Filmes

Notícia

Guardiões da Galáxia: Fãs de James Gunn pedem doações para publicar outdoor

Doadores pretendem convencer a Disney a recontratar diretor

Julia Sabbaga
27.09.2018
07h21

Uma nova iniciatiava de fãs de James Gunn pretende convencer a Disney a recontratar o diretor demitido de Guardiões da Galáxia através de anúncios físicos perto dos parques da Disney.

Omelete Entrevista

Uma campanha no site Go Fund Me, organizada pelo grupo chamado "Guardian Family", está arrecadando o objetivo de 2 mil dólares para publicar "um outdoor perto de cada parque da Disney por pelo menos um mês, na época das férias para aumentar a exposição". Até agora, o grupo já acumulou US$ 1480. 

A produção de Guardiões da Galáxia Vol. 3 foi paralisada por tempo indeterminado pela Disney e a Marvel. O projeto da Marvel contava com James Gunn na direção e deveria começar a fotografia principal entre janeiro e fevereiro. Contudo, Gunn foi demitido em julho após antigos e polêmicos tweets do diretor reaparecerem.

A Marvel e a Disney estariam buscando um novo diretor para a produção da franquia, que até o momento arrecadou mais de US$ 1,6 bilhão. A decisão da Disney foi tomada após uma reunião entre Gunn e o presidente do estúdio, Alan Horn - leia mais.

O diretor foi dispensado do projeto há quase um mês, quando dezenas de tweets de Gunn de quase uma década atrás foram resgatados. Os posts faziam comentários ofensivos em tom de piada sobre assuntos delicados como pedofilia e estupro e foram trazidos à tona por membros da alt-right, o movimento conservador formado pelos supremacistas brancos norte-americanos. O estúdio agiu rapidamente e removeu Gunn da direção da terceira parte da franquia, acreditando que os comentários, apesar de antigos, eram inaceitáveis e não estavam de acordo com a imagem pública da Disney. Gunn se desculpou pelos comentários antigos, e, desde então, tem recebido apoio tanto de fãs quando de todo o elenco de Guardiões da Galáxia.