Filmes

Notícia

Presidente da Blumhouse diz que “spoilers” em trailers são propositais

Jason Blum, fundador do estúdio por trás de Corra! e O Homem Invisível, disse que o público fica mais propenso a sair de casa se já souber a trama

Nicolaos Garófalo
15.03.2020
22h50

Enquanto o combate ao spoiler se torna cada vez mais forte na cultura pop – a ponto de ser satirizada pelos Simpsons -, o produtor Jason Blum vê a prática com bons olhos. O fundador da Blumhouse, estúdio responsável pelo sucesso O Homem Invisível, afirmou que os filmes produzidos por seu estúdio entregam propositalmente grande parte de suas tramas como tática para atrair o público (via BleedingCool).

É uma questão de mercado”, afirmou Blum. “Está cada vez mais difícil levar as pessoas ao cinema e, por mais que as pessoas não gostem, os trailers que mais levam o público pras salas são os que mostram muitas coisas do filme”.

O produtor continuou, dizendo que a maior parte das pessoas que afirmam não gostar de prévias que expõe a história, vão ver o filme. “O trailer não é para as pessoas que estão inteiradas, e sim para aquelas que estão indecisas entre ir ou não [ao cinema]”. Afirmando que o jeito de facilitar a decisão dos espectadores é mostrando pontos importantes da trama, Blum concluiu dizendo que “deveríamos ter mostrado mais no trailer de ‘O Homem Invisível” – confira a prévia no topo da página.

O Homem Invisível acompanha Cecilia (Moss), uma mulher que recebe a notícia que seu abusivo ex-namorado Adrian (Oliver Jackson-Cohen) se matou. Ela decide reconstruir sua vida e melhora, mas seu senso de realidade é colocado em questão quando ela começa a suspeitar que seu ex-namorado segue vivo.

O personagem, criado por H.G. Wells em 1897, é um dos Monstros da Universal, ganhou o seu filme em 1933, com Claude Rains no papel principal. As últimas aparições do personagem no cinema foram em O Homem Sem Sombra A Liga Extraordinária.

O Homem Invisível está em cartaz nos cinemas.