Filmes

Notícia

Martin Scorsese quer dueto de Al Pacino e Robert De Niro na cinebiografia de Frank Sinatra

Diretor reforça opção por vários atores para viver o ícone em idades distintas

Marcelo Hessel
24.05.2010
12h59
Atualizada em
21.01.2017
19h01
Atualizada em 21.01.2017 às 19h01

Ilha do Medo estreou na Índia na semana passada, e Martin Scorsese falou com o jornal The Hindu sobre cinebiografia de Frank Sinatra que ele dirigirá.

Scorsese reforçou que seguirá um caminho semelhante ao de Não Estou Lá: ter atores diferentes para retratar momentos-chave da vida e da carreira do ator e cantor. "Não dá pra fazer um greatest hits da vida dele. Isso já foi tentado. Outra maneira seria com três ou quatro Sinatras diferentes. Jovem, adulto, meia-idade, bem idoso. A trama vai e vem no tempo - e a narrativa se faz com as músicas. É o que estamos tentando fazer. É complicado", disse.

nothing but the best

None

Anteriormente, a presença de Leonardo DiCaprio era dada como certa - provavelmente para retratar o jovem Sinatra. Quem Scorsese teria em mente, então, para interpretar o ícone dos olhos azuis no período de shows com o parceiro Dean Martin? "Ainda preciso achar o ator certo para trazer Frank Sinatra de volta à vida. Minha escolha seria Al Pacino, com Robert De Niro como Dean Martin", diz Scorsese. Na mesma entrevista, ele frisa que, na sua opinião, Pacino é o único ator que rivalizaria com o talento de De Niro.

"Já tenho esse projeto em mente há muito tempo. A primeira versão do roteiro já está pronta", finaliza. Phil Alden Robinson (Campo dos Sonhos) assina o texto. O longa deve cobrir toda a vida e a obra do cantor de "New York, New York" e "My Way", nascido em Nova Jersey em 1915 e falecido em 1998.

A produção ainda não tem data para começar. Primeiro Scorsese filmará a adaptação infantil de A Invenção de Hugo Cabret.