Grammy | Conheça as músicas indicadas a melhor gravação do ano

Créditos da imagem: Recording Academy/Reprodução

Música

Lista

Grammy | Conheça as músicas indicadas a melhor gravação do ano

Premiação acontece no próximo domingo, dia 10

Julia Sabbaga
05.02.2019
16h14
Atualizada em
10.02.2019
23h39
Atualizada em 10.02.2019 às 23h39

O Grammy se aproxima, e em semana de contagem regressiva começamos a analisar os indicados nas quatro maiores categorias: melhor gravação, melhor música, álbum do ano e artista revelação. 

Confira abaixo os indicados em melhor gravação do ano, prêmio dado para todos os envolvidos na gravação da faixa, como intérpretes, produtores e engenheiros de som:

"I Like It" - Cardi B, Bad Bunny & J Balvin

Cardi B é uma das mulheres mais indicadas no Grammy de 2019, com 5 indicações, duas delas entre as maiores: álbum do ano e gravação do ano. Seu single "I Like It", em parceria com Bad Bunny & J Balvin, faz parte do álbum de estreia da cantora, Invasion of Privacy, e se tornou seu 2º single que chegou ao topo das paradas, fazendo de Cardi B a única rapper a ter dois topos de parada como artista solo. 

Além de Cardi B, Bad Bunny e J Balvin, os indicados pelo single são: Invincible, JWhiteDidIt, Craig Kallman e Tainy, produtores; Leslie Brathwaite, Kuk HarrellEvan LaRay e Simone Torres, engenheiros de mixagem e Colin Leonard, engenheiro de masterização. 

"The Joke" - Brandi Carlile

Brandi Carlile é a mulher mais indicada do ano, com seis indicações, incluindo melhor álbum, melhor música e melhor gravação. "The Joke" faz parte do álbum indicado, By The Way, I Forgive You. A faixa fala sobre as injustiças da sociedade como um todo, e mistura uma sonoridade folk e country. "The Joke" ainda foi colocada na lista de Barack Obama de suas músicas favoritas de 2017. 

Além de Carlile, os indicados pelo single são: Dave Cobb e Shooter Jennings, produtores; Tom Elmhirst e Eddie Spear, engenheiros e engenheiros de mixagem e Pete Lyman, engenheiro de masterização.

"This Is America" - Childish Gambino

O hit de Childish Gambino, "This Is America", está indicado em quatro categorias no Grammy: melhor música, gravação, performance de rap cantado e clipe. A faixa trata de violência policial e armada, massacres nos EUA e racismo, e foi lançada de surpresa, e se tornou a 31ª faixa a estrear no topo da Billboard Hot 100, a primeira faixa nº 1 de Childish Gambino. A música ainda traz vocais de Young ThugSlim JxmmiBlocBoy JB21 Savage Quavo.

Donald Glover compartilha a produção com Ludwig Goransson e outros nomes do single incluem: Derek "MixedByAli" Ali Riley Mackin e Shaan Singh, engenheiros de mixagem e Mike Bozzi, engenheiro de masterização. 

"God's Plan" - Drake

Drake está indicado em sete categorias no Grammy, e seu gigantesco hit "God's Plan" e está indicado a três: melhor gravação, música e música de rap. Lançada em janeiro de 2018, a faixa quebrou recordes de mais audições em um dia na Apple Music e no Spotify e foi a faixa mais ouvida do ano nas plataformas digitais. A música trata da riqueza e fama de Drake e ainda manda mensagens pra haters.

"God's Plan" ainda teve Boi-1Da, Cardo e Young Exclusive na produção; Noel Cadastre, Noel "Gadget" Campbell e Noah Shebib, engenheiro de mixagem e Chris Athens, engenheiro de masterização.

"Shallow" - Lady Gaga e Bradley Cooper

Além de ter sido indicada como melhor canção original no Oscar, "Shallow" levou indicações de gravação do ano, música do ano, performance de duo em pop e música escrita para mídias visuais. A faixa da trilha sonora de Nasce Uma Estrela é escrita da perspectiva da personagem de Lady Gaga no filme, Ally, e é um dueto da cantora com o ator e diretor Bradley Cooper. "Shallow" já levou o prêmio de melhor canção no Globo de Ouro e foi eleita a 2ª melhor música de 2018 pela Rolling Stone, e a 6ª pelo The New York Times.

"Shallow" tem Lady Gaga e Benjamin Rice, como produtores; Brandon Bost e Tom Elmhirst, engenheiros de mixagem e Randy Merrill, engenheiro de masterização.

"All The Stars" - Kendrick Lamar e SZA

"All The Stars" é outra indicada retirada de uma trilha sonora, o álbum de Pantera Negra, produzido por Kendrick Lamar, que também está indicado para álbum do ano. "All The Stars" é um dueto entre Lamar e Sza, também indicado no Grammy a melhor música, melhor canção de rap cantado e música composta para mídias visuais, e ainda levou indicação no Oscar como melhor canção original.

Além de Kendrick Lamar e Sza, indicados por "All The Stars" são: Al Shux e Sounwave, produtores; Sam Ricci e Matt Schaeffer, engenheiros de mixagem e Mike Bozzi, engenheiro de masterização.

"Rockstar" - Post Malone com 21 Savage

"Rockstar" também está indicada como melhor gravação e melhor canção de rap cantado, e é o segundo single do álbum Beerbongs & Bentleys, de Post Malone, também indicado como álbum do ano. "Rockstar" traz participação de 21 Savage e foi a primeira faixa dos dois intérpretes a ter atingido o topo da Billboard Hot 100. Além dos EUA, "Rockstar" chegou ao nº1 em mais de vinte países ao redor do mundo. 

A indicação de "Rockstar" também inclui Louis Bell e Tank God, produtores; Louis Bell, Lorenzo CardonaManny Marroquin e Ethan Stevens, engenheiros de mixagem e Mike Bozzi, engenheiro de masterização.

"The Middle" - Zedd, Maren Morris e Grey

"The Middle" é o hit de Zedd em parceria com a cantora country Maren Morris e o duo eletrônico Grey, indicado também para melhor música e melhor performance em duo ou grupo de pop. Antes de ser lançada com a voz de Morris, testes de "The Middle" incluíram uma série de cantoras pop, como Demi Lovato, Camila Cabello, Lauren Jauregui, Anne-Marie, Bebe Rexha e diversas outras, que acabaram não lançando a música por motivos diferentes. 

"The Middle" inclui Grey, Monsters & Strangerz e Zedd, na produção; Grey, Tom Norris, Ryan Shanahan e Zedd na engenharia de mixagem e Mike Marsh, na engenharia de masterização.