Kevin Feige, Presidente da Marvel Studios/Alberto E. Rodriguez/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/AFP

Créditos da imagem: Alberto E. Rodriguez/Getty Images North America/AFP

Filmes

Notícia

Kevin Feige discorda de Martin Scorsese e diz que todos na Marvel amam cinema

Diretor de O Irlandês criticou filmes de super-heróis no começo de outubro

Nicolaos Garófalo
10.11.2019
20h14

Depois de um mês de polêmica, Kevin Feige finalmente respondeu aos comentários de Martin Scorsese sobre os filmes da Marvel não serem cinema. Em entrevista ao podcast Awards Chatter, o presidente do Marvel Studios rechaçou a fala do diretor, classificando-a como “infeliz”.

O produtor afirmou que todos os envolvidos nos mais de 20 longas do MCU são apaixonados por cinema e “amam a experiência conjunta de assistir um filme em um cinema cheio” e disse que todos têm direito a suas opiniões e a escrever o que quiserem sobre o assunto, referindo-se ao editorial escrito por Scorsese no New York Times.

Enquanto isso, nós vamos continuar fazendo filmes”, concluiu Feige, que assumiu o cargo de Chefe de Conteúdo Criativo da Marvel dias após a fala do cineasta.

Ford, no entanto, discorda de Scorsese em relação ao nível emocional que os filmes do MCU entregam aos espectadores: "Eu sei que quando vi com o público, houve uma profunda reação emocional". 

Durante a SDCCVingadores: Ultimato superou Avatar e se tornou a maior bilheteria de todos os tempos. Agora, a Marvel tem cinco das dez maiores bilheterias da história. Entre os outros longas estão também Vingadores: Guerra Infinita em 5º lugar e Os Vingadores em 7º - confira as 10 maiores bilheterias.