Morbius, Kraven e todos os derivados de Homem-Aranha planejados pela Sony

Créditos da imagem: Homem-Aranha/Venom/Sony Pictures/Divulgação

Filmes

Lista

Morbius, Kraven e todos os derivados de Homem-Aranha planejados pela Sony

Fora do MCU, herói poderia entrar no universo do outro estúdio

Julia Sabbaga
23.08.2019
15h06

Com a falta de um acordo entre a Marvel e a Sony, e o futuro incerto do Homem-Aranha no MCU, a Sony tem a possibilidade de introduzir o teioso em algum dos derivados planejados, que explorarão diversos outros personagens do universo do herói. Além de nomes já conhecidos como Venom, Kraven e a sequência de Homem-Aranha no Aranhaverso, a Sony já especulou o lançamento de diversos filmes, que podem ser conferidos abaixo. 

Morbius

Morbius/Marvel Comics/Divulgação

O próximo filme derivado confirmado pela Sony será Morbius, longa protagonizado por Jared Leto e dirigido por Daniel Espinosa (Protegendo o Inimigo). 

Criado por Roy Thomas e Gil Kane, Michael Morbius era um bioquímico vencedor do Prêmio Nobel que tentava descobrir a cura para um doença sanguínea. Durante um dos seus experimentos, ele se transformou em um vampiro. Sua primeira aparição aconteceu na edição 101 de The Amazing Spider-Man, em 1971. 

Morbius é esperado para 31 de julho de 2020.

Venom 2

Venom/Sony Pictures/Divulgação

Venom 2 é o próximo filme já oficializado, que trará o retorno de Tom Hardy e Michelle Williams, agora sob direção de Andy Serkis

Kelly Marcel, roteirista de Cinquenta Tons de Cinza e do primeiro filme, está trabalhando no roteiro, mas ainda não há detalhes sobre a história. 

A data de estreia ainda não foi confirmada, mas especulações ao redor do calendário de estreias da Sony apontam um lançamento para 2 de outubro de 2020. 

Homem-Aranha no Aranhaverso 2

Homem-Aranha no Aranhaverso/Sony Pictures/Divulgação

Homem-Aranha no Aranhaverso também já teve sua sequência confirmada pela produtora responsável pela animação, Amy Pascal. Um novo filme do universo não foi nenhuma surpresa, já que o longa de 2018 levou o Oscar de melhor filme animado. 

A produtora já comentou que o filme seria focado no romance entre Miles Morales e Gwen Stacy, e primeiras informações divulgaram que Homem-Aranha no Aranhaverso 2 seria dirigido por Joaquim Dos Santos, conhecido por ter servido como produtor em Voltron: O Defensor Lendário, e escrito por David Callaham (Mulher-Maravilha 1984). 

Spider-Gwen e as heroínas

Spider-Gwen/Homem-Aranha no Aranhaverso/Divulgação

Com o sucesso de Homem-Aranha no Aranhaverso, a Sony também explorou a possibilidade de um derivado da animação focado nas personagens femininas do universo do teioso. 

Ainda não há detalhes sobre a trama, mas o foco deve ser na Spider-Gwen, com a aparição de outras personagens como Mulher-Aranha, Silk, Spider-Girl e Madame Teia. 

Lauren Montgomery (Voltron) está em negociações para dirigir, com roteiro de Bek Smith (Zoo), mas as informações ainda não foram oficializadas.

Kraven, o Caçador

Kraven/Marvel Comics/Divulgação

Kraven também está nos planos da Sony, que já alinhou o roteirista Richard Wenk para o longa, e sonda a contratação de Antoine Fuqua (Sete Homens e um Destino) para a direção. Fuqua e Wenk trabalharam juntos em O Protetor.

Kraven, o Caçador foi apresentado na edição nº 15 de The Amazing Spider-Man, lançada em agosto de 1964. O personagem é um humano modificado de origem russa que, ao longo dos anos, teve grandes embates com o Homem-Aranha.

Nightwatch

Nightwatch/Marvel Comics/Divulgação

Nightwatch, conhecido como "o Spawn da Marvel", também deve ganhar seu próprio filme, mas o projeto segue em status misterioso. 

O personagem foi criado na década de 1990, inspirado no visual de Spawn, da Image Comics. Nos quadrinhos, o Dr. Kevin Barry Trench é o alter ego de Nightwatch. No meio de uma luta, Trench é salvo por um herói mascarado, que é morto por terroristas. Mais tarde, ele descobre que o herói era ele mesmo, em uma versão que veio do futuro. Ele pega a uniforme do assassinado e ganha super-poderes, como força sobrehumana e invisibilidade.

Rumores sugerem que o showrunner de Luke CageCheo Hodari Coker, escreverá o roteiro, mas nada foi confirmado, até o momento.

Sabre de Prata e Gata Negra

Sabre de Prata e Gata Negra/Marvel Comics/Divulgação

O projeto da Sony de desenvolver um derivado sobre Sabre de Prata e Gata Negra já passou por algumas turbulências, incluindo um adiamento indefinitivo e uma possível divisão em dois filmes distintos, um da Sabre de Prata e outro da Gata Negra. Se isso acontecer, é possível que Gina Prince-Bythewood, que estava alinhada como diretora, passe atuar como produtora nos dois filmes. 

Originalmente, a ideia do longa era mostrar a Sabre de Prata reunindo novamente a Wild Pack depois de receber a tarefa de capturar Gata Negra. 

Criada em 1985, Sabre de Prata é uma mercenária que caça criminosos de guerra e ocasionalmente se alia ao Homem-Aranha. Ela é inédita no cinema, assim como a ladra Gata Negra - cujo alter-ego, Felícia Hardy, foi vivida pela atriz Felicity Jones em O Espetacular Homem-Aranha 2.

Silk

Silk/Marvel Comics/Divulgação

Os boatos de desenvolvimento de um filme da Silk surgiram no meio de 2018, quando as primeiras notícias associaram o projeto com a produtora Amy Pascal

O alter ego de Cindy Moon apareceu pela primeira vez em 2014, em The Amazing Spider-Man. Na história, ela é mordida no tornozelo pela mesma aranha radioativa que deu os poderes a Peter Parker. Silk foi treinada por Ezekiel Sims quando descobriu seus poderes. Ela passou anos presa em um abrigo para ser protegida de Morlum, mas foi libertada por Peter Parker e, posteriormente, o ajudou a derrotar vilões como Electro e Gata Negra. Eles também formaram um casal durante algum tempo.

Jackpot/Loteria

Jackpot/Marvel Comics/Divulgação

A personagem Jackpot (Loteria, em português), também pode ganhar o seu filme, de acordo com especulações do ano passado, de que a Sony estava em busca de um roteirista para o projeto. 

Criada em 2007 pelo roteirista Dan Slott com arte de Phil Jimenez, na publicação Spider-Man: Swing Shift. A personagem é o alter ego de Sara Ehret, heroína que ganhou superforça e resistência após ser exposta a um vírus que reescreve todo seu DNA. O alter-ego também foi utilizado por Alana Jobson.

Por seus cabelos ruivos e mania de chamar o aracnídeo de "tigrão", Jackpot gerou rumores de que seria a versão heroína de Mary Jane na época de seu surgimento. 

O Sexteto Sinistro

Sexteto Sinistro/Marvel Comics/Divulgação

Os planos para o filme do Sexteto Sinistro são antigos, de quando o projeto era entendido como um derivado de O Espetacular Homem-Aranha. Na época, o longa chegou até a ganhar data de lançamento, esperada para 2018. 

Com o tempo e as mudanças no universo do teioso, O Sexteto Sinistro perdeu sua vez, mas nada impede que a Sony reative os planos. Matt Tolmach Avi Arad estavam alinhados à produção e a direção e roteiro eram de Drew Goddard. O filme focaria no lado humano de vilões como Duende Verde, Rino e Electro.