre a Marvel Studios e a Sony Pictures aconteceu durante o mês de agosto, quando veio a tona que a dona do MCU estava descontente com sua participação nos lucros de produtos relacionados ao Homem-Aranha. A Marvel então negociou uma porcentagem maior, mas a Sony, percebendo o potencial financeiro do herói, optou por retomar o controle criativo do Teioso, tirando Kevin Feige da produção dos longas e o personagem do MCU. Entenda melhor o acordo aqui. Agora, segundo o Deadline, a Disney vai cofinanciar 25% do terceiro filme e terá um retorno também de 25%.

Enquanto isso, a Sony continua com os planos de montar seu próprio universo cinematográfico baseado no Homem-Aranha, principalmente após o sucesso inesperado de Venom, que fez US$ 856 milhões nas bilheterias mundiais. Um filme do vilão Morbius, com Jared Leto, já está confirmado e o estúdio ainda está desenvolvendo “cinco ou seis” produções televisivas inspiradas em personagens relacionados ao Cabeça de Teia.

Homem-Aranha: Longe de Casa se tornou a maior bilheteria da Sony com US$ 1,109 bilhão arrecadados mundialmente, superando 007 - Operação Skyfall. O filme já está disponível em home-video.